Stop!!!!




Não imaginei que o almoço na pastelaria no sábado passado poderia ter sido tão nostálgico. A pastelaria Fazz fez um papel de bandeja super legal, mais legal que todos que já vi nos McDonald´s da vida: Colocou um jogo de Stop no papel! 

Não sei a moçadinha de hoje, mas para gente da minha época, que foi criança/adolescente nos anos 1980, brincar de Stop sempre foi bem divertido. A gente jogava em qualquer lugar, sendo na sala de aula o lugar mais legal, afinal, vinha com emoção, pois se o professor pegasse, dava aquela encrenca!

Claro que quis jogar! Paula e Wally jogaram comigo e mamãe ficou escolhendo as letras.  Foi bem divertido, a gente riu muito. O meu ótimo desempenho nas primeiras rodadas garantiu a minha vitória, mesmo tendo escorregado no final.

Acho muito bom resgatar brincadeiras assim, que não precisam de muito para acontecer. Basta papel, caneta e amigos que queiram se divertir. Nada rebuscado, uma competição bem inocente que rende bons momentos. 

Momentos assim não podem se perder. Fico feliz em notar que as lojas de brinquedo ainda vendem muitos jogos de tabuleiro, apesar dos videogames maravilhosos que vemos por aí. Eu mesma amo videogames, mas acho que um jogo de verdade, no mundo real nos brindam com momentos de diversão em grupo no mundo real. Alguns videogames conseguem esta proeza, como os com comandos via Kinect. 

Acho que a proposta da pastelaria deu super certo, depois que comemos, ninguém se agarrou ao celular, ficamos ali jogando Stop! Me incomoda muito quando a gente tá em grupo e todo mundo fica com a cara no celular. Eu também faço isso, às vezes nem percebo! O que é péssimo!  A gente tem que se policiar para não ficar submersa no mundo virtual e esquecer que a vida acontece mesmo aqui fora.


Comentários

  1. divertido mesmo. e inteligente pq pode aumentar sensivelmente o tempo que as pessoas ficam no local e possivelmente consumindo mais. ah, me incomoda muito tb a maioria no celular. eu tento aproveitar ao máximo o tempo com as pessoas ao vivo já que são cada vez mais raros nesse tempo corrido. adorei o post. beijos, pedrita

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Vamos, comente!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Na Secadora Não!

Meus Furacõezinhos!

Papel e caneta