Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2009

Mais um post carnavalesco

Mas desta vez o post sobre carnaval não foi publicado aqui não, e sim no blog do Wally, "Camelot Or What?". Por mais estranho que possa parecer, o post sobre carnaval não está destoando do assunto que move o blog. Aliás, o post carnavalesco em questão tem tudo a ver com o Rei Arthur, pois este ano o Rei Arthur, seus cavaleiros e a Távola Redonda desfilaram na Marquês de Sapucaí como Comissão de Frente da Portela. E fizeram bonito na avenida, a Comissão de Frente estava linda e as roupas bem caprichadas. Eu orgulhosamente sou a co-autora do post, pois fiz a pesquisa sobre as fotos e vídeos. E ficou um post muito bacana e que vale a pena ser lido.

Cliquem AQUI e vejam como o Rei Arthur caiu no samba!

Pés delicados

Não sei se meu pé tem algum problema ou se ando de algum jeito estranho, mas sempre tenho problemas com sapatos. Raro é o caso de sapato que não machuca o meu pé, assim o band-aid é meu companheiro inseparável. Sempre repito o mesmo ritual antes de calçar um sapato, calço-o para ver certinho onde é o ponto que machuca, coloco o band-aid e então calço o sapato para valer. Já é algo normal para mim, mas isso me cansa. Queria tanto pode usar sapatos sem me preocupar se meus pés ficarão estourados. É muito chato ter que proteger os calcanhares e mais chato ainda quando eu coloco o band-aid errado e fico com o pé machucado. Mas isso é cada vez mais raro, porque depois de algumas situações doloridas resolvi me precaver e sempre ando com um curativo extra na bolsa para emergências. Só não preciso usar curativos quando uso tênis, botas e algumas sandálias. De resto, sempre o pé está devidamente encapado. Os que mais machucam são os sapatos mais formais, daqueles que uso somente para ir traba…

Post carnavalesco

Está virando tradição. Sábado fui assistir ao desfile das escolas de samba aqui em São Paulo. Foi a terceira vez consecutiva. Este ano fui com Wally, Tininha e Sugarbaby. Tivemos sorte e a noite foi linda, com temperatura agradável e nadinha de chuva. Ficamos na arquibancada C, a melhor do sambódromo e levamos até marmita! Para que ninguém passasse fome ou tivesse que ficar horas na fila da lanchonete, levamos alguns sanduiches, que estavam uma delícia e que nos ajudaram a aguentar firme a noite toda no sambódromo.

Nesta noite vi o desfile da campeã deste ano, Mocidade Alegre. Foi um belo desfile e foi a escola que apresentou o carro alegórico que eu mais gostei, que é este da foto acima. O samba também estava bonito e até "cantável". Os sambas-enredo estão cada vez mais rebuscados e ruins de cantar. Um ou outro tem o refrão bom que anima a galera. O da Mocidade animou o público, diferentemente do samba da Vai-Vai que fez o povo desanimar e me deu um sono tremendo, quase dorm…

A Vida Até Parece Uma Festa!

Na quarta-feira à noite finalmente assisti ao filme "Titãs - A Vida Até Parece Uma Festa". Eu já achava que não daria mais, já estava até me conformando em perder os ingressos que ganhei, pois o filme tinha sumido de cartaz na semana passada. Mas no domingo descobri que ele estava em cartaz em uma sessão do cine Belas Artes, somente às 19:40 h. Então Wally e eu resolvemos ir na quarta (o ingresso que ganhei valia somente durante a semana), pois é o dia do rodízio do carro e ele volta mais cedo para casa. Fomos de ônibus e metrô, fazia tempo que a gente não andava junto de transporte público, pois quando a gente sai fora do bairro sempre vai de carro. Adorei a minha noite de quarta, foi uma delícia o passeio e o filme me emocionou muito.
O filme é um documentário bem informal, no estilo dos filmes que estudantes de comunicação costumam fazer (eu me incluo nisso!). Colagens de cenas sem uma narrativa forte marcada, mas que tentam respeitar a cronologia da história dos Titãs, ap…

Sessão de cinema

Acabei de ver o filme dos Titãs,blogo diretamente do busão! Sexta tem post sobre o filme. :)

