domingo, 24 de julho de 2016

Tocha Olímpica em São Paulo #RIO2016

ùnica foto que tirei que ficou boa!



Hoje a Tocha Olímpica está na cidade de São Paulo e para minha sorte, uma parte do trajeto foi aqui pertinho de casa, na Av. República do Líbano.  Eu estava ansiosa para assistir ao desfile da tocha, mas pensava que teria que ir até a Paulista para presenciar este momento olímpico, mas ontem descobri que ela passaria bem perto de mim.  

Um pouco antes das 11 da manhã, Wally e eu saímos de casa e fomos até a avenida. E escolhemos um lugar com sombra para ficar esperando o desfile passar por ali.  Aos poucos, as calçadas e a ciclovia foram ficando cheias, todo mundo à espera da tocha! 


Foto by Wally



O comboio que acompanhou a tocha é bem grande,  carros e motos da Polícia e da CET, mais várias vans dos patrocinadores como Bradesco, Coca-cola e Nissan. Tinha até trios-elétricos da Coca e da Nissan!  Tudo bem organizado. 

Fiquei bem emocionada quando a tocha passou pertinho de nós. Tão emocionada que saí correndo para acompanhar o desfile! Não sei o que me deu, sei que não me contentei em vê-la passar e quis acompanhar tudo mais um pouco.  Corri ao lado do comboio até o portão do Manequinho Lopes.  E corri rápido pra acompamhar tudo lado a lado! Foi muito legal!  E me emocionei ao ver as outras pessoas não mesma vibração que eu! Todos gritando, aplaudindo! Todos alegres por estarem perto da Tocha Olímpica!  E muitos correndo ao lado do desfile como eu! 

É, a emoção olímpica chegou!  Falta pouco!  Semana que vem já estarei no Rio atuando como voluntária!

Que venham os Jogos do Rio! Que venham as emoções olímpicas! 




domingo, 10 de julho de 2016

Uniformizada! #RIO2016 #Voluntária



Ontem fui ao Rio de Janeiro para fazer a minha credencial e retirar o meu uniforme de voluntária. Foi um bate e volta, saí cedinho e voltei no final da tarde. Foi um dia muito especial, pois agora está tudo certo. Agora é só esperar pelo primeiro dia da escala, que será no dia 31 de Julho, dia do ensaio geral da cerimônia de abertura.  Estou bem ansiosa! 



Toda esta minha aventura  olímpica não seria possível se não fosse a ajuda da minha querida amiga Andrea. Ontem falei para ela que ela era o meu anjo olímpico! Ela vai hospedar Wally e eu durantes os jogos. Abriu a casa dela pra gente durante as três semanas que estaremos lá. Além disso, já nos hospedou durante o treinamento que fizemos lá e ontem foi a minha guia, me levou para passear e me levou até a Cidade do Samba, onde ocorreu a retirada do kit de uniforme.  Foi um dia muito especial! Mais um passo em direção ao Jogos Olímpicos e passar o dia todo com a minha amiga carioca. 







O local da retirada dos uniformes é onde as Escolas de Samba fazem as alegorias para o carnaval. Claro que não resisti e fui dar uma espiada nas coisas carnavalescas que estavam por lá. Me deparei com esta águia deslumbrante. Ao vivo ela é muito mais linda do que a foto é capaz de registrar. Fascinante a perfeição. 




A camisa do meu uniforme é amarela pois atuarei na área operacional, há uniformes azuis, verdes e vermelhos.  Eu adorei o uniforme, tudo muito lindo, especialmente a calça! Estou apaixonada pela calça do uniforme, com certeza a usarei muito depois dos jogos. O kit é composto por duas calças,  três camisas, uma jaqueta, um par de tênis, 3 pares de meias, uma bolsa, uma pochete, um conto, capa de chuva, squezee e um chaveiro porta-garrafa. Além disso bem um caderninho com informações importantes para o nosso trabalho de voluntário. 

Aliás, tenho que começar a estudar a minha apostila e treinar bem o meu 'olimpiquês', pois há muitos termos específicos dentro da organização dos jogos. Termos que eu nunca tinha ouvido antes e que serão bem importantes para os meus dias de trabalho.  Até os jogos estarei craque nesta nova 'língua'. 

