Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2011

Meu Gatão!

Sam é carente por natureza. Ele demanda de muita atenção, é um gato que faz questão de estar sempre perto da gente. E quando ele está perto, quer que eu me dedique só à ele. Um jeito fácil do gatão conseguir 100% da minha atenção é pulando no meu colo. Como ele é enorme, quando ele fica no meu colo eu tenho que parar tudo o que estou fazendo para segurá-lo. Ele faz questão de apoiar as patas dianteiras no meu braço, assim já imobiliza um braço  de cara. O outro braço fica livre para fazer cafuné nele, o que é inevitável, pois ele tem um pêlo super macio. Uma delícia para ficar fazendo cafuné! Em geral ele usa a tática de pular no meu colo quando eu estou usando o notebook na mesa. Pois ele tem muito ciúmes do computador. Acho que todo gato tem  e sempre quer  arranjar um jeito de tirar a gente da frente do computador. Coisas de gato. 



Adoro ficar com o Sam no meu colo. Mas como ele é pesado, não consigo ficar com ele por muito tempo. Em poucos minutos o braço onde ele está apoiado come…

Don't You Remember ?

Demorei muito para conhecer as músicas da Adele. Há meses escuto falar dela, sempre comentários apaixonados.  Mas eu tinha preguiça de escutar. Sim, às vezes me dá preguiça de conhecer novas músicas, simplesmente porque estou numa fase de curtir as músicas que já conheço e amo. Elas me bastam. Quando estou assim acabo fugindo mesmo de músicas  desconhecidas.  Mas domingo finalmente escutei suas músicas pela primeira veze. Escutei várias, algumas do álbum mais recente e outras mais antigas.  Me encantei por sua voz  e agora posso concordar com os relatos dos fãs apaixonados por esta linda voz que canta lindas canções.   Já tinha escutando duas canções sem saber que eram dela, músicas que tinham me agradado, mas que escutei em situações que não contribuíam para uma apreciação mais atenta.  No domingo de manhã pude apreciar  com calma estas e as outras canções que eu não conhecia.  Gostei de várias, mas uma em especial me conquistou : "Don´t You Remember". Música com uma melodia…

Seminovo

Os filhotes ganharam um arranhador novo esta semana. Quer dizer, nem tão novo assim. Na verdade o antigo arranhador foi reformado. A estrutura é a mesma, trocamos  apenas o revestimento da casinha do arranhador. De tanto usar, eles já tinham arrancado praticamente todo o carpete que revestia a casinha. 
O arranhador era assim :

Esta foto foi tirada no dia em que o arranhador foi entregue.  Faz tempo. Foi em 2006. Frodo  e Sam adoraram o arranhador logo de cara. Quem está na casinha é o Frodinho. 




Há alguns meses minha mãe nos deu uns retalhos de feltro para que arrumássemos o arranhador. Enrolamos um tempão até termos coragem de colocar a mão na massa e começar a reforma do arranhador. Wally fez a maior parte da reforma, eu fiquei no apoio operacional e tentando manter os gatos longe da cola. O feltro ficou bem colado e foi aprovado pelos gatos, que já estão usando bastante o "novo" arranhador. Agora só falta arrumar as partes que têm sisal enrolado. O sisal original já está be…

Dia longo e Triste

Ontem o dia parecia interminável. As horas se arrastavam.  Foi um dia de lidar de perto com a tristeza e de  reviver tristezas passadas.  Minha tia Cida faleceu na meia-noite de de terça para quarta. Ela era a irmã mais velha da minha mãe e já estava bem doente há mais de um ano. Já esperávamos que a notícia de sua morte chegasse, cada dia que passava sabíamos que a morte dela estava perto e sabíamos que a morte seria o melhor para ela, único jeito de ela deixar de sofrer. Mesmo assim, o baque foi (e está sendo!) grande. Impossível estar preparada para lidar com a morte de alguém próximo. Impossível não me preocupar com a minha mãe, ficar receosa com a reação dela. Afinal, como minha tia, ela já é uma mulher idosa. Foi uma mistura de sentimentos, a tristeza em si, a preocupação com a minha mãe e o incômodo por estar naquele cemitério de novo.  Não tenho problemas com cemitérios, acho que são locais bonitos, mas evito ir ao Cemitério da Paz. Só vou quando a situação me obriga, em situa…

