Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2015

Meu Doce Gatão

Sam relaxando depois de uma sessão 'torturante' de corte de nós nos pêlos. Torturante porque simplesmente ele faz um drama daqueles. Nem escovar direito o pêlo ele deixa! Aí, eu comecei a relaxar com isso, afinal, depois da rotina de duas aplicações de insulina por dia, eu achava que era perturbar o meu gatão demais!  Resultado: Um monte de nós! Jurei que vou escová-lo com regularidade agora,  mesmo que ele reclame, é para o bem dele! 
Este mês completou um ano que nossa rotina se alterou, um ano que recebemos o diagnóstico sobre a diabetes do Sam. Um ano que o nosso gatão manda na nossa agenda. A prioridade é a aplicação da insulina e ponto. Não tem negociação, pois é a saúde do meu filhote. 
A rotina de aplicações  é bem menos pesada do que eu pensava. Ele é bem tranquilo na hora da injeção, já  se acostumou e nós também.  Wally e eu já estamos craques!  E adequar nossa rotina aos horários da insulina também não é um sacrifício. Já faz parte da nossa vida, já não é mais nenhum…

#LoveWins

A timeline do Facebook está bem mais colorida, grande parte dos meus contatos, assim como eu, colocou o filtro de arco-íris na foto de perfil. Esta onda colorida foi iniciada pelo Mark Zuckberg, o dono do Facebook, que criou um app que faz a transformação da fotinho de perfil para celebrar  aprovação do casamento gay nos USA. Agora lá é lei, casamentos héteros e gays têm o mesmo valor. Agora as pessoas podem se casar com seu amor, seja ele quem for, pois a lei  não vai mais causar impedimentos. 
Eu entrei na celebração. E é para comemorar muito mesmo. Mais um país concedendo direito iguais para todos seus cidadãos. Que isso seja cada vez mais frequente! 

Muitos dos cri-cris de plantão falam que ninguém celebrou quando aqui no Brasil saiu a autorização para  o casamento entre pessoas do mesmo sexo. Eu celebrei sim e muitos que eu conheço também! Mas ainda não há uma segurança jurídica, está sujeito a contestações, pois não é uma lei de fato.   Um dia celebrarei  a lei que tornará o casam…

A Entrevista # VoluntáriosRio2016

Hoje foi dia de me sentir um pouquinho mais perto dos Jogos Olímpicos  e Paralímpicos de 2016, foi dia da entrevista de seleção dos candidatos a voluntários dos jogos. Foi dia de me emocionar e me empolgar. Nunca imaginei que pudesse me emocionar nesta etapa, achei que a emoção viria somente na hora em que eu recebesse a notícia que  fui aceita. 



Wally está nesta empreitada comigo e marcamos a entrevista para mesmo dia e horário. Estávamos ansiosos e curiosos, não tínhamos idéia de como seria esta parte do processo de seleção, afinal, somente tínhamos feitos as etapas virtuais. 

Conseguimos agendamento para a primeira turma de hoje, às 8 da matina. Saímos de casa cedinho e fomos para lá de bus e metrô. O local da entrevista fica pertodo Metrô Conceição, na faculdade Estácio.  Chegando lá, o primeiro passo foi fazer o check in, preenchendo uma ficha e tirando foto.  Me senti muito acolhida pela equipe da organização, todos muitos gentis. 

Antes de seguir para a entrevista, que na verdade …

Colori!

Ainda não comecei a pintar o livro dos gatos que ganhei da Pedrita.  Como estava com receio de estragar os lindos gatos do livro, resolvi começar pelo desenho brinde que veio junto. Na quarta-feira comprei uma caixa de lápis de cor com 24 cores da Faber-Castell e um apontador. Comecei a pintar no mesmo dia, ou melhor, na mesma noite. Durante a novela das 6. 



Sim, comecei a pintar no sofá, usando o notebook como mesinha!  Ansiedade era tanta que não esperei para ter um momento mais adequado para começar a colorir.  Passada a afobação, depois só pintei na mesa de jantar. Muito melhor!  


E aqui está a minha obra-prima!  Quis fazer bem colorido e ficou legal. Tem umas derrapadas na pintura, afinal, meu talento para desenhos e afins não é lá grande coisa. Com o tempo devo melhorar minha precisão e pintar tudo dentro das linhas do desenho.  
Gostei muito de parar  e ficar pintando. Relaxa e distrai. Ligo o Spotify, aumento o som e fico pintando, escutando música e driblando os gatos. Claro que…

Jurassic World

Este é um filme que deve ser muito legal assistir em 3D e 4D.  Eu assisti na versão básica mesmo, 2D. Agora estou morrendo de vontade de rever Jurassic World (USA/CN - 20015) em formatos mais interativos, pois já pulei da poltrona no 2D, imagine no 3D!  Quase fui no 4D, mas a sala estava cheia, com lugares somente na frente, aí desisti. Como a vontade de assistir ao filme era grande, não quis esperar para conseguir lugar bom na sala 4D e fui ontem no Kinoplex do Shopping Vila Olímpia, na sessão das 20:40. 

Eu sou fã da cinessérie Jurassic Park, que fez sucesso nos anos 90 e fiquei muito animada quando soube que seria lançado outro filme sobre um parque de dinossauros.  Este filme não é uma refilmagem e nem uma continuação, talvez a definição mais adequada seja 'filme-homenagem'.  O parque é reaberto, na mesma ilha do Jurassic Park, mas com uma pegada diferente. Desta vez os dinossauros estão alterados geneticamente, os gestores do parque buscam novas 'atrações' e não me…

Colorindo!

Há um tempo páro nas livrarias para namorar os livros para colorir para adultos. Fico folheando, achando uns lindos, outros mais ou menos e outros tantos feios mesmo. De todos os que vi, o que mais gostei foi o dos gatos, este da foto. Foi o único que considerei comprar.
Não comprei, mas ganhei!  Ontem a Pedritaveio aqui em casa para trocarmos figurinhas do álbum de novelas e me fez esta linda surpresa! Me deu o livro para colorir dos gatinhos! 
Agora tenho que comprar uma caixa de lápis de cor e começar a pintar. Dá um medinho, medo de estragar os desenhos, combinando as cores erradas!  Não tenho muito talento para desenhos, pinturas e afins. Mas vou me arriscar e deixar a intuição fluir.  Prometo que quando tiver alguns terminados, vou colocar aqui. Claro que, se ficar muito feio, não vou colocar não! 
Achei bem inusitada esta onde de livros para colorir para adultos. Algo inesperado, que surgiu de repente e virou uma febre! É impressionante como as editoras foram rápidas, em pouco tem…

Virada Cultural - Viper

Fazia um tempão que não ia na Virada Cultural aqui de São Paulo. O motivo? Preguiça, admito. Nada além disso. Mas este ano nada me impediria de ir, nem preguiça, nem chuva, nem nada, afinal, teve show do Viper. 




O show foi no domingo às 14 horas, no palco montado no cruzamento das Av. Rio Branco e Ipiranga. Viper estava com a mesma formação da turnê do  show To Live Again:  Andre, Felipe, Guilherme, Hugo e Pit. Durante o show contamos também com a presença de Ricardo Baccio, que foi vocalista do Viper no álbum lançado em 2007,  All My Life, e do Val Santos no baixo, que está com Viper deste sempre, seja como roadie ou membro da banda, já fez parte da formação oficial da banda algumas vezes. E no finalzinho do show, Nando Machado também tocou baixo com a banda. 

Gostei muito de ver o Ricardo se apresentando com a banda, ele canta muito bem e tem uma ótima presença de palco. Eu já gostava muito dos vocais dele nas músicas do álbum All My Life e adorei escutá-lo cantando as músicas mais an…

The Wolf Of Wall Street

Finalmente assisti ao filme  'The Wolf of Wall Street' (USA- 2013), dirigido por Martin Scorcese e estrelado por Leonardo DiCaprio. Sempre achei que seria do tipo do filme que não tem meio termo, ou a gente ama ou odeia.  No meu caso, eu gostei muito, mas com ressalvas. Na verdade, com uma grande ressalva apenas, a duração do filme.  A duração de 3 horas é à toa, não precisava. Uma hora do filme poderia ser cortada sem nenhum prejuízo ao roteiro. 
O  filme conta  a história real de Jordan Belfort, interpretado de maneira fantástica por Leonardo DiCaprio,  que fez fortuna como corretor da bolsa de valores.  O cara era bom na arte de convencer o cliente a comprar ações. Sempre fechava negócio. Se fosse só isso, ele seria um exemplo a ser seguido, mas ele não fazia um trabalho honesto. Ele ludibriava os clientes com promessas de enriquecimento rápido. Vendia ações de empresas que não tinham futuro, ações que não valiam nada na hora da compra e que nunca iam valer. Assim, ele embol…

Mantendo a Distância

A vida do Panetone, este lindo gatinho amarelo da foto, não anda muito fácil. O meu amado Cappuccino, não gostou nada de ter um novo irmão e continua resistindo às tentativas de aproximação do Panetone.  Basta o Panetone ameaçar chegar perto do Cappu e pronto, é fuuuuuzzzzz pra todo lado!  Ele só toleram o irmãozinho assim,  de longe! 
Mas eu entendo bem o Cappu, ele era o rei da casa, minha mãe e a Paula enchiam ele de mimos e agora ficou em segundo lugar, pois Panetone é o centro das atenções!  Lilo e Lara nunca foram tão mimadas assim, talvez por isso nem liguem tanto para o Panetone, até já brincam com ele. Ainda não posso dizer que as duas sejam amiguinhas do Panetone já, mas não o odeiam. 
Panetone é bem diferente do Cappuccino, é mais tímido, bem reservado mesmo. Demorou um tempão para que o Panetone se aproximasse de mim. Agora ele já confia em mim e deixa eu mexer nele e até carregar no colo.  Cappuccino sempre foi mais dado, gosta de conhecer as pessoas, se enrosca em todo mun…

Uma Linda Canção de Amor

Amanhã é Dia dos Namorados, época de presentes e declarações de amor.  Com certeza, muitos estão planejando surpresas fofas para seus amados no dia de amanhã. Mas aconselho aos namorados de plantão tomarem cuidado caso resolvam apelar para uma serenata ou mesmo publicar uma música para o seu amor no Facebook.  Antes de dedicar a música ao seu amor, preste bem atenção à letra da canção! Tenha certeza que é mesmo uma música de amor, que tem uma mensagem de amor legal.  
Muita música engana a gente, tem um ritmo de baladinha, um refrão apaixonado e parece a canção perfeita para uma declaração de amor. Mas ao ler a letra com mais cuidado, descobre-se que não tem nada de muito romântico, que é na verdade uma música-cilada!
Nos últimos dias, descobri que uma música que eu achava ultra-uber-romântica e fofa é uma música-cilada.  Sempre gostei da música I´ll Be There For You do Bon Jovi, o refrão é super apaixonado, ele cantando que faria tudo por ela, que ela poderia contar com ele sempre e bl…

Figurinhas!

Eu tinha escutado sobre o álbum de figurinhas das novelas da Globo, lançado em comemoração do 50 anos da emissora, mas não tinha me animado. Me deu uma certa preguiça, afinal, álbum é uma coisa que leva tempo para completar.  Mas semana passada o Claudio me botou a maior pilha lá no Facebook e eu não resisti!  Voltei de viagem e fui na banca comprar o álbum e alguns pacotes de figurinhas. 






Fiquei surpresa com o álbum. É enorme, tem 80 páginas e 480 figurinhas!  E fiquei encantada também, ele é bem estruturado, há divisões por novelas, momentos marcantes, vilões, grandes persongens  e casais, por exemplo.  Gostei desta divisão por temas e não somente por obras. Isso fez o álbum ficar bem dinâmico, saindo da chatice de ser  uma divisão somente  por novelas.
Não pensei que seria tão legal colar as figurinhas! Cada figurinha que eu pegava era um pequeno desafio para minha memória, olhava a foto e tentava adivinhar a novela.  Adorei este jogo da memória inesperado. Na maior parte acertei, só…

Cantando Junto

Há pouco tempo descobrir que o Spotify tinha a função de colocar a letra da música enquanto ela toca, bem no estilo singing along. Eu adorei, afinal adoro cantar junto! 
A ferramenta funciona muito bem,  mostrando os trechos da letra bem na hora em que são cantados. Dá para brincar de karaokê numa boa.   Já tinha usado algumas vezes quando resolvi   cantar junto a música "Corações Psicodélicos"  do Lobão e Os Ronaldos e me deparei com algo diferente: O Spotify estava me pedindo ajuda para sincronizar a letra com a música!   Pelo jeito eu fui a primeira usuária a acionar a letra para esta música ou , ao menos, a primeira que topou ajudar o Spotify nisso.    Topei na hora, achei bem legal ficar marcando a hora que a letra era cantada.  Foi divertido de fazer e ficou certinho! Espero me deparar com isso de novo, faço numa boa. 
Muitas vezes acho que sou a única que coloca a letra da música e fica cantando!  Me deparar com ferramentas assim,  me mostra que eu não estou sozinha no …

A Portinha do Chip

Quando cheguei de viagem, passei o maior aperto no aeroporto. Cheguei e a Paula não estava lá ainda e eu precisava falar com ela.  Meu celular estava ainda com o chip argentino, eu tinha que trocar, pois não contratei plano de roaming com o pré-pago de lá. Mas trocar chip de celular é fácil, né?  Era fácil! Quando eu tinha outro celular, que a portinha do chip abria sempre precisar de nenhuma ferramenta, era tranquilo. Agora com o meu Moto X a coisa complicou muito!  A maldita portinha não abre se você não tiver algo para espetar no buraquinho, que é como se fosse a fechadura da portinha.  
Claro que eu nem lembrei deste detalhe, que talvez precisasse trocar o chip antes de chegar em casa.  A 'chave' da portinha eu deixo aqui em casa, tá bem guardada. Mas comigo eu não tinha nada, mas nem um bendito clipe de papel! Fiquei meio desesperada, comecei a fuçar a bolsa para ver se achava algo que pudesse usar. Não achava nada!   De repente baixou o espírito do MacGyver e me vi desmon…

Férias Argentinas

Cheguei a pensar em escrever aqui durante a minha viagem de férias, mas o teclado em Espanhol me fez mudar de idéia.  Fiquei perdidinha com aquele teclado, não conseguia escrever direito. Mal conseguia achar o sinal de interrogação, imagine então os acentos! Por isso fiquei tanto tempo longe daqui.
Viajei para Buenos Aires  no dia 24 de maio, fui visitar o Dani e levar as coisas dele que ainda estavam aqui em casa. Fui com a mala cheia e mais uma guitarra!  Deu mais de 24 quilos, mas a mocinha da companhia aérea foi legal e não me cobrou excesso de bagagem.  Tinha muita coisa! Eu já tinha tentando mandar parte pelo correio em Dezembro, mas  a caixa voltou. O governo da Argentina anda muito cri-cri e pede um monte de coisas para permitir que o cidadão receba um pacote do exterior. Dani bem que tentou, mas não conseguiu liberar o pacote, fez um monte de formulários e nada de liberarem. Enfim, a caixa voltou e fiquei esperando a chance de ir até lá. 
Como tinha férias, resolvi ir até lá. L…

Pagando Menos

Há tempos que não fazia um bom negócio como ontem, na compra dos ingresso do Muse. Infelizmente, eu faço parte da turma que não pode se beneficiar com a meia-entrada, não estudo mais e sou honesta o suficiente para não me sentir bem  falsificando uma carteirinha de estudante.  Pois bem, sempre tenho que arcar com os preços salgados  dos ingressos nos valores integrais.  Desanimador, pois os preços são abusivos. 
Além do valor integral de ingressos, sempre tem a maldita taxa de (in) conveniência dos sites, que cada dia estão mais altas.  Quando entrei no site da Tickets For Fun para ver sobre os ingressos do Muse, levei um susto: Taxa de incríveis  44 reais por ingresso! Mais uma taxa de 8 reais para eu imprimir o ingresso em casa!!! Decidi que não compraria via site, não ia pagar estas taxas absurdas.   Resolvi ir até a bilheteria oficial do evento, que neste caso é no Credicard Hall. Ops, não , agora é CitiBank Hall, mas isso eu vou levar séculos para aprender.
Me deparei com uma ótima…