Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2014

Que venha 2015!

O ano que vem já vai começar quente. É a única certeza que tenho, o clima anda bem extremo, um calor daqueles já me perturba há dias e assim será nos primeiros meses de 2015. O resto não sei.  Ninguém sabe. 
Estou bem animada para 2015, na verdade sempre entro bem animada em todo ano novo. Gosto do rito de passagem de dar adeus ao ano que termina e festejar o que começa. Mas 12 meses novinhos cheios de possibilidades para a gente  viver! Viver e fazer valer os dias deste ano que começa.  Tentar ser verdadeiros conosco, viver a nossa verdade e não a dos outros. Isso faz toda a diferença, isso faz a gente viver de verdade.  É isso que eu desejo para 2015, um ano com mais verdade. Que a gente tenha forças para brigar pelo que queremos e acreditamos.  
Desejo um ano com mais sorrisos e menos aflições.  Um ano mais suave, pois 2014 foi radical o suficiente, agora quero um pouco tranquilidade emocional. Mas não serei injusta, este ano me garantiu momentos inesquecíveis , fui muito feliz també…

Domingo Turístico

Hoje fui almoçar com a Cris, aproveitando o único dia que ela está em São Paulo nas férias brasileiras deste ano.  A gente sempre dá um jeito de se encontrar, há anos que nosso encontro de final de ano não falha. É muito bom encontrar com a minha amiga 'francesa'.  Morar em continentes diferentes faz que a gente se veja anualmente somente, mas isso não interfere na nossa amizade. A gente se encontra e tudo fica como antes, igualzinho à época que ela morava aqui em São Paulo. A distância não abala mesmo uma amizade de verdade. :)


Almoçamos no restaurante o Gato Que Ri, que fica no centro da cidade. Eu gosto muito de lá, frequentava bastante com o meu pai. Estavam conosco o Caetano, amigo da Cris que sempre vejo anualmente, Sylvain e Alexandra, amiga francesa da Cris e do Sylvain. Foi um almoço muito bom, conversamos bastante.  Pena que a amiga deles só fala francês e aí ela ficou meio fora do papo, infelizmente a gente não fala Francês. 









Depois do almoço fomos passear no Terraço …

Big Hero 6

Li uma resenha sobre o filme "Big Hero 6" (USA - 2014) e fiquei toda saudosa ao saber que o cenário da história é uma mistura das cidades de San Francisco e Tokyo. Fiquei ansiosa para assistir ao filme só para ver  as paisagens da cidade que me conquistou vertidas em desenho. Nem sabia direito sobre a história, só sabia que o  nome do protagonista: Hiro! E este nome me deixou saudosa também, pois me lembrou o meu adorado Hiro do  seriado "Heroes".  Fui  hoje ao Kinoplex do  Shopping Vila Olímpia para assistir a um filme motivada por motivos alheios ao roteiro e saí do cinema sorrindo, encantada com o filme.  
A  história se passa na cidade de San Fransokyo, onde vive o menino Hiro, órfão que mora com seu irmão mais velho e uma tia. Ele é superdotado, com treze anos já terminou o colégio, mas está entediado com tudo, não quer saber de estudar, pois acha que já sabe tudo e que nenhuma faculdade pode lhe ensinar algo que preste. Assim, passa o tempo participando de lut…

Mais Longe Ainda

Agora estou na maior preguiça, já fiz até uma siesta e a preguiça me domina com força total. Mas hoje cedo eu acordei cheia de pique e fui pedalar!  Queria muito pedalar hoje e aproveitar a ciclofaixa do feriado, mas tinha medo de não conseguir acordar por causa da festa de Natal.  Acordei cedinho pra dar insulina no Sam, voltei pra cama e acordei de novo umas 8 e pouco. Olhei pra janela e vi que o tempo estava firme, aí fiquei animada mesmo e já me aprontei para pedalar.  Wally foi comigo e fomos desbravar um novo percurso: Ir até o Parque Villa Lobos! 