Sacolas Banidas

Quando eu vou ao supermercado com a minha sacola do Adote Um Gatinho me acho superchique. Ela é linda, além de ser ecologicamente correta. Com ela consigo carregar tranquilamente as minhas compras do supermercado,  pois ela é grande. Mas o que é uma das vantagens, acaba sendo um grande defeito. Por ser grande, é impossível levá-la na bolsa. E isso acontece com todas as eco-bags que são vendidas por aqui. Sacolas nada compactas, feitas com material grosso que impossibilita que sejam dobradas em tamanhos pequenos e colocadas dentro de uma bolsa normal. Isso vai passar a ser um problema ano que vem, quando a lei que proibe as sacolinhas de plástico entrar em vigor aqui na cidade de São Paulo. Como fazer quando a gente tiver que dar uma passada  não programada no supermercado? Como carregar as compras? Seremos obrigados a comprar uma eco-bag cada vez que fizermos uma visita inesperada ao supermercado? Desta maneira ficaremos como uma coleção e tanto de bolsas de compras. A vida dos client…

E o mundo não acabou!

Este post aqui  e  o de ontem só foram publicados porque o mundo não acabou no sábado. Felizmente opastor que garantia o fim dos tempos errou as contas de novo. Sinceramente eu não estava nem um pouquinho preocupada com esta previsão apocalíptica, pois quando as coisas muito ruins acontecem, elas acontecem assim de repente, sem aviso algum.  Pelo menos é assim comigo. Tudo de muito ruim que já me aconteceu nesta vida me pegou de surpresa. Nunca consegui vislumbrar que nenhuma destas coisas pudessem acontecer. Nunca. Por isso que quando eu quero que algo dê certo começo a imaginar tudo de ruim que possa vir acontecer. Pode parecer idiota ou até mesmo mórbido. Mas eu penso nas possibilidades mais óbvias do que pode acontecer de errado e isso acaba me dando alguma segurança. Pois se eu consegui vislumbrar tais problemas, é que eles realmente não vão acontecer. Certeza. Mesmo coisinhas erradas que acontecem no dia a dia, sempre aparecem sem aviso. Um exemplo recente  foi provocado pela ob…

Novidade Na Farmácia

Passei o fim de semana toda incomodada. Chatinha e com cólica. Coisas de mulher com TPM.  Como o meu rémedio para cólicas tinha acabado, passei na farmárcia para comprar.  Nunca o Ponstan fez efeito tão rápido em mim. Logo que abri a caixinha dei de cara com uma flor feita de comprimidos! Achei aquilo tão surreal e engraçado que meu humor melhorou na hora. Até esqueci a dor da cólica por alguns instantes. Nunca havia visto um blister de compridos bonitinho. Sempre os compridos vêm ordenados em fileiras, tudo igualzinho, sem firulas. Afinal, a embalagem está ali para acondicionar os compridos e só. E em geral os remédios seguem esta linha, de embalagens funcionais apenas, sem ter apelos estéticos. E, realmente, não faz sentido um remédio querer ter um visual mais bonitinho, mais engraçadinho, pois a gente compra remédio porque precisa e não porque a embalagem dele é mais legal. Mesmo sem entender o propósito do fabricante, eu adorei a novidade. Ficou realmente bonitinho. 