Fora de fuso

Nos últimos dias eu estou com a sensação que o tempo não passa. Olho para o relógio e penso: " Ainda ???". Isso chega a ser muito estranho para mim, pois em geral eu reclamo que o tempo voa. Mas em pouco tempo devo voltar a achar que o tempo voa, esta sensação que o tempo não passa é resultado do fim do horário de verão. A mudança de horário nunca tinha me impactado tanto como desta vez. Sempre levei numa boa tanto o começo como o final do horário de verão, mas agora estou sonolenta e com uma sensação chata que o as horas não passam. Chega a 9 da noite eu já fico com um sono terrível, e olha que eu tenho costume de dormir por volta da meia-noite. O fim de horário de verão me deixou completamente "desfusorada", sem sono quando deveria ter, com sono em horários errados, ou seja, totalmente fora do eixo. Espero que isso se ajeite nos próximos dias.
Eu chego a ficar triste com o final do horário de verão, pois eu adoro os dias mais longos, gosto do sol se pondo mais ta…

Intensidade

O povo que está no BBB sempre costuma dizer que lá tudo é intenso, que tudo é muito mais complicado do que parece. E deve ser mesmo, pois isso acontece com todo mundo. Quando a gente está vivenciando a situação, sempre tudo parece mais nebuloso, intenso e difícil de lidar. Quando estamos olhando de fora, tudo parece simples e até óbvio, sabemos qual é o melhor caminho, mas quando é a gente que está ali vivendo aquela situação não conseguimos perceber as coisas tão claramente. A falta de dicernimento que acomete a gente nestas situações é determinante para que fique mais dramático tomar a decisão certa para escapar da rotina que nos atormenta. E isso não acontece quando estamos em momentos de crises, a felicidade em excesso também perturba a nossa razão e nos impede de notar a realidade como ela é. É bem comum histórias de pessoas que entraram em roubadas por estarem enebriadas de amor e alegria, por conta da euforia não viam mais nada na frente. Estando de fora é muito fácil julgar e …

Coisa de mulher

Propaganda de absorvente é algo que me irrita, pois, na tentativa de promover a marca em questão, sempre é colocado que a mulher fica feliz e contente ao usar o tal absorvente. É como se o absorvente fizesse desaparecer todos os incômodos provocados pela menstruação. Ah, se fosse assim seria uma maravilha! Mas não é, ficar menstruada é um tormento e não há absorvente que faça a gente se sentir linda e glamourosa como mostram algumas propagandas. E não é somente nas propagandas que há o exagero, nas próprias embalagens dos absorventes há absurdos. Outro dia me deparei com um absorvente para adolescentes que na embalagem estava escrito que usar aquele absorvente ajudaria a menina a conquistar todos os seus sonhos. Quem dera existisse um absorvente mágico assim, eu só iria comprar esse! Eu morri de rir com esta embalagem, pelo menos é divertida. Mas nem tudo está perdido, há uma propaganda do absorvente Sym que eu adorei, justamente por ela criticar abertamente as outras propagandas.…

Bienvenida, Marcela!

Que linda nena!


Tem gente nova na família! A menininha da foto é a Marcela, minha nova priminha paraguaya. Ela é apressadinha e nasceu antes do tempo, aproximadamente um mês antes do previsto e veio ao mundo esta semana, no dia 11. Nasceu pequena e cabeludinha. Ela é filha do Tibú e da Ceci, a primeira filha dos dois. Fiquei emocionada quando vi estas fotos. Estou com muita vontade de conhecer pessoalmente a minha priminha. Queria ter uma máquina de tele-transporte para ir agora até Asunción para visitá-la. Mas logo darei um jeito de viajar até lá para dar um abraço nos orgulhosos pais de Marcela e carregá-la no colo. Enquanto isso fico aqui admirando as fotos da minha primita linda. :)

Ah, eu tambem nasci assim, bem cabeludinha! :)


Nota da blogueira: as fotos que ilustram o post foram tiradas pelo Juan Alberto. Gracias por las fotos primo!


Um pouco sobre mim

Semana passada me deparei com dois memes em blogs amigos. Um no blog da Miss Oak que a pessoa tem que listar 16 coisas sobre si mesma e o outro no blog da Lu que a regra é escrever uma lista de bobagens sobre si. Eu gostei da idéia, mas não sou muito boa para listar coisas sobre mim. Aliás, não sou boa para falar sobre mim, pode parecer incoerente eu dizer isso tendo um blog pessoal, mas é assim mesmo. Eu fico de certa forma intimidada quando tenho que falar sobre mim objetivamente, perco o foco e não sai nada que presta. Enfim, resolvi entrar na brincadeira das amigas blogueiras e vou escrever algumas coisas sobre mim. E vocês decidem as que são bobagens ou não.