Ah, a credencial?  Bem guardadinha!  Não posso fotografá-la por questões de segurança. Mas prometo uma foto dela quando tudo terminar. Esta credencial será um um tesouro, vou guardá-la com muito carinho, estou pensando até colocá-la em uma moldura. 


quinta-feira, 7 de julho de 2016

#RIO2016 #FaltaPouco



Sempre sonhei em participar dos Jogos Olímpicos, mas nunca achei que seria algo possível. Os jogos sempre aconteciam em países distantes, ou seja, bem complicado arranjar tempo e dinheito para isso. A outra possibilidade, participar como atleta, nunca considerei, pois nunca fui boa nos esportes e meus dotes atléticos só começaram a despertar bem tarde, depois dos 40. Então acalentava este desejo como um sonho quase impossível e foi assim até o anúncio dos jogos aqui no Brasil. Decidi que iria assistir ao menos uma competição, afinal, seria a minha tão esperada chance de assistir de perto tudo que eu sempre acompanhei pela TV.

Eu nunca tinha pensado em atuar como voluntária dos jogos, mas quando foi anunciado início das inscrições para o programa de voluntário do RIO 2016, senti uma vontade irresistível de participar e me inscrevi.  Agora estou na contagem regressiva para viver tudo isso bem de perto. Foram meses de treinamentos e expectativas, agora só falta pegar o uniforme e credencial, que pegarei no fim de semana.  Tudo está ficando palpável! O frio na barriga está aumentando a cada dia, assim como o meu sorriso! 

Viajo para o Rio no dia 30 de Julho e lá fico por 3 semanas, serão dias de bastante trabalho. A escala de voluntário é puxada, minha gente!  Serão 3 semanas bem especiais e diferentes de tudo que já vivi. 

Estou bem ensusiasmada em ajudar o meu país a realizar estes jogos e a ajudar a receber bem os atletas e todos que virão assistir às competições.  Quero ajudar para que tudo saia perfeito.  E vai sair!

Claro que já fui bombardeada com todo tipo de críticas, muitos acham um absurdo eu trabalhar de graça para os jogos. Não adianta, quem não compartilha deste entusiasmo pelos Jogos Olímpicos nunca vai entender.  Mas se me enchem muito, digo logo: O tempo é meu e eu faço uso dele como  bem eu quiser. 

Antes que me chamem de alienada, sei muito bem todos os problemas sociais, econômicos e políticos deste país, mas agora é tarde para protestarem contra a realização dos jogos. Isso devia ter sido feito na época da candidatura do Rio para sediar as Olimpíadas.  Repito aqui o que disse na época da Copa do Mundo: As pessoas virão de todo o mundo para nosso país e nós temos que receber todos muito bem!  Ninguém que virá prestigiar os jogos tem culpa pela desorganização geral que impera nesta terra.  Por isso, é muito errado tentarem boicotar ou prejudicar a realização dos jogos.

É, a contagem regressiva já começou! Que logo chegue  o meu primeiro dia de atuação nos jogos! Vem logo, Jogos Olímpicos!  


Será lindo, será contagiante, será inesquecível! 






segunda-feira, 25 de abril de 2016

Desconectar Um Pouco







Hoje fiz algo raro, não peguei no celular durante o almoço. Sempre que almoço fora de casa, esteja só ou acompanhada, olho no ceular. Não fico pendurada, mas sempre dou aquela espiada. E a espiadinha sempre vira duas, três e por aí vai! Mas hoje coloquei na cabeça que não ia dar nenhuma espiadinha no celular e foi ótimo. Nem senti falta e pude comer em paz, aproveitando o momento tranquilo da refeição. 

Eu sou uma pessoa muito conectada, sempre estou com o celular perto. Acesso diariamente Facebook e afins, sempre converso via  zap zap. O celular praticamente uma extensão de mim. Uma parte da minha vida está ali dentro. Ali acesso a minha agenda, meu e-mail, falo com os amigos, checo a conta no banco, tiro foto e até uso para fazer uma chamada telefônica!  Acho que quase todos vivem neste mesmo compasso, é o jeito atual de se viver.  Não se preocupem, não vou demonizar o celular e a internet. Nunca fiz e nunca farei isso. Mas vez ou outra fico encucada, por achar que não consigo fazer somente uma coisa por vez.   Acho que virei multi-task demais! 