A caixa do Pon…

A Escolha

Meus óculos novos ficaram prontos.  Hoje finalmente  vou descobrir se escolhi bem a nova armação.  Míope escolhendo uma nova armação de óculos é praticamente um tiro no escuro. Na hora de olhar os modelos de óculos é tudo perfeito, escolho os que acho mais lindos. Mas na hora de experimentar as armações tudo fica com ares  de filme de suspense.  Simplesmente não consigo me ver direito com os óculos novos.   Olho no espelho e vejo tudo borrado. Então acabo escolhendo a armação mais por intuição mesmo. Pois não posso confiar nos meus olhos, que sem a ajuda das lentes corretivas, pouco podem enxergar de verdade.  Em geral sempre vou com alguém na ótica para me ajudar a escolher. Mas desta vez fiz tudo sozinha. Só pude contar com a opinião da vendedora, que não é uma opinião lá muito confiável, pois o que ela quer é vender. Mesmo com as condições adversas, acho que fiz uma boa escolha. Estou bem ansiosa. Resolvi comprar uma armação nova e trocar as lentes da minha armação atual. Assim fico …

Mil Posts!

Desde que percebi que estava perto de atingir o número de 1000 posts publicados neste blog, comecei a pensar como arranjei inspiração para escrever tanto. Claro que não encontrei a resposta e acho que nunca encontrarei. Inspiração não se explica. Apenas se tem. E é algo efêmero, pois, se não aproveitá-la no momento em que ela aparece, ela se vai. A inspiração, no meu caso, anda sempre junto com a persistência. Raras as vezes em que um post saiu prontinho da minha cabeça. Em geral tenho que "brigar" com as letrinhas, para fazê-las  traduzir exatamente o que eu penso. Tem dias que a missão parece impossível, outros que tudo acontece de maneira suave. Quando a idéia é boa eu nunca desisto. Apenas dou um tempo para ver se em outro momento eu consigo encontrar as palavras certas. E uma hora as palavras certas aparecem e formam um post.  Em mil posts foram incontáveis assuntos, muitas emoções, um montão de fotos, alguns vídeos, muitas letrinhas coloridas e muita sinceridade. Para m…

Jam Session

As mãos frias indicavam que o meu amado baterista estava nervoso.  A ansiedade era visível. Eu também fiquei ansiosa por tabela, queria vê-lo tocar logo. Demorou bastante. A música dele foi uma das últimas. Com isso a ansiedade de nós dois só fez aumentar. Mas na hora deu tudo certo e ele tocou muito bem.   A apresentação aconteceu hoje à noite, há menos de uma hora, no restaurante Frangaria, na Vila Olímpia. Foi uma apresentação dos alunos da escola Música e Cia, onde Wally estuda bateria. Ele tocou "Sunday Bloody Sunday" do U2, acompanhado dos professores da escola. Ele estava apreensivo com a apresentação porque não houve um ensaio sequer com a banda. Ele ensaiou sozinho nas últimas semanas aqui em casa e na escola.  E ensaiou com muito afinco. Por isso "Sunday Bloody Sunday" foi a música que mais escutei nos últimos tempos. Eu que já conhecia bem a música, agora já sei de cor e salteado. Se eu já tinha aprendido a música direitinho, Wally sabia com perfeição e s…

Tirando o Sofá da Sala

Esta foi a configuração da minha sala no domingo a tarde.  Nada bonito  e muitos menos prático, pois a porta da sala ficou totalmente bloqueada. Mas foi por um ótimo motivo. Ontem pela primeira vez joguei com oKinect, acessório para o console Xbox 360 que permite jogar videogame sem ter que usar um joystick. Eu estava bem curiosa para testar a novidade e tive a chance ontem. Claudio me emprestou o Kinect dele. Na verdade emprestou o Kinect e o Xbox 360 dele, pois o meu modelo é mais antigo e não haveria como plugar o Kinect nele. E o que o sofá fora de lugar tem a haver com tudo isso? Simples, o Kinect nada mais é que um sensor de movimentos e para isso ele precisa de espaço para mapear o jogador e assim conseguir captar seus movimentos. Minha sala é pequena e com o sofá no lugar dele era impossível de jogar. Assim, o sofá foi parar na parede da janela.

Antes de começar a joga é necessário deixar o Kinect mapear o jogador. É bem rápido, ele faz tudo sozinho, a gente tem que apenas fica…

Em Ótima Companhia

Estar perto de quem eu gosto é motivo de muita alegria. Ontem foi uma noite assim. Dia de matar saudades da Andrea. A gente não se via desde 2009. Tempo demais. Culpa da distância geográfica que nos separa. Eu em Sampa e ela no Rio. Então a gente se vê quando dá. O encontro aconteceu na festinha promovida pelo Claudio, aproveitando a passagem da Andrea por terras paulistanas.  Foi uma noite ótima. Ótimas conversas. Muitas risadas. 




Foi dia de rever o Pedro também. Que, mesmo morando na mesma cidade, a gente não sei via há séculos. Aliás a Andrea tem poder, conseguiu reunir todo mundo. Nesta vida de corre-corre que a gente leva, sempre é difícil conciliar as agendas para se ver.  No fim foi uma festa para matar as saudades de todo mundo. 



Déia com o anfitrião! Claudio é um ótimo anfitrião, as festinhas na casa dele sempre são ótimas. E ontem não foi diferente. Só fomos embora quando estávamos caindo de sono. E nem era tão tarde assim! Pilha fraca mesmo. 

Esta foto foi a terceira tentativa…

Indisponível

Desde ontem me deparei inúmeras vezes com a mensagem acima. O serviço do Blogger, que hospeda este blog aqui, simplesmente saiu do ar.  Primeiro não era possível comentar ou editar/escrever post algum. Mas os blogs estavam disponíveis para leitura. A noite a situação piorou. O post publicado na quarta-feira sumiu. Assim, de repente. Nem na parte de edição dos posts ele aparece. Isso aconteceu com todo mundo. Todos os posts publicados a partir de 11 de  maio sumiram sem deixar rastro. A equipe do blogger diz que estes posts sumidos serão restaurados. Sinceramente duvido.  Estou com raiva por ter perdido o meu post. Foi-se. Não adianta eu querer escrever de novo porque não será o mesmo. Impossível escrever o mesmo post duas vezes.  Esta pane no blog me deixou bem preocupada, para não dizer apavorada.  Estou com medo de perder tudo que tenho publicado aqui. Tenho back up da maioria dos posts, mas faz um tempão que relaxei com isso e parei de fazer as minhas cópias de segurança. Preciso r…

Fora de Foco

Coloco os óculos e não vejo nada direito. Tiros os óculos e a situação só piora. Ficarei assim por mais algumas horas. Culpa da consulta com o oftalmologista hoje a tarde. Como sempre, tive as pupilas dilatadas para fazer o exame de vista. Fico realmente incomodada quando fico assim, fico quase desnorteada. O que me consola que é temporário. E o melhor de tudo que em poucos dias estarei enxergando tudo bem melhor. Vou ter que ajustar o grau das lentes dos óculos. Eu já suspeitava que a miopia tinha aumentado, há algum tempo já estava notando que estava enxergando um pouco fora de foco com um dos olhos. Espero que eu tenha escolhido o grau certinho e que passe a ver melhor! Sim, em um exame de vista a responsabilidade é toda do paciente na hora da aferição do grau adequado da lente corretiva. O médico fica naquele vira-vira frenético de lentes e perguntando sem parar qual lente dá a melhor visão das letrinha minúsculas que ficam lá longe, sempre no fundo da sala. Sempre fico angustiada…

A Voz do Brasil

Hoje fui tomar banho e na hora de ligar o rádio fiquei desanimada. Já passava das 7 da noite  eu me lembrei da recente decisão do Supremo Tribunal Federal que reestabelecia a veiculação obrigatória da "Voz do Brasil" às 19 horas. Mas para a minha surpresa liguei o rádio e tocava uma música da Sade. A Alpha FM  ainda não está acatando a decisão, ao contrário da  Kiss FM. Gostei, claro, pois pude tomar meu banho escutando música como sempre. Ao mesmo tempo fiquei encafifada, por quê algumas rádios estão acatando a determinação do Supremo e outras não? Provavelmente devem estar amparadas por alguma liminar na justiça, mas isso não faz diferença para mim. O fato de haver emissoras não transmitindo a "Voz do Brasil" às 19 horas é um bom sinal. As rádios vão continuar lutando contra este símbolo da ditadura que continua inexplicavelmente vivo no nosso Brasil de tempos democráticos. Não faz sentido algum o governo manter um programa  para transmitir as notícias oficiais do…

Cortinas Fechadas

Meu apartamento está parecendo a casa da personagem da Nicole Kidman no filmeThe Others. Todas as cortinas fechadas durante o dia. Abro tudo somente a noite. Um horror. Chega a ser depressivo estar em casa no meio da tarde e tudo estar escuro. Mas não tem jeito. Ficará assim pelos próximos meses. O prédio onde eu moro está passando por uma obra de restauração da fachada, o que significa que há pedreiros passando pela minha janela o dia todo. Perda total de privacidade dentro da minha própria casa. Eu simplesmente não consigo ficar aqui com alguém espiando dentro da minha sala. Prefiro assim manter tudo fechado até o cair da noite.  Além da falta de luz, o apartamento acaba ficando com a circulação de ar comprometida. Como estão tirando as pastilhas que revestem o prédio, tenho deixado as janelas fechadas também. Tenho medo que os gatos fiquem curiosos e acabem se machucando com alguma pastilha em queda. No momento consigo deixar abertas somente as janelas da área de serviço. As deixo …

Feliz Dia das Mães!

O pior defeito de minha mãe é ser uma pessoa ruim para se presentear. Não, ela é não é uma pessoa chata que não gosta de coisa alguma. Longe disso, o problema é que ela sempre diz que não quer nada e tem a mania de guardar tudo o que a gente dá presente. Entenda-se por guardar não usar o presente por medo de estragá-lo! Antes era pior, mas hoje, de tanto a gente ficar insistindo, ela já usa os presentes com mais freqüência. Isso me alegra muito.  Mesmo com estas peculiaridades, não deixo faltar presentes nas datas especiais. E vez ou outra, algumas surpresinhas, sem motivo especial. Como levar uma garrafa de garapa para ela no meio da semana. Ela adora. E eu  gosto de vê-la contente.   Este ano  eu estava completamente sem idéias para o presente de dias das mães. Tanto que já estava ficando agoniada. De repente me veio a idéia perfeita. Que iria agradá-la e que seria um presente diferente de todos que eu já havia dado. Dei para ela um ingresso para o espetáculo "Evita". Um pr…

Iguais

Para mim um casal são duas pessoas que se amam e que compartilham suas vidas.Qualquer que seja a combinação: Homem + homem, mulher + mulher e homem + mulher. Para a lei brasileira não havia esta igualdade até hoje.  Somente um casal formado por um homem e uma mulher tinha o amparo da lei para as questões práticas da vida, como direto à herança, partilha de bens em caso de separação, direto à compartilhar o mesmo plano de saúde, direto à adotar uma criança, direito à declarar o imposto de renda em conjunto, entre outras coisas. Agora qualquer casal terá acesso a estes direitos, não importa qual a combinação dos sexos. Um casal gay  agora é visto  diante da lei como um casal qualquer, não haverá mais distinção nem cerceamento dos direitos dos indíviduos que formam este casal. Os ministros do Supremo Tribunal Federal, emdecisão unânime, decidiram colocar em prática o que nossa Constituição determina:  Que todos os cidadãos são iguais perante a lei. É exatamente isso, esta decisão vai fac…

Tudo Azul!

