Maratona

Um pastor americano está convocando os fiéis de sua igreja para uma maratona de sexo. Somente casais casados podem participar e terão que se comprometer a fazer sexo todos os dias durante um mês. O intuito é unir os casais e reacender a chama da paixão e assim evitar divórcios. Será que alguém conseguirá terminar a maratona ? Eu acho improvável alguém conseguir transar todos os dias tendo que trabalhar, enfrentar o trânsito, as tarefas do lar e etc. Haja disposição! É difícil a batalha entre o cansaço e o tesão. Não se pode deixar o cansaço ganhar espaço, pois aí a preguiça impera e o tesão vai ficar para escanteio de vez. Tem que conseguir um equilíbrio. E acho que não tem essa coisa de ter que transar x vezes por mês para ser considerado um casal feliz na cama. Neste mundo cheio de índices, há um índice que determina se um casal é sexualmente ativo. Não sei o nome do tal índice, mas li em algum lugar, provavelmente em alguma revista feminina, que é considerado sexualmente ativo o casal que transa mais de 5 vezes por mês. Meio nonsense isso. Deveria considerar inativo quem nunca transa. A quantidade nem sempre indica satisfação. Acho que estas regras que ditam quando fazer, como fazer, onde tocar, são bobagens. Não dá para transar seguindo regras como se fosse uma receita de bolo. Claro que pode ser útil aprender um truque aqui outro ali, se informar das novidades da sexshop, mas o que faz tudo ficar bom mesmo é o entrosamento e o desejo mútuo. Como dizem, a fome sempre é o melhor tempero. Ah, e é claro, a falta de vergonha ajuda. Pudor e sexo não combinam.
Espero que os maratonistas tenham sucesso e atinjam sua meta.

Eles poderiam comemorar o êxito ao som de George Michael com I Want your Sex.




Nota da Blogueira: Este post está com defeito. O link para os comentários não abre no explorer. Não sei o que acontece. Já tentei de tudo e continua a mesma coisa. Pena. No firefox está normal. Tem dias mesmo que a formatação do blogspot se revolta e sai tudo diferente do que a gente quer. Sorry!

Comentários

  1. bela imagem, essa do post.
    mas que pastor bizarro esse...

    ResponderExcluir
  2. Lu, esta imagem eu encontrei ano passado procurando imagens para algum post. Achei bonita e guardei, sabia que chegaria o post certo para ela! ;) Pastor bizarro mesmo!

    ResponderExcluir
  3. pronto, fui no firefox, não gosto muito do firefox, mas eu tenho aqui pra emergências como essa. é estranho que é só qd tem vídeo do youtube aqui. o estranho é q eu coloco vídeos do youtube e antes não dava problema, só falta começar a dar problema agora. vamos ao coment do post: como se amor tivesse data e hora para acontecer e como se algo coletivo não tivesse um pouco de perversidade. mesmo que cada um tiver o seu canto, eles sabem que outras assim estão tb. e aí não poderá ser o amor a dar a paixão e sim a excitação do grupo. medonho! e como se fosse só o sexo que segurasse uma relação. vc mesma viu que acabei de colocar um filme onde um casal mantinha a relação no sexo e não só não era uma relação saudável, como não tinha amor e sim perversidade. tem casais que encontram o equilíbrio sem transas, por vários motivos, e estão satisfeitos, pq para eles o sexo não é o ponto principal. e por algum problema de saúde ele saiu da relação. e conseguiram ser felizes assim encontrando outros meios de realização que não o sexo. taxar regras é péssimo pra qq casal. não há padrão. beijos, pedrita

    ResponderExcluir
  4. Realmente, nada a ver promover uma maratona dessa. Tá, vai que alguns casais a terminem... E depois que chegam em casa, na vida real? Vai ficar tudo igual. Bjs,

    Mari

    ResponderExcluir
  5. Pedrita, eu sempre uso o firefox.Explorer só no trabalho. Concordo com seu comentário. Não dá para estipualr regras e padrões para sexo e amor.

    Mari, acho que o pastor errou no alvo. Pois o sexo é importante para o casamento, mas não é só isso que conta. Se fosse só sexo tudo seria mais simples eu acho.

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Maratona de sexo ???
    Que igreja é essa ?

    Bjs.
    Elvira

    ResponderExcluir
  7. Não existem regras, cada casal encontra sua medida no sexo. Talvez se a proposta do pastor fosse exatamente a de mostrar que sexo não é tudo, fosse válida. Mas tentar reanimar um casamento com essa maratona me parece muito forçado. Vai ver ele propôs sexo porque se tivesse proposto conversa ou compreensão ou vamos-lavar-a-louça-juntos, não atrairia a atenção nem de metade das pessoas...
    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Nada a ver, restringirem a maratona pra casais casados.

    ResponderExcluir
  9. a única vantagem q eu lembro de qnd era casada era poder fazer sexo TODOS os dias, 3x no dia!

    semquerermegabar@jámegabando.com.br

    ResponderExcluir
  10. hahahha....adorei. Quero me converter.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Vamos, comente!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Na Secadora Não!

Meus Furacõezinhos!

Ovono