Para pegar a rota para a ciclofaixa da Marginal do Rio Pinheiros, é preciso ir até o Parque do Povo e lá pegar a saída que dá para a ponte de travessia de bicicletas.  Aliás, adorei esta ponte exclusiva para as bikes, muito bem feita e bem cuidada. A ponte termina já na ciclofaixa do Rio Pinheiros e dali em diante é pedalar, pedalar, sem paradas, seguindo o curso do rio.  A ciclofaixa ali é muito boa, pista sem ondulações e praticament…

Cantando!

Faz um mês que comecei a minha nova aventura: Aprender a cantar!  Sempre gostei muito de cantar, mas nunca soube cantar direito. Nem cantora de karaokê decente eu sou. Arriscava uma coisa ou outra no Guitar Hero, conseguia até disfarçar bem em algumas coisas. Mas era isso mesmo, disfarçar, pois não nunca tive idéia de como colocar a minha voz para o canto.  Sempre fiquei com pena de quem estava perto de mim quando eu entrava na vibe de ficar cantando! Mas isso vai mudar! 
Estou fazendo aula na School of Rock, uma escola aqui no bairro que conheci quando fui comprar ingressos para o show do Toyshop no mês passado.  Wally e eu ficamos encantados com a escola.  Ele já demonstrou logo  interesse pelo curso de bateria, eu fiquei com vergonha de admitir o meu interesse pelo curso de canto.  Vergonha causada pela falta de coragem de encarar um curso assim.  Mas resolvi encarar e faz um mês que estou tendo aulas.  
A proposta da escola é bem bacana, os alunos são preparados para um show. Além d…

Retrô do Facebook

Ano acabando, tempo de retrospectivas. Não tem como a gente não fazer uma revisão de tudo que passou, relembrar os momentos que nos animaram e que nos entristeceram. É a hora do balanço, hora de saber realmente se foi um bom ano ou não. 
Gosto disso que o Facebook sempre faz, de selecionar os momentos que foram mais populares em nossos perfis e fazer uma copilação para ser compartilhada como retrospectiva dos usuários.  Eu estava ansiosa para fazer o meu!  O site vai liberando aos poucos a ferramenta para os usuários. Hoje chegou a minha vez e já compartilhei. 
Concordei com a seleção de momentos feita pelo Facebook, só fiz questão de incluir umas a mais na parte da Copa do Mundo e da viagem para San Francisco. 
No final das contas, o Facebook acaba virando um diário da minha vida. Não está tudo lá, claro, mas boa parte está.  É o jeito moderno de registrar os momentos. E eu gosto desta modernidade.


Músicas Novas #Madonna

Eu tenho o iTunes instalado no meu no notebook somente por causa do meu iPod. Nunca usei para comprar nenhuma música. Somente tinha baixado músicas que o aplicativo opferecia gratuitamente.  Até  agora há pouco, quando fiz a minha primeira compra. Comprei a o novo álbum da Madonna, Rebel Heart, que está em pré-venda.  O lançamento será somente em março, mas hoje ela liberou 6 faixas do álbum para quem  comprasse no pré-lançamento. Ah, não resisti!   Escrevo estas letrinhas escutando Devil Pray, a primeira que escuto. Estou gostando. E estou emocionada, sim, eu me emociono com ela. Não tem jeito, Madonna mexe comigo.
Há uns dias  uma das músicas deste disco foi roubada por um hacker, que a jogou na internet.  Madonna ficou louca de raiva  e eu também.  Não fui atrás da música roubada, não tive vontade, pois, por mais que tivesse curiosidade de escutar uma nova música dela, tenho que respeitar o seu trabalho. Se a música ainda não foi lançada, eu como fã, tenho que esperaro lançamento e …

Reforma a Todo Vapor

Cada dia que passa estou mais animada com a reforma do meu apê.   A obra está dentro do cronograma e estou ficando encantada com o resultado. Ficando melhor do que eu imaginava. Fico até emocionada  cada vez que vejo como está ficando tudo bonito.  Passo por lá uma vez por semana, Wally que tá acompanhando tudo de pertinho.  Esta foto foi tirada por ele e eu ainda não vi ao vivo.  Estou muito curiosa para ver o meu banheiro de perto. 


O engraçado que fiquei emocionada quando vi o banheiro neste estado, quando o banheiro antigo, que eu tanto odiava, tinha acabado de virar história! Foi tão bom ver assim sem nada, sem os azulejos e o armário que eu tanto odiava.  Agora vai virar o banheiro dos sonhos, as pastilhas vermelhas ficaram lindas, né? 



Aqui é o banheiro que virou suíte, está praticamente pronto. Faltam apenas os acabamentos como torneiras, chuveiro novo, box e espelho. Ficou lindo! E com espaço bom, achei que ir ficar muito apertadinho, mas não ficou. Está pequeno, mas funcional.…

Já É Natal!

Os ônibus aqui da cidades sempre são 'simpáticos', os letreiros sempre têm um 'bom dia', boa tarde' e 'boa noite' para cumprimentar os passageiros. Na época de fim de ano 'desejam' feliz natal e feliz ano novo para todos. Mas hoje me deparei com algo inédito: Um ônibus todo iluminado! Todo pronto para as celebrações de fim de ano. 
Eu estava no ponto hoje cedo, esperando o bus para o trabalho e vi algo brilhando lá longe na avenida. Achei bem inusitado, me surpreendi com a novidade.  Como o dia já estava bem claro, o impacto da iluminação foi menor. Durante a noite deve ser bem bacana se deparar com este ônibus pelas ruas.  O efeito das luzes deve ficar muito bonito. 
Este bus me fez lembrar da Eletric Parade lá da Disney, que tem os personagens todos iluminados.   Só faltou tocar uma musiquinha, aí ficaria perfeito! 
Será que enfeitaram muitos ônibus assim?  Os das linhas que eu pego continuam com o visual normalzinho do dia a dia. 
Gostei de ver algo …

Calma, Cadê você?

Trabalhar em atendimento ao cliente é ter que responder as mesmas perguntas um trilhão de vezes, todo santo dia. Haja paciência para lidar com isso.  É algo que tem que se trabalhar diariamente e colocar na cabeça que aquela pessoa que tá perguntando realmente não sabe aquilo. Não , ela não está querendo me fazer de trouxa ao fazer uma pergunta tão óbvia. A questão é que é óbvia para mim e não para ela. Mesmo isto estando bem claro na minha mente, é um desafio diária manter a serenidade e não mandar os clientes para os quintos dos infernos. 
Como eu não sou o Buda, já perdi a paciência várias vezes.  Em geral não perco a paciência com cliente que realmente desconhece os procedimentos, perco a paciência com cliente arrogante e que é metido a sabe-tudo. Clientes que acreditam piamente naquela máxima que o cliente sempre tem razão. Nem sempre. O cliente pode fazer mais escândalo que criança birrenta de três anos de idade que,  se ele não tiver razão, não terá sua solicitação atendida.  Si…

21K

Esta semana andei de bicicleta menos do que eu queria, pois as tardes foram bem chuvosas, aí não dava.  Eu pedalo na chuva sem problemas, desde que ela me pegue no meio do caminho, mas não tenho coragem de sair para pedalar na chuva logo de cara.  Dá um desâmino, porque fica ruim, fico com a visão muito prejudicada por causa dos óculos. 
Mas hoje eu tirei o atraso, pedalei pela ciclofaixa em direção ao Parque do Chuvisco. É a segunda vez que faço este trajeto. Na primeira, fui até a metade, pois fiquei cansada. Hoje fui até o fim na boa!  Foram, ida e volta, 21 quilômetros percorridos. Maior distância pedalada até agora! E aguentei bem, não morri de cansaço, fiquei com o cansaço normal. 
Eu adoro este trajeto, pois passa pela Ponte Estaiada, a minha ponte preferida! Um dia ainda vou andar de bicicleta nela, preciso arranjar algum passeio ciclístico que passe por ela, a ciclofaixa passa ao lado somente. 
Repararam que a bike tá mais equipada e ciclista também?  Estou com buzina nova, pres…

Época de Gula

Ando viciada nesta barrinha de cereal da foto, tão gostosa que nem parece barrinha! Barrinhas agora fazem parte da minha alimentação diária, são as minhas sobremesas, junto com a uva passa branca e o damasco seco.  Nada de doce para valer. Ando regulando na alimentação salgada também, tentando comer  sem exageros para manter os quilinhos perdidos durante as férias bem longe de mim. As pedaladas ajudam muito também.  Mas não é porque estou numa vibe mais saudável que vou deixar de lado as delícias das festas de fim de ano. Isso é impossível.
Eu já estou de olho nas rabanadas e no tender. Fico com água na boca só de pensar!  Vou comer os meus pratos favoritos de fim de ano sem neuras. Dieta e fim de ano não combinam. E fazer dieta  nesta época é querer ficar deprê.  Vou comer o que tiver o que tiver vontade e volto para a  minha alimentação mais comedida depois de primeiro de janeiro.  A única coisa que não vou mudar é a frequência das pedaladas, se eu tiver condição, espero andar de bik…

Quase no fim

O Spotify me mandou hoje  um e-mail contando que a minha música de 2014 foi Iris do Goo Goo Dolls, pois foi a música que mais escutei usando o app. Se alguém me falasse isso lá no comecinho do ano, eu daria risada. Nunca liguei para esta música, escutava no rádio e achava bem normalzinha. Até um dia que me deparei com ela numa playlist do Spotify e me encantei pela música e comecei a escutá-la sem parar. 
Este pequeno fato cotidiano reflete bem o ano 2014 para mim: Cheio de situações supreendentes, para o meu e para mal.  Um ano que me vi fazendo coisas que não pensava em fazer, desde andar de bicicleta, ir ao jogo de abertura da Copa do Mundo ou viajar para San Francisco! As coisas simplesmente foram acontecendo e aqui estou eu morando num apartamento alugado enquanto o meu apê está em reforma. Esta reforma era algo tão distante, tão improvável e 2014 fez que ela acontecesse! 
Só citei coisas boas até agora, mas 2014 foi bem turbulento. Cheio de surpresas ruins, algumas que até agora e…

Comprar um bicho?

Eu tento não ser cri-cri e não ficar julgando quem compra um gato ou um cachorro só porque quer ter um bicho de uma determinada raça. Mas quando leio reportagens como esta, tenho cada vez mais certeza que, na maior parte das vezes, quem  compra um bicho está mais preocupado com questões estéticas e de status do que em ter um bicho para amar e cuidar. 
Bicho de raça, seja gato ou cachorro, vai custar caro.  Se achar alguma pechincha por aí de filhotes, com certeza é de criador fundo de quintal ou golpista, como na reportagem. Quer comprar um bicho? Pesquise os criadores, tenha certeza que está comprando um animal que não foi maltratado durante o tempo que ficou esperando para ser comprado. Na reportagem são mostrados cachorrinhos que tiveram o rabo quebrado e os pêlos tingidos para quem parecessem cães de raça! Uma monstruosidade!  E quem os comprou  não quis mais, afinal, não quer um cão apenas porque é um cão, quer um cão para mostrar para os outros que pode comprar um cão de raça!  O…

Use Camisinha

Hoje é o dia mundial de combate à AIDS. É importante ter uma data assim, para dar destaque ao combate/prevenção à uma doença tão grave, que ainda não tem cura. O ideal seria que este assunto tivesse destaque sempre, o ano todo. Que nas escolas, nas famílias, se falasse abertamente sobre o assunto. Que fosse falado aos jovens sobre sexo seguro, sobre o uso da camisinha.   Mas o assunto ainda é tratado com timidez, pois o assunto sexo ainda é tabu.  E o tabu é o caminho mais rápido para a desinformação e o contágio. 
A grande arma contra a disseminação do vírus HIV é a informação.  Menina bem informada sabe a importância de transar com camisinha e que não é nada demais pedir, para quem estiver com você na hora H, para usar. Se o cara falar não, mande passear. Vai arriscar a se contaminar com uma doença incurável só porque não quer perder a ficada?  Nenhuma transa vale o risco.  A única garantia que temos que alguém não tem o vírus HIV é um exame, nada mais. O cara pode ser o mais lindo d…