Nunca pensei na possibilidade de ter um retrato meu decorando um avião. Nem um avião de brinquendo, quanto mais um de verdade. Quando vi a promoção da KLM no Facebook fui logo fazer o meu retrato azulejado. Achei mesmo fascinante a idéia de ter a minha carinha decorando um aviãozão. Claro que nem todo mundo que fizer o retrato estará no avião, nem caberia tantos retratos em um só avião. E as chances do meu retrato ser um dos escolhidos também são pequenas. Deve ser algo comparável a ganhar a mega sena, ou seja, bem improvável. Mas mesmo sabendo das minhas remotas chances, me animei com o aplicativo e fiz o meu retrato em estilo de azuleijo. No aplicativo há algumas opções de molduras, todas em estilo de azulejo antigo, tudo azul e branco. Bem estilo holandês mesmo, afinal a KLM é uma companhia holandesa.  Gostei muito do meu "azulejo".  
Quem quiser participar pode acessar o aplicativo do Facebook :

http://apps.facebook.com/tileyourself/?ref=ts
Se não tiver conta no Facebook, p…

Desabafando

O meu trabalho demanda de muita energia emocional. Cansaço físico praticamente não há, salvo quando tenho que digitar demais, o que gera algum desconforto nos dedos e braços. Mas o cansaço mental é absurdo. Há dias que fico com a mente paralisada de tanta informação que tenho que lidar  durante o expediente. Parece que há um momento que a cabeça lota mesmo e precisa ficar quieta para voltar a funcionar normalmente. Mas o lado emocional é o que acaba sendo o mais afetado em dias complicados. Eu lido diretamente com clientes. Atendimento telefônico e via e-mail. Falar com clientes por telefone é algo que pode ser altamente estressante. 
Hoje foi um dia destes. Dia em que tive que me controlar para não perder as estribeiras com uma cliente histérica e pedante. Talvez o que torne tudo mais difícil seja mesmo o fato que tenho que me controlar. Não posso, em hipótese alguma, mandar um cliente para aquele lugar, por mais estúpido que o cidadão seja.  Segurar a raiva é difícil. Ser tratada com…

Planta de estimação

Em casa, além dos gatos, temos uma planta de estimação.  Ela está conosco desde sempre. Wally já tinha esta planta antes de eu conhecê-lo. Quando fomos morar juntos, ela veio morar com a gente. Eu não sei cuidar direito de plantas, falta de costume mesmo, mas me esforço para cuidar bem da minha plantinha. Por sorte, ela não precisa de muitos cuidados, só ser regada uma vez por semana. Assim consigo cuidar dela direitinho sem maiores atropelos. Claro que ela já enfrentou alguns problemas com os gatos, mas eles já aprenderam que não podem mexer com ela. Consegui que a paz reinasse entre a planta e os meus filhotes.   No fim de semana a platinha ganhou uma nova moradia. Ela já estava ficando apertada em seu vaso, então compramos um vaso maior para melhor acomodá-la. No sábado fizemos a mudança. Foi tenso. Afinal, tudo tinha que ser feito com cuidado para não danificar as raízes. Mas no final deu tudo certo e ela está linda em seu vaso novo. Até  a trocamos  de lugar. Ela saiu de cima do a…

Thor

Hoje saí do cinema apaixonada pelo Thor (Chris Hemsworth), o que foi uma surpresa para mim, pois nunca simpatizei muito com este super herói. Eu sabia muito pouco sobre a história  e este pouco aprendi vendo o desenho de TV que passava quando eu era criança. E eu achava o desenho meio chato. Assim fui ver Thor (USA- 2011) apenas para a companhar o Wally, que estava ansiosamente esperando pela estréia do filme.  Thor é um filme  típico de ação, muita luta, um pouco de sangue, muitos efeitos especiais e um roteiro com algumas boas reviravoltas. A luta do começo do filme é bem estilo video-game, me senti  com o joystick na mão, comandando toda aquela luta. Ficou muito bacana mesmo.  Mas o filme só começou a me entusiasmar mesmo quando Thor vem para o planeta Terra. Adorei o jeito dele meio selvagem, meio cavalheiro. Sim, ele é um selvagem, sai batendo em todo mundo e não tem lá muitas boas maneiras, na verdade para o seu Reino Asgard ele se comporta bem, mas aqui em nosso planeta parece …