Não tem que ser assim...

Outro dia escutei uma coisa que me deixou incomodada, para não dizer indignada. Conversando com um conhecido sobre sua viagem de comemoração de alguns anos de casamento ( acho que uns 9), ele comenta que levou junto uma priminha de uns 10 anos. Eu não me contive e indaguei:" E não era uma viagem de lua-de-mel ?" A resposta: "Era, mas depois de tanto tempo de casado as coisas não são mais as mesmas." Assim, com toda a naturalidade e conformismo. Eu não me contive novamente e soltei um indignado: " Mas não pode achar que isso seja normal!". Como ele continuou com seu conformismo assustador eu deixei a conversa mudar de rumo, afinal o casamento é dele e não o meu. Triste ver alguém se conformar com um casamento morno, e achar normal levar uma "vela" para uma viagem em que deveria celebrar a união e o amor. Claro que durante um casamento longo a paixão sai de cena, pois como se sabe paixão é algo efêmero, tem data de validade. Mas o amor não, se bem tratado o amor é eterno. Não vejo razão em alguém ficar junto apenas porque se acostumou com o outro, se acomodar numa relação em que não exista aquela vontade de ficar juntos, compartilhar os momentos de romance e sexo. Infelizmente as pessoas acreditam que a realidade é esta e quando se deparam com ela se conformam ao invés de lutarem para mudar as coisas e fazer o casamento ficar quente. Contando com o tempo de namoro, este ano faz 7 anos que estou com Wally e durante todo este tempo sempre houve um empenho comum de que nossa vida conjugal não caísse no marasmo e que a gente não perdesse o encanto pelo outro. E tem dado certo. Não quero nunca ser aquele tipo de mulher que se refere ao marido com sarcasmo ou despeito. Acho feio e deprimente. Infelizmente isso é uma atitude comum. Tudo isso contribui para o fim do amor e do respeito de um casal. Eu acho que um casamento tem que ter respeito, encantamento e muito tesão um pelo outro. Senão não vale a pena. Por isso fiquei indignada em ver um cara conformado com seu casamento morno, um cara legal e inteligente, mas que comprou a idéia de que, depois de anos de casamento, é normal o casal perder o tesão. Sim , a rotina é uma assassina em potencial do tesão , mas o tesão só morre se o casal deixar.

Comentários

  1. Não, não, não...

    Não se pode aceitar assim. Depois o casal separa e ninguém sabe o porquê.

    Beijos procê menina!!!

    ResponderExcluir
  2. se fosse filho até dá pra entender, pq nem sempre tem com quem deixar. mas uma priminha é estranho, a não ser que eles tem a priminha como filha e queriam se sentir plenos com uma criança, ter a sensação que tiveram filhos. eu acho muito estranho casais que se conformam que viraram irmãos e não mais marido e mulher. acho muito agressivo alguém ficar com outra pessoa e não respeitá-la. acho que às vezes o tesão acaba, o que não entendo é pq continuam juntos. pq eu acredito que o tesão existe, pq o amor ainda existe, o amor alimenta o tesão mesmo anos depois. se não tem mais tesão, é pq o amor marido e mulher já zarpou faz tempo. beijos, pedrita

    ResponderExcluir
  3. Adelaide, eu tenho pavor disso sabia? Imagine eu virar "amiguinha" do meu marido? Afe! O pior é que as pessoas acham normal...

    Pedrita, eu também não entendo isso de casais que não se entendem mais continuarem juntos. Sabe, todo mundo tem o risco de se deparar com uma vida conjugal morna, afinal o nosso dia-a-dia é cruel, mas sempre há chances de recuperar o que se perdeu. Mas parece que as pessoas se acomodam. Triste isso.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Tenho exemplo disso muito próximo de mim e é bem triste, porque, naminha opinião tem muito a ver com preguiça de cuidar do relacionamento.

    Sou "casada" já tem um tempo - cinco anos - e acho que a paixão vai e volta, de acordo com o ritmo que a gente imprime na vida. Mas, como você disse, isso só acontece se existe uma coisa mais fundamentada, um sentimento mais sólido, como fundo.

    beijo!

    ResponderExcluir
  5. Patry, nao sou casada, portanto, minhas impressões a respeito sao somente perocepções, mas acho que:
    *Antes de qualquer coisa, entre o casale deve ter admiraçao e repeito mútuo. Eu, pelo menos, tenho que admirar algo na pessoa para estar apaixonada por ela.
    *Nada disso de ter filhos e o marido começar a chamar a mulher de "mãe"! Carajo, é a mulher e nao a mãe do cara!
    *O tesão depende do momento. Nao é todos os dias que nos sentimos as deusas do sexo, mas um esforço vale a pena.
    *Eu acho que o casamento é uma opção diária. A pessoa opta todos os dias etar casada ou não.

    Bom, basicamente isso.

    PS: SEM COMENTÁRIOS ESSA HISTÓRIA DAS PESSOAS QUE SE ACOMODAM NUM RELACIONAMENTO E NAO TEM CORAGEM DE TERMINARR!! AFFFF...

    Mari

    ResponderExcluir
  6. Helen, concordo com vc. É muita preguiça mesmo. E tem muito da ilusão de achar que depois que conquistou a pessoa amada não é preciso fazer mais nada.

    Mari, vc está certa em suas colocações! Eu também acho o fim a mulhar chamar o marido de pai e vice-versa.
    E a admiração é fundamental!
    E acrecento é uma luta diária, uma conquista diária...cada dia vc reconquista o seu par... :)

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Bom, eu acho que existe casamentos e casamentos...rs... mas pra isso mesmo que tb há separação. Um casal sem filhos é bem mais fácil de pegar a sua trouxa de roupa e ