Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2014

33 º C

O termômetro registra 33 graus e eu estou em São Paulo. São Paulo! Uma cidade que nunca foi quente, sempre teve uma temperatura mais fresca, pendendo sempre para o frio. Mas de uns anos para cá, o verão por aqui tem sido realmente quente. Este janeiro deve ter batidos todos os recordes de temperaturas altas, pois está algo surreal. Quente em qualquer hora do dia. Nem a noite temos um refresco. Calor a full. Andar na rua é uma tortura, o sol queima, basta alguns segundos parada esperando para atravessar a rua e a pele já começa a arder.  No ônibus é um sufôco, parece que estou em uma sauna ambulante, tamanho o calor que faz lá dentro. Até o chão do ônibus fica quente!  Chego em casa derretida e chateada, amaldiçoando este calorão. 
Eu já estou resignada, este calor não deve ir embora até março. Até lá terei que viver neste inferno. Simplemente é horrível conviver com este calor 24 horas por dia. Pois não refresca em momento algum do dia. Seja 5 da manhã ou 10 da noite, está quente. Só r…

Últimos Capítulos

Esta semana termina a novela "Amor à Vida", de autoria de Walcyr Carrasco. Estou ansiosa para saber como os últimos capítulos da novela irão se desenrolar.  Tenho um certo receio, pois já faz um tempo que as novelas das 8, quer dizer, das 9, não terminam bem. Não sei o que anda acontecendo com os autores, mas chega na hora dos finalmentes, a coisa desanda e as novelas terminam com um final bem chocho e nada a ver. Eu ainda não me recuperei do final cretino da Carminha de "Avenida Brasil". Como aquela mulher, ruim feito um demônio, fica boazinha de repente?  Ela deveria botar o terror na cadeia e não sair de lá como uma santinha. 
Pelo menos isso não aconteceu em "Amor à Vida", apesar do desenrolar muitas vezes mirabolante de alguns persoangens, ninguém se transformou radicalmente de repente. Até mesmo Félix, a bicha má inesquecível, teve sua mudança de carácter acontecendo paulatinamente. Não virou um cara bonzinho do nada. Ele foi até o fundo do poço, sof…

Feliz Aniversário, São Paulo!

Nasci aqui e morei aqui a maior parte da minha vida.  Amo a minha cidade, amo viver aqui. Se um dia voltar a viver longe daqui, sei que vou querer voltar sempre para matar saudades.  Gosto das ruas, gosto das pessoas, dos restaurantes, dos supermercados, de tudo! Não sei como definir o que sinto por esta cidade, mas sei que é paixão eterna. Às vezes bate um ódio profundo também, afinal, São Paulo tem muitos problemas, mas por culpa total da incompetência dos políticos e do povo que elege estes inúteis.   Mas São Paulo sobreviverá a mais este prefeito inútil, aos trancos , mas sobreviveremos e, com muita fé, o próximo não será tão ruim assim. 
Feliz aniversário, cidade querida!   
Parabéns a todos os paulistanos, tanto de coração como de nascimento!  Que a gente sempre se esforce para fazer nossa cidade cada vez melhor, cada vez mais apaixonante! 

Desestressando

Hoje acordei daquele jeito, brava, querendo explodir o mundo. Estressei geral e queria sumir.  Mas não podia sumir, afinal, hoje é dia de trabalhar. Para extravazar um pouco, desabafei no Facebook, falando para ficarem longe de mim, pois eu estava bravinha.  Aí, meu chefe colocou esta foto deste gorducho fofo nos comentários do meu status. Nossa, como eu ri! Ri com gosto! Achei tão engraçadinho, tão contrastante com o meu estado de humor. Esta  me fez acalmar um pouco, não que a minha braveza tenha sumido, mas me fez ficar mais leve nesta amanhã de sexta. 
Ás vezes uma coisinha simples já serve para melhorar o humor da gente, fazer tudo ficar mais leve. Seja um sorriso, uma música que a gente gosta ou mesmo uma foto engraçadinha. 
Que ele anime a sexta-feira de você, como animou a minha!
Bom fim de semana!  No stress!  :)

Vamos dar um rolê?

