No ponto de ônibus





Usualmente usa-se o termo tomar ou pegar um ônibus. Mas já está na hora de mudar isso, pois ultimamente aqui em São Paulo, o cidadão tem mesmo que "caçar" o ônibus. É uma aventura tomar um ônibus em um ponto movimentado, geralmente localizado em grande avenidas. Nestes pontos, onde muitos ônibus param, não adianta o passageiro ficar ali paradinho esperando o seu ônibus parar. Se avistá-lo lá no final da fila de ônibus, mesmo que esteja à bons metros de distância do ponto, o cidadão tem mais é que correr para lá e fazer o sinal para o motorista. Pois se ficar ali quietinho esperando tem grandes chances do motorista passar batido e não parar. Isso mesmo! Eles não páram! Se há uma fila de ônibus e ninguém que está dentro do ônibus vai descer, o motorista não fica ali esperando na fila para passar no ponto, ele simplesmente vira o volante e passa reto. Um tremendo absurdo. Eu convivo com isso todos os dias, tanto na ida como na volta do trabalho. Como não posso me dar o luxo de perder o ônibus, principlamente de manhã, que perder o ônibus implica em chegar atrasada, eu fico caçando ônibus. Virou o meu esporte. Na ida às vezes tenho até que pular a muretinha que separa a avenida do ponto de ônibus ( corredor de ônibus neste caso), se não faço isso não pego o ônibus, aliás na segunda-feira isso aconteceu, resolvi ficar esperando que o motorista desempenhar sua função como se deve, e fiquei com cara de tonta no ponto vendo o ônibus passar direto. Que raiva!  
Quando volto do trabalho a situação é semelhante. Acho que nunca peguei o ônibus no ponto mesmo, sempre tenho que andar meio quarteirão para pegar o ônibus assim que ele para na fila. E todo mundo já aprendeu o esquema, o ônibus aparece e é uma correria para subir nele antes que o motorista se canse de esperar. É um desrespeito com a gente. Andar de ônibus aqui é uma aventura mesmo, desde a hora de subir nele, como durante o trajeto, pois os motoristas dirigem sem cuidado, com freadas bruscas. Se não se segurar, cai mesmo! Pior mesmo quando junta tudo, motorista ruim e ônibus velho, daqueles que o estofado nem existe mais e a gente sente o ferro da armação do banco nas costas! Um suplício! A gente devia ter desconto na passagem quando pega um ônibus velho, deviam descontar menos do nosso bilhete único.  Pelo menos eu tenho a sorte de não pegar ônibus lotado. Esta minha fase de ônibus lotado já passou! Ainda bem!


Comentários

  1. adorei a imagem. e atualmente fazem muitas campanhas para que usemos o transporte público. do jeito que é não parece ser muito vantajoso. acho q vai mudar, mas a estação de metrô faria lima não ajuda muito. eu liguei pra saber as conexões para a barra funda e me disseram: vai até a estação paulista. vai a pé até a consolação q é na paulista. vai até a estação paraíso, faz baldeação para a sé e da sé vai para a barra funda. dá a volta na cidade pra um bairro q é muito, mas muito perto de pinheiros. e depois querem liberar um pouco a sé e tudo o q fazem continua passando por lá. não faz sentido. minha mãe passa muito isso q vc falou. como idosos não pagam, eles passam batido. além de desrespeito, pegar fora do ponto é um risco a segurança. beijos, pedrita

    ResponderExcluir
  2. Pedrita, é muita volta para usar as novas linhas! realmente para você não compensa!

    Beijos

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Vamos, comente!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Na Secadora Não!

Ovono

Papel e caneta