domingo, 3 de janeiro de 2016

Fim?

Resultado de imagem para palavra fim






Me pergunto se este blog vai sobreviver ao ano de 2016.  Alguns meses atrás ficaria arrasada ao pensar nisso, mas hoje encaro com normalidade.  Penso que já mudei de fase, que realmente a vibe de escrever aqui passou.  O motivo não sei e nem quero saber. Acho que não conseguiria saber mesmo que tentasse. Escrever sempre foi algo bem intuitivo, uma necessidade quase. Sempre gostei de escrever, é o jeito que sei me expressar melhor.  Mas agora a necessidade de escrever não é forte como antes. Até surge uma vontade de vir aqui e escrever, mas passa logo. 

Resolvi que não vou insistir. Não vou colocar metas de postagens e muito menos dobrar estas metas.  Vou deixar a atualização deste blog acontecer, simples assim.  Se bater uma vontade daquelas, eu venho aqui e escrevo. Se não aparecer, ok. Sem lamentações. Não vou me forçar a blogar, não prestaria. 


Vamos ver o que 2016 vai fazer com este bloguinho aqui.  




sexta-feira, 1 de janeiro de 2016

2016!





E lá se foi 2015! Um ano que vai deixar saudades, pois muita coisa bacana aconteceu na minha vida neste ano que passou.  2016 começa com muitas expectativas, um ano olímpico, ano que estarei lá vivendo a olimpíada de pertinho. A minha ansiedade está olímpica! 

Deixando o acontecimento olímpico de lado, quero que em 2016 eu continue com o espírito aventureiro que me dominou no ano passado. Quero continuar a deixar a preguiça e o medo pra lá e viver coisas novas, sair um pouquinho da rotina, fazer a vida pulsar! Viver vai além de trabalhar, de seguir as tarefas do dia. Temos que criar intervalos em nossa rotina para viver de verdade, sair da vida burocrática e viver  o lado legal da vida, onde a emoção fala mais alto, onde os olhos brilham e o sorriso invade nossa alma. 

Não é preciso de muito para isso não, basta apenas  querer, criar a coragem de sair do automático e pronto! 

Por isso, quero apenas uma coisa em 2016: Viver para valer! :) 


Feliz ano novo! 





domingo, 29 de novembro de 2015

Star Wars Run




Ontem participei da minha segunda corrida, mais longa que a primeira e com dificuldades inesperadas.  Foi a Star Wars Run,  com percurso de 7 quilômetros.  A corrida foi no Minhocão e o percurso tem bastante trechos de subidas, o que eu não sabia. Isso me deixou preocupada, pois logo no começo é um trecho grande em subida, fiquei com medo de ficar cansada demais e não conseguir terminar. A outra dificuldade inesperada foi a chuva. Como choveu!  Foi tanta chuva que em muitas partes praticamente corri às cegas, pois as lentes dos óculos embaçavam e aí eu não via nada. Se os tirasse ia ficar igual, não veriada nadinha, ainda mais de noite. Então fiquei com eles o tempo todo. Nos trechos em que a visão ficava mais comprometida eu deminuía bem o meu passo, praticamente andava, não queria levar um tombo. 





A Star Wars Run é bem divertida, muitos fãs fantasiados, muitas fotos do filme novo, com direito ao trailer no telão.  Adorei as pessoas fantasiadas, realmente elas capricharam na produção. Tinha um concurso de cosplay lá. Não vi o resultado, mas foi concorrido, pois todos estão muito bem. 

A noite estava quente e ficou fresca depois da chuva. Foi refrescante a corrida, apesar de ter ficado com bastante frio na volta. Demoramos para conseguir voltar, pois o bus não passava. Mas deu tudo certo no final, chegamos bem em casa e o banho quente mandou o frio pra longe.  



Eu adorei a medalha!  Muito caprichada, difícil escolher o lado mais bonito  dela! Eu amei os dois. Ela é linda, grande e pesada!  Esta medalha vai ser muito bem guardada, como um tesouro!  Que linda conquista! 

Fiquei feliz que terminei a prova em uma hora, um tempo bem bom para uma iniciante como eu.  Corri grande parte do tempo. Pelas minhas contas, devo ter corrido mesmo 6 k, o quilometro restante foi andando, isso distribuído ao longo da prova.  Novamente corri 3 k sem parar! Fiquei muito contente com isso! 

