Nada em troca

Quando chega esta época de declaração de imposto de renda eu fico um tanto revoltada. Além de tudo que tiram do meu salário todo mês, o governo ainda tira mais. Como eu não tenho dependentes humanos, não tenho como escapar de pagar o imposto. Não há o que descontar. Enfim, logo terei que ir ao banco pagar o imposto. Pago com raiva e xingando o governo. Teoricamente este dinheiro seria um pagamento por eu usufruir dos serviços do governo. Mas quem diz que há o que possa ser usufruido? Não há. Os serviços de saúde do governo são uma lástima, só para dar um exemplo básico, não se pode depender deles. Assim o dinheiro é tirado de mim, e de todos os brasileiros honestos que pagam imposto, e toma um rumo desconhecido. Pois não vemos nenhum dos serviços públicos melhorar. Se eu visse que o meu imposto está servindo para melhorar a vida dos que não tem outra alternativa e dependem do governo, ficaria conformada. Mas não se vê isso. Vemos apenas os políticos com cada vez mais regalias, cada vez mais casos de corrupção e o bolsa esmola crescendo. O dinheiro dos impostos está servindo para "comprar" votos dos pobres, que ficam agradecidos com a bondade do governo federal e vão votar no candidato no nosso presidente nas eleições. E assim o ciclo vai continuar e nada vai melhorar. Vamos continuar a pagar cada vez mais impostos. Que inveja dos suecos! Eles pagam tanto impostos quanto nós e lá tudo funciona. É outro mundo. Enfim, só me resta me conformar.

Comentários

  1. unico comentario é rir p; nao chorar and tes q isso aqui vire um revoltas total e panico das eleiçoes

    ResponderExcluir
  2. vixe, tenho que fazer o meu. toda vez que falamos em impostos eu lembro do filme robin hood. só temos deveres e pagamentos e nenhum direito. o povo morrendo com a dengue, mas pagando imposto até. e tudo bem. é que a epidemia... é que... e dinheiro pra resolver isso nada. horrível! me revolta. vc não tem como colocar sua mãe como sua dependente? beijos, pedrita

    ResponderExcluir
  3. Sugar, o terceiro mandato é o nosso pior pesadelo, como diria o Freddy. Espero que eles não consigam isso.


    Pedrita, não tem como colocar minha mãe como dependente, ela tem renda própria e ela escapa do imposto por conta do plano de saúde que paga. Eu não pago plano de saúde , pois uso o da empresa do Wally. Enfim, eu não tenho meios honestos para escapar do imposto e como sou contra meios não-honesto, tenho que pagar.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Eu tbm pago um absurdo aqui. Tenho tentado abstrair...hehehe.

    Bjs,

    mari

    ResponderExcluir
  5. Eu acho que o pior, pior mesmo é não ver o retorno, sabe. Não a restituição, mas o investimento que deveria ser transformado em benefícios. É muito desanimador ver que a coisa não anda...

    bjk!

    ResponderExcluir
  6. É por isso que eu sou um fora-da-lei. Trabalho como autônomo, faço freelas e que se foda a aposentadoria. Prefiro pagar uma previdência privada. Não pago impostos porra nenhuma! Já não basta todas as taxas que nós pagamos nos produtos que compramos e nos serviços como telefone, água, eletricidade... ah cara, eu fico revoltadíssimo. Me perdoe os palavrões... mas esse assunto revolta qualquer cristão.

    ResponderExcluir
  7. Mari, o jeito é abstrair mesmo!

    Helen, é, por aqui nada anda...

    Rô, é revoltante mesmo! Mas tem hora que não temos como escapar dos impostos...enfim, melhor pagar senão a vida complica.

    Beijos

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Vamos, comente!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Na Secadora Não!

Ovono

Papel e caneta