41!?







Já entrei na fase de recapitular tudo que fiz no ano que passou. Não, não estou fazendo o balanço  precoce de 2012 , e sim o balanço desde meu último aniversário.  Logo  assoprarei mais velinhas e desda vez será muito mais tranquilo e sem neuras. Ano passado eu atormei todo mundo com a minha crise dos 'enta'. Fiquei abalada com o fato de fazer 40 anos, bateu insegurança. Passado o temor inicial, eu posso afirmar que foi tudo bobagem. Nada mudou em mim, foi apenas a idade. Continuo a mesma, continuo me sentindo com 20 e poucos anos. Eu somente virei uma garota de 40 anos, apenas isso.  Não adianta, não é porque já sou quarentona que vou colocar banca de mulher adulta e séria. Não vou deixar de fazer as coisas que eu gosto, como jogar videogame ou mudar o estilo das minhas roupas. Vou continuar usando jeans e camista sempre que a ocasião permitir.  Tudo isso não implica que eu me comporte como uma adolescente irresponsável, quem me conhece sabe que sou responsável, até demais eu acho.  Apenas tive a sorte de ter uma alma que teima em permancer jovem e que agora, no que depender de mim, não vai envelhecer nunquinha. 

Eu me olho no espelho e não acredito que eu ja esteja na casa dos 'enta'. Muitas pessoas que convivem comigo também não acreditam na minha idade.  Deve ter uma pitada de genética para eu ainda ter uma aparência tão jovial, mas eu acho que o espírito conta muito também.  A alegria de viver é que nos faz ficar com a cara boa, não adiantar passar mil e um cremes no rosto e ter um espírito rancoroso.  Vai ser uma pessoa ser brilho, feia mesmo. Felizmente eu tenho facilidade para estar de bem com a vida a maior parte do tempo e me esforço para vencer o mau-humor quando ele me ataca.   Odeio quando eu fico reclamona, o que acontece em épocas de muito calor e de TPM.  Mas o meu lado insuportável passa logo, para a sorte dos que convivem comigo. 

Semana que vem o aniversário chega e eu vou poder dizer que vivi intensamente o meu ano de vida número 40. A idade que tanto temia vai ficar marcada por muitos momentos inesquecíveis, uns ótimos, outros tristes.  Momentos que ficarão para sempre na memória.  Que os 41 sejam tão intensos quanto!  :)

 

Comentários

  1. Eu não acredito na sua idade! Acho que é mentira! hahaha! Não parece mesmo, nem na aparência nem no comportamento, admiro demais seu jeito otimista de ver as coisas e que continue sempre assim pra daqui a muitos anos ser uma velhinha bem jovem! :)
    Beijos!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Somos duas! ahahah Espero ser uma velhinha espevitada! Vamos ver! rs Beijos

      Excluir
  2. eu não lido bem com o passar dos anos. beijos, pedrita

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pedrita, em geral eu lido bem. Vez ou outra tenho crises, como a que ocorreu ano passado, quando fiquei histérica por estar completando 40 anos. Beijos

      Excluir
  3. Patry, vc nem de longe parece 40, estamos numa geraçao que esta envelhecendo muito bem, prolongando muito a juventude! Mas isso vem de dentro pra fora.. e a cabeça de 20 e poucos ajuda!! ;)
    beijao!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cris, sim, nenhuma de nós demonstra a idade que tem! E que nosso espírito continue jovem! Beijos

      Excluir
  4. No trabalho convivo com pessoas que acham que 40 e poucos é o fim da vida. Elas se consideram velhas, só falam de lavar roupa, não levantam da cadeira para nada... realmente são velhas. Às vezes me sinto uma adolescente perto dessas pessoas. rsrs Hoje em dia, com tanta informação, tantos recursos, podemos nos preparar para chegar aos 90 com espírito jovem e boa memória.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bruxa, credo! São pessoas que pararam no tempo! Assim não dá. Hoje em dia podemos viver de acordo com nosso espírito e não precisamos nos comportar de acordo com a idade, como era antigamente. Beijos!

      Excluir

Postar um comentário

Vamos, comente!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Na Secadora Não!

Meus Furacõezinhos!

Ovono