Eu não vivo sem arroz. Não sei explicar a razão, mas sou fascinada por arroz, de preferência branco e sem nada. No meu prato sempre tem mais arroz do que carne ou qualquer outro acompanhamento. É, para mim o arroz é sempre o prato principal e o resto é o acompanhamento. Além do arroz branco eu adoro o biro-biro e o yakimeshi.

My Blueberry Nights

Tenho problemas para me envolver com filmes de andamento lento, não consigo me deixar levar pela história e assim acabo não me emocionando. Eu já tinha lido algumas reportagens e posts sobre o filme "My Blueberry Nights" ( HK/CN/FR -2007) do diretor Wong kar Wai e adorei o que li e fiquei com muita vontade ver o filme. O filme tinha tudo para se tornar um dos meus preferidos, pois, além de ser um filme sobre amor, tem o Jude Law no elenco. Mas não me empolguei, nem me emocionei com a história de Elizabeth (Norah Jones) que luta para se reerguer depois de uma separação. Gostei muito do começo do filme, quando Elizabeth e Jeremy (Jude Law, com um estilo um tanto largado no filme, mas não menos lindo.) se conhecem no bar dele e passam várias noites conversando e comendo tortas. Ela sempre pede a de blueberry e assim ela tem suas noites de torta de blueberry que dão nome ao filme. Elizabeth vai ao bar de Jeremy para saber se o seu ex passou por lá. E vai indo lá com certa freq…

Latitude

Semana passada foi lançado o Google Latitude, um site que disponibiliza em tempo real a localização de seus usuários. Funciona assim: o usuário baixa em seu celular o programinha do site e o celular passa a funcionar como um GPS, informando cada passo da pessoa. E esta informação é compartilhada pelos amigos da pessoa que estão inscritos no Latitude. Eu sinceramente acho isso muito invasivo e não consigo ver a razão para alguém disponibilizar on line todo os seus passos por aí. Não habilitaria isso nunca. Mas então o que a minha foto está fazendo nos mapas que coloquei aqui? Eu fiquei morrendo de curiosidade e quando descobri que era possível indicar a minha localização manualmente sem ativar a função de rastreio pelo celular, resolvi fazer o meu cadastro.





Mas a opção sem celular não fica habilitada diretamente na página inicial do Latitude. Pelo menos eu não encontrei opção para isso. Somente consegui ativar o meu cadastro quando recebi o convite por e-mail enviado pelo Wally. Ele rec…

PPV

Não resisti à tentação. Comprei o pay per view do Big Brother Brasil. Tudo culpa de uma noite de sábado solitária misturada com a curiosidade de saber como era comprar um programa pelo controle remoto da tv à cabo. E não me arrependo. Primeiro porque achei bem legal comprar pelo controle remoto, fiquei espantada com a praticidade e com a rapidez de tudo. O canal do ppv foi liberado imediatamente após a compra, quando apareceu o OK na tela informando que a compra tinha sido feita eu coloquei no canal 126 e lá estava a turma do BBB ao vivo. Acho que tudo não levou 5 minutos. Assim passei a minha noite solitária em companhia dos BBBs e, para meu espanto, ao som de música boa. Naquela noite teve uma festa que contou com uma DJ inspirada e que só tocou músicas legais.
Estou com o ppv ativado há duas semanas e estou gostando muito. Em geral sintonizo no ppv no final da tarde, na hora da novela das 7 e depois do BBB na Globo. Tem horas que não há nada para ver, pois tem momentos que todos est…

Chove chuva!

A chuva anda me perseguindo. Basta eu colocar o pé na rua para começar a chover. E não é aquela chuvinha fraca que resfresca. É o maior toró! Uma chuva forte e com vento. O guarda-chuva não faz muita diferença e ainda me faz perder o equilíbrio, pois o vento é tanto que por pouco não viro uma Mary Poppins e saio voando por aí. Ontem tomei a pior chuva da semana. Cheguei em casa com a calça molhada até o joelho. Tudo encharcado. E é tanta água que as ruas por aqui ficam intransitáveis, é praticamente impossível atravessar as ruas. Ou fica onde está ou enfia o pé na água suja. Não tem saída. Eu realmente fico muito irritada quando me deparo com uma chuvarada assim, pois é um transtorno só. Mal dá para andar na rua, o guarda-chuva não serve de nada, a gente fica toda molhada e ainda corre o risco de levar um escorregão. Chuva demais só traz transtorno para a cidade toda. São Paulo pára quando os primeiros pingos de chuva começam a cair. O trânsito que já é problemático , fica dez vezes…