A polêmica do momento é o tal rolezinho. É tanto auê em cima deste assunto que já cansou. O que mais cansa nem é por se falar tanto sobre isso, e sim a politização do fato.   Não há nada de luta de classes ou protesto por parte de quem vai nestes encontros. É claro que a garotada se junta para se divertir, bater-papo e paquerar.  Eles não querem mostrar para sociedade burguesa (termo que os comunistinhas adoram!) que existem, tanto que tudo começou em shoppings centers mais populares. Na minha opinião, escolhem os shoppings porque lá tem lugar pra tomar um lanche durante o encontro.  Ninguém ali, nem quem organiza e nem quem frequenta, tem pretensão de protestar por qualquer coisa. É curtição e pronto.
O problema é que esta curtição causa transtorno. Não pelo tipo de pessoas, mas pela quantidade! É muita gente chegando ao mesmo tempo em locais que não tem condições de acomodar tanta gente assim. Claro que causa confusão, fica uma aglomeração imensa e acaba atrapalhando os outros freque…

Confissões de Adolescente

Quando a série "Confissões de Adolescente" estreou na TV Cultura, em 1994,  eu já não era mais uma adolescente (já era uma adulta de 22 anos!) e mesmo assim fiquei encantada com a série. Não perdia um episódio sequer. Me identificava com  as histórias das meninas Diana, Bárbara,  Natália e Carol, que viviam com o pai e vivenciavam ao longo da série as situações comuns a todos os adolescentes. É uma série muito cativante e que sempre me traz ótimas lembranças, por isso, fiquei bem animada quando soube que estava em andamento uma adaptação de série para o cinema. Claro que fiquei meio insegura, achando poderia não gostar da versão cinematográfica ou de achar tudo bobinho mesmo, pois eu estou bem distante do público alvo do filme.   Deixei a insegurança de lado e fui hoje assistir ao filme no Kinoplex do Shopping Vila Olímpia. 
Gostei muito do filme, que é uma adaptação bem livre do seriado. No filme as 4 irmãs são o centro das histórias, como no seriado, mas seus nomes são dife…

Recuperado!

Hoje foi dia de levar o Frodo  para ser examinado pelo veterinário e saber como ele está. Os remédios fizeram que ele melhorasse, apesar do stress que foi medicar o meu filhote por tantos dias (por volta de duas semanas!) Foram dias complicados para ele, para mim e para todos aqui de casa. Eu sofri muito vendo meu gatinho ficando nervoso cada vez que chegava a hora do remédio. No fim do tratamento, quando ele já se sentia muito bem, ele ficou bem resistente aos remédios e esperto também! Ele  decorou os horários dos remédios e se escondia da gente.  Espertinho demais  este meu Frodinho!
O veterinário disse que ele está muito bem. Não tem sintomas aparentes de problemas. Para ter certeza que tudo está bem, Frodo fez um exame de sangue. Estamos ainda esperando o resultado, que deve sair ainda esta noite. O resultado vai definir se ele precisará tomar algum medicamento ainda. Rezando para que saia tudo certinho neste exame. Frodo merece sossego, chega desta rotina de remédios e mais reméd…

Mudanças

Hoje finalmente fiz o que andava enrolando há alguns meses. Fui até  uma loja da  Tim para ver o que tinha que fazer para mudar do meu plano pós-pago para um pré-pago. Eu já tinha notado que estava jogando dinheiro fora, pois meu plano tinha muitos minutos de ligações para telefones de outras operadoras e eu não usava nem 10% do limite oferecido. Pagava por um serviço que não precisava e tinha preguiça de mudar, pois achava que ia ter que aguentar o maior blá blá bla para que eu desistisse de trocar por um plano mais barato. Mas foi tudo mais fácil do que eu poderia imaginar. A funcionária foi bem gentil e prestativa, me passou as orientações e pronto. Tudo feito. Fiquei sem sinal do celular umas 2 horas, prazo exato que a moça tinha me passado. Agora vou gastar menos e continuarei a ter os serviços que uso mesmo, basicamente conexão pra usar Whatsapp , Facebook, e-mail e Twitter. Ligações quase nem faço mais. 
Fiquei pensando em quantas coisas já deixei de fazer por achar que seria tu…

Nomes

Quando eu estava na escola, na minha classe sempre tinha a companhia de várias xáras. Não me lembro de ter sido a única  Patrícia da classe. Nunca, nem na faculdade!  Até no trabalho há uma muita Patrícia! Somos em 4 no mesmo departamento e ainda há mais duas em outros setores. Definitivamente eu nasci na época que meu nome era moda. Hoje Patrícia não aparece mais no top 10 dos nomes mais populares de 2013. Acho que meu nome vai acabar virando nome antigo, tipo Bonifácio, Teodora ou  Antonieta. 
Como será que um nome vira moda entre as mães?  As novelas podem influenciar as escolhas quando algum personagem fica muito popular. Mas não deve ser só isso.  Talvez o nome que os famosos dão aos filhos também devem influenciar, também os pais querem homenagear algum ídolo, vide a quantidade de Michaels e  Jacksons que há por aí!  
Não vejo problema em escolher nome de filho  baseado  em nomes de personagens de novela ou de gente famosa desde que seja  um nome normal.  Nada de coisas estrambóli…

Cats! Cats! Cats!

