Final Emocionante





Faz poucos minutos que a novela "A Vida da Gente" terminou. Eu estou com os olhos molhados, a novela que me emocionou nestes últimos meses, me emocionou mais ainda hoje, no último capítulo.  Foi lindo e terminou como eu desejava, Manu e Rodrigo juntos. O amor deles é forte e verdadeiro, pois foi construído no dia a dia, não era uma ilusão, era real. 

A novela mostrou relacionamentos e situações muito reais, pois os personagens eram pessoas plausíveis, pessoas com qualidades e defeitos. Pessoas que erravam, mas nem por isso eram transformadas em pessoas más, como ocorre em muita novela, onde o bom é quase um santo e o mau é o diabo em pessoa.  O que vimos na novela das 6 foi muita verdade nas relações e nos sentimentos.  Ver esta verdade na telinha da TV me emocionou, é raro ver alguém escrever com tanta verdade, força e delicadeza. Delicadeza para lidar com os assuntos mais complicados, sem meias verdades, mas também sem ser pesado demais.  A autora Lícia Manzo conseguiu mostrar de maneira  primorosa  as dificuldades dos relacionamentos que temos na vida, entre casais, irmãs, mães e filhos, amigos, enfim, mostrou que as relações são ricas por não serem perfeitas e que os conflitos acontecem, fazem parte da vida, mas que isso não representa nenhuma tragédia. A gente tem que saber lidar com os conflitos, aprender com eles e saber como seguir em frente. 

Foi uma novela que me fez sorrir, sentir raiva, chorar, enfim, foi uma novela intensa. Uma novela que me conquistou aos poucos e que vai deixar muitas saudades. 


Nota da blogueira: Impossível não escrever sobre o final da novela. E tinha que ser agora, enquanto a emoção está latente.  Estou emocionada, contente por um final tão lindo e triste porque tudo acabou.  Esta novela entrou para a lista das minhas novelas preferidas. :)



Comentários

  1. tudo q Manoel Carlos não é há mto tempo! retrato da vida, e mostrando q mtas pessoas não mudarão nunca, outras crescem se transformam e por algo q realmente querem e buscam!! realidade pé no chão final feliz q mostrou q todos mundo tem problemas temos q aprender a lidar melhor com eles!

    ResponderExcluir
  2. eu não gostei do lado melodramático dessa novela então pouco vi. mas é inegável o belíssimo texto e a inovação nos relacionamentos. quase todas as relações eram muito reais e diferentes, como são os relacionamentos. beijos, pedrita

    ResponderExcluir
  3. Sugar, disse tudo! Ela fez uma novela que o Manoel Carlos tenta fazer há anos não consegue! E foi uma novela bem realista, verdadeira. Acho que por isso me emocionou tanto.

    Pedrita, eu achei a novela bem dosada. Muitos assuntos complicados e pesados e a autora conseguiu tratá-los com delicadeza, sem tirar o peso deles. Foi uma novela exemplar. Linda. Entrou para a lista das minhas favoritas.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Eu adorei essa novela desde o principio. Eu até tentei te convencer no começo, porque vc estava triste com o fim do cordel encantado, lembra? Mas essa proposta da autora de trazer pessoas do mundo real para as telas deu muito certo. Sem maniqueismos. beijinhos. mari

    ResponderExcluir
  5. Mari, eu demorei para me prender à novela. No começo eu comecei a assistir por causa dos cenários, mas a história achei chatinha. Mas de repente me apeguei aos personagens e a novela ficou sendo a minha preferida. A autora está de parabéns!

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Eu adorei sua Matéria sobre a novela Marion, eu também chorei horrores!
    Eu não assisti Cordel Encantado porque não gosto muito de novelas que fogem da realidade, quando começou a passar teasers de AVDG, dizendo que era uma novela cheia de vida, mostrando mais o lado da Ana tenista, Ana com Rodrigo ... Achei uma porcaria, pra mim iria ser uma copia de paginas da vida, nem quis assistir o primeiro capitulo, mas assisti por acaso o segundo, me apaixonei pela personagem da Marjorie Estiano, a Manu, com aquele jeitinho tímido, sendo pisada pela mãe, e ao mesmo tempo, amava a irmã mais que tudo na vida, achei lindo aquele amor tão incondicional.
    No começo, eu até achei bonitinho a paixão adolescente entre a Ana e o Rodrigo, até mesmo porque eu acreditava que a Manu ia ficar com o Lúcio, Tudo mudou no dia 15 de novembro, o dia em que o Rodrigo se declara para ela, e rola o maior beijão. Desde então me tornei uma mandri irreversível, fiz tudo o que podia para defender esse casal nas redes sociais e sites de resumos.
    Mesmo assim, a grande maioria queria que o Rodrigo ficasse com a Ana, mais felizmente, a autora, Lícia Manzo foi tão original, que foi contra boa parte do publico, e fez um magnifico final do jeito que ela queria, e varias outras pessoas também, como nos.
    Beijos, Letícia.

    ResponderExcluir
  7. Oi Letícia!

    Eu também no começo não curtia a novela. Comecei a vê-la por causa das paisagens, pois quando ela começou eu havia voltado há pouco tempo de uma viagem para Canela e Gramado. E voltei apaixonada por aquelas cidades.

    De repente a história começou a me envolver. A história foi muito bem contada, muito forte e muito emocionante. Felizmente a autora optou por juntar o mais lindo casal da novela no final : Manu e Rodrigo. Não teria como ser diferente. Eu me emocionei muito ao longo da novela, quando a Ana acordava, quando o Rodrigo ficou desesperado quando a Ana voltou, fiquei com muita raiva da Ana e do Rodrigo quando eles mentiram para a Manu. Confesso que peguei raiva da Ana no final da novela. Ela me cansou. Isso mostra que a novela foi boa, porque não mostrou caricaturas de pessoas e sim pessoas normais com qualidades e defeitos.

    Foi uma novela primorosa e que fez chorar mesmo no último capítulo!

    Beijos! :)

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Vamos, comente!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Na Secadora Não!

Meus Furacõezinhos!

Ovono