Minhas queridas roupinhas

De vez em quando eu sinto algo que considero bem esquisito. Sinto saudades de algumas roupas que já tive. Chego a ter vontade de usá-las novamente. Até me ressinto por não tê-las mais comigo. Em geral estas roupas que gostei muito perdem a "validade" mesmo, acabo as usando muito e elas ficam gastas e feiosas. Eu não sou de comprar muita roupa, eu me controlo muito pois, além de não querer gastar muita grana com roupa sem necessidade, nem tenho espaço para guardar tanta coisa. Talvez por ser tão comedida nas compras de roupa, eu acabe me afeiçoando às peças que tenho. Quando chega a hora de me desfazer das peças enfrento muita indecisão, pois sempre tenho medo de dar uma roupa e me arrepender. Quando é roupa que já criei uma certa implicância é fácil tirará-la do meu armário, mas quando é alguma que gosto fica bem mais difícil, mesmo que eu perceba que a roupa já passou de época (a moda é algo mutante demais!) e não vou ter como mais usá-la sem parecer ridícula. Hoje eu já e…

Eu ganhei!

Sempre que entrava em alguma destas promoções onde a melhor frase levava o prêmio nunca botava muita fé, pois a minha frase nunca era escolhida, por mais que eu perdesse tempo bolando uma frase que eu achasse criativa e merecedora do prêmio. Mas desta vez foi diferente. A minha frase foi uma das vencedoras da promoção da Rádio Oi FM " Titãs O Filme"! Na semana passada eu estava ouvido a rádio Oi através do site e vi o nome dos Titãs e resolvi ver o que era. Era a tal promoção e para participar bastava dizer o que signficava a banda Titãs para mim. A frase saiu num estalo, nem pensei muito e para meu espanto gostei muito do que escrevi. É ótimo quando a inspiração aparece assim com tanta naturalidade, ainda mais quando trata-se de um concurso. :)
Então, nesta promoção eu ganhei uma sacola da rádio cheia de coisas legais: um par de ingressos para o filme " A Vida Até Parece Uma Festa", CD Titãs MTV AO Vivo, uma camiseta do filme, adesivos, caneta e até chiclete da rád…

Em ritmo indiano

Todas as noites em entro em clima indiano por causa da novela das 9, Caminho das Índias. Adoro a musicalidade daquele povo e adorei a música de abertura. Me encantei com as músicas indianas pela primeira vez em 2005, quando assisti ao filme Casamento à Indiana.Gostei tanto das músicas que procurei a trilha sonora do filme e até hoje estas músicas têm lugar cativo na trilha sonora da minha vida. Sempre as coloco para ouvir, são músicas que me animam, me deixam alegre. Claro que não faço a menor idéia sobre que as músicas falam, mas elas têm uma sonoridade tão alegre e dinâmica que para mim realmente não mudaria nada se eu descobrisse que falam de coisas tristes, ia continuar ouvindo as canções e ficando sorridente e animada. Uma das que mais gosto é a Chunari Chunari. Encontrei o clipe da música no You tube:






Os clipes indianos sempre são coloridos e cheios de coreografias. E para mim sempre parecem exagerados, eu realmente os acho estranhos e até engraçados. Mas destas músicas que eu …

Autores

Quando eu me entusiasmo com alguma coisa, sempre acho que não vou conseguir escrever à respeito. Acho que não vou conseguir traduzir em palavras as sensações que eu sinto. E é assim que sinto agora para escrever sobre o livro "Autores - História da Teledramaturgia". É um projeto da TV Globo que conta com entrevistas de 16 autores de novelas divididas em 2 volumes. O livro é muito melhor do que eu esperava, as entrevistas são extensas e bem conduzidas, e fazem um retrospecto da carreira do autor e detalham bem o seu método de trabalho. Como o livro é composto por entrevistas independentes, não há uma ordem específica de leitura, assim eu comecei a minha leitura pela entrevista do Gilberto Braga. Tinha que começar por ele, pois ele é o autor da minha novela preferida, " Força de Um Desejo" e eu estava muito curiosa para saber o que ele falava sobre esta novela. Fiquei feliz da vida ao saber que ele adorou escrever a novela e que gostou muito do resultado. E como eu,…