Já perdi a conta das coisas que tenho com desenho ou forma de gatos. Aqui em casa para todo lado que a gente olha, se depara com um gatinho, seja de verdade ou algum objeto. Tem gato na parede, na camiseta, no chaveiro, no calendário, na lata, na caneca,  na estante, na sacola, no colar, no perfume, no livro e por aí vai. Gato para todo lado! 
O mais curioso é que a maioria das coisas que tenho eu ganhei de presente.  Sou como a menina da historinha,  acho que as pessoas, quando pensam em me presentear, a primeira coisa que pensam é que gosto de gatos. E a partir daí me dão presentes com alguma coisa de gatos.  Presentes sempre fofos. Eu realmente adoro tudo que tenha gatos, não enjôo nunca.  E eu também compro coisas da gatinhos para mim, seja gatinho de pelúcia ou camisetas, por exemplo. O meu mundo é cheio de gatos e isso me faz muito contente! ;)

E vocês,  passam por algo parecido?  Tem alguma coisa que gostam muito e todo mundo sabe e acabam dando presentes como este tema? 

Ah, o Verão!

O verão para mim só é bonito e agradável nas propagandas da TV, onde todo mundo aparece feliz da vida, curtindo a vida. Aqui no mundo real o verão é uma tortura.  Eu sofro, fico irritada, fico chata, fico querendo morar dentro da geladeira do supermercado. É impossível eu me sentir bem nesta época. Nem dormir eu consigo.
Hoje acordei umas 6 da manhã. Acordei desesperada de calor.  Estava cansada, mas não tinha condições mais de ficar no meu quarto, que estava muito abafado, mesmo  com o ventilador de teto ligado no máximo.
Saí do quarto, cuidei dos gatos, tomei café da manhã, terminei de ler "A Culpa é das Estrelas", me emocionei e fui refrescar um pouco os gatos. Passei lencinho umedecido neles, que ficaram gratos e fizeram muitos ronrons para mim.   O mesmo abafamento do quarto estava pelo apartamento todo, aflita resolvi sair pra caminhar. Foi o melhor que fiz.  Na rua está quente já, mas há um vento refrescante, vento que não chega aqui no alto. 
Acho que caminhei uns 40 mi…

204

204 é última página que li até agora do livro "A Culpa É das Estrelas" do John Green. Parei não porque cansei de ler, parei simplesmente porque chegou a hora de descer no ônibus. Ainda não retomei a leitura porque fui almoçar e quando cheguei em casa me bateu uma vontade bem forte de blogar sobre o livro, mesmo que ainda faltem  páginas para eu terminá-lo.
O livro, juntamente com o calendário de gatinhos, foi um presente que ganhei de Natal ta Tininha. Ela me deu um cartão-presente da Saraiva e eu escolhi o calendário e o livro. Adorei os meus presentes! :)
Este é o segundo livro que leio do John Green, na verdade, quase o terceiro, mas como eu ainda não terminei de ler o livro da Alaska, vou considerar que "A Culpa é das Estrelas" como o segundo.  Eu estou totalmente viciada no livro. Vontade de ler sem parar. Estou encantada com o casal adolescente do livro, Hazel e Gus, os dois em tratamento contra câncer. Ela um câncer de tiróide que se espalhou para o pulmão e e…

Começando

O primeiro ensinamento do recém-chegado ano foi para não  exagerar na bebida quando se tem compromissos no dia seguinte. Na festinha de réveillon aqui no apê eu resolvi que ficaria bêbada. Atingi meu objetivo rapidamente, foram necessários apenas 4 copos para eu ficar bem altinha. 2 copos de mojito e 2 de caipirinha de saquê com lima da pérsia. Em bom Português, enfiei o pé na jaca e virei uma bêbada chorona (até agora não faço idéia do choro, mas chorei!). Dormi no sofá da sala e lá acordei hoje cedo. O amanhecer não foi nada agradável, dor de cabeça imensa, um enjôo bem chato também.  A parte engraçada foi que eu tive que pegar um remedinho do Frodo emprestado para curar a minha ressaca. Roubei um epocler do Frodinho! 
Com a ressaca não quis sair de casa, medo de passar mal fora daqui.  Com isso dei cano num almoço de ano novo de uma querida amiga. Eu e mais todo mundo. A gente aqui é meio como os lemmings, se um não vai o resto não vai também. Então a minha imprudência etílica resul…