Acho que em breve farei mais corridas. Gostei mesmo de participar de provas, correr numa prova é muito mais empolgante que correr no parque. A gente é tomado por uma motivação única, que faz a gente correr com mais vontade.   

Quem venham às próximas! 



sexta-feira, 27 de novembro de 2015

#VoluntárioRIO2016




Feliz! Feliz! Feliz! Não tem melhor palavra para descrever o que sinto desde que recebi o e-mail da Organização dos Jogos Olímpicos informando que eu tinha sido aprovada para ser uma voluntária dos jogos do ano que vem!  Vi o e-mail e pulei de alegria! Já estava ansiosa há dias, pois sabia que agora em Novembro que sairia a convocação. Ficava toda hora olhando o meu e-mail e a caixa de SPAM, só para garantir que não perderia esta mensagem tão esperada.

Suspeito que fui umas das últimas a saber da convocação, pois ontem à noite saiu a lista dos aprovados. Mas eu estava no ensaio da banda e não vi TV ontem e perdi a notícia. Melhor assim, a emoção de receber o e-mail foi bem legal!

Wally passou também. Ele ainda não recebeu o e-mail, mas o nome dele está na lista dos aprovados.  Estamos bem felizes! Foi um ano de processo seletivo, um ano seguindo todas as etapas direitinho com o foco na aprovação.  Deu certo!

Agora é esperar a carta-convite, onde estarão informações bem importantes como as datas que vou trabalhar nos jogos e os locais. Estou ansiosa! 

2016 promete! Vai ser um ano inesquecível mesmo! Marcante! 


domingo, 15 de novembro de 2015

Primeira Corrida

Esperando a prova começar!



O que parecia improvável aconteceu. Eu participei de uma prova de corrida!  Nunca consegui correr nesta vida, as aulas de educação física sempre foram complicadas na escola, pois a professora exigia um desempenho que eu nunca tinha condições de alcançar. Então traumatizei mesmo, achei que era incapaz.  O problema era a falta de orientação e treino corretos. Só isso.  Wally começou a me incentivar a começar a correr, tudo aos poucos, alternando corrida e caminhada. E aos poucos fui conseguindo correr distâncias maiores. Comecei a gostar mesmo de praticar corrida e resolvi topar o convite dele de participar de uma prova de 5 quilômetros.  

A corrida foi ontem, lá no Sambódromo, às  sete e meia da noite. Participei da Night Run, Etapa Água. O fato de ser uma corrida noturna me animou, afinal, escaparia do sol e do calor. Mas ontem só escapei do sol, pois a noite foi bem quente. Devia estar uns 30 graus durante a corrida! 





A noite quente me fez desistir de usar a camiseta oficial da prova, que tinha manga longa. Uma pena, pois ela é linda. A largada foi dentro do Sambódromo. Adorei estar lá, estar na pista onde os desfiles de Carnaval,que tanto adoro, acontecem. 

Tinha muita gente, o início da prova foi meio embolado, como eu já esperava. Demorou um pouco para sair do ritmo de caminhada para entrar no embalo da corrida mesmo. Para minha surpresa tinha muita gente só andando na prova, isso atrapalha bastante quem quer correr. Me atrapalhou também, mesmo eu correndo em marcha lenta como sempre.  

O meu desempenho foi muito melhor que eu esperava. Achei que alternaria bastante corrida e caminhada, mas fiz isso uma vez só!  Corri direto 3 k, sem pausas!  Levei um susto bem agradável quando me deparei com a placa de 3 k da corrida e eu ainda não tinha parado para caminhar! Melhor desempenho ever!  Caminhei um pouco  entre os quilômentros 3 e 4. O calor que me fez parar um pouco, comecei a ficar atordoada de calor e tive que maneirar um pouco.  No final da prova fui invadida por uma sensação de euforia incrível e isso me meu deu pique para terminar a prova com gás total. O último quilômetro foi ótimo!  É uma sensação de alegria imensa ter curzado a linha de chegada. Fiquei muito feliz mesmo!

Não faço idéia em que posição terminei, mas isso não importa. O que importa é que terminei a prova, corri melhor do que eu esperava e tenho uma medalha! A primeira medalha apenas. Daqui a 15 dias tem mais. Vou participar a Star Wars Run, que terá 7 k de percurso. Vou precisar treinar um pouco mais. Nunca corri 7 k, mas vou conseguir!