Gosto de ficar desconectada um pouco. Faço isso quando vejo um seriado, uma novela ou quando estou no cinema. Gosto de mergulhar na história que estou assistindo, se ficar fuçando no celular, já era, não me envolvo. Outro dia me peguei fazendo algo que não fazia há séculos: Ficar no sofá escutando música!  Sem revista ou celular na mão! Só curtindo a música. Foi tão bom! 

Acho importante momentos assim, é um jeito de me conectar comigo mesma. Esquecer o mundo lá fora e ficar com a minha música e os meus pensamentos. É um descanso para a mente e para o espírito. 

Você desconecta em algum momento?  Sem ser a hora de dormir, claro. 




sábado, 19 de março de 2016

Crise Política!




Os últimos dias foram bem chocantes e cansativos.  Fiquei estarrecida com a cara de pau da presidente e seu partido para proteger o Lula.  Para impedir que ele seja preso. Colocar o cara como ministro para que ele tenha foro privilegiado foi o fim. E pior, ver que ele foi empossado para mandar em tudo. Ou seja, a presidente que, vamos falar a verdade, nunca governou, resolveu abrir mão de vez de sua posição e entregá-la ao Lula. A Presidente Dilma instalou no Brasil uma República Parlamentarista, temos um Primeiro Ministro!  Isso sem consultar o povo, sem fazer os ritos necessários para que uma mudança deste porte possa acontecer legalmente.   Mas o PT não se preocupa em cumprir as leis, se preocupa em se safar de suas encrencas, não importe o que tenha que fazer. É isso que temos visto estes anos todos e que agora alcançou o ápice.  Nosso país afundado na crise econômica e a presidente com uma única preocupação: Salvar o Lula da investigação! Temos que lembrá-la que ela foi eleita para governar para o povo brasileiro e não para se dedicar  a um único cidadão. 

A instabilidade política que se instaurou é preocupante. Mas ao mesmo tempo fico aliviada em ver há gente tentando impedir que a bizarrice da posse do Lula como Ministro seja anulada. Virou uma novela, ele perde e retoma o título de ministro numa velocidade absurda. No momento não dá para saber qual será a decisão final.   

Ando cansada desta guerrilha política que se instaurou.  O lado dos petistas jurando que eles não têm ódio a ninguém e que quem é contra eles os odeia! No entendimento deles não pode haver uma oposição à nada que eles façam, afinal, eles são os salvadores da pátria, os seme-deuses intocáveis. Não, não são. E eu não tenho ódio deles e de ninguém que os apoie. Apenas não concordo e não consigo entender como alguém ainda apoie este partido após tanta roubalheira! O argumento que todos roubam não vale! Isso é falta de caráter!  Não é por ter um país onde os políticos estão afundados na corrupção, que vamos ter que nos conformar e deixar como está. Não, não podemos! 

Não podemos deixar que eles desmoralizem a nossa opinião ou que rotulem todos que são contra eles. Sou contra PT mas não sou a favor do Collor e seus amigos ultra-corruptos. Uma coisa não implica a outra. Aliás, falando em Collor, lá nos idos de 1989, segundo turno da Eleição para Presidente, eu votei nulo! Nulo porque nem Lula e nem Collor mereciam meu voto. Com tristeza anulei minha cédula de votação, mas não tive saída. Nenhum dos dois presta!  

O momento é tenso, mas temos que manter a calma para não descambar para o descontrole civil. Não podemos cair nas picuínhas que querem criar. Há histerismos dos dois lados. Isso não leva à nada.   Não vou me deixar que me patrulhem! Não vou deixar de usar vermelho só por medo de ser rotulada como petista.  Não vou deixar que me rotulem como facista só por não apoiar o PT.  Não ao radicalismo e às conclusões rasas!  

Quero que as investigações prossigam até o fim. Que prendam quem tenham que prender. Quero meu país de volta, meu país rumo ao progresso novamente. Me chocou ver ontem um ato em prol da democracia do Brasil onde o que menos se via era uma bandeira do Brasil. Aquilo não foi um protesto em favor do Brasil e sim de um partido. A cor do meu Brasil não é vermelha, quem luta pelo Brasil tem que carregar as cores do país em primeiro lugar e não as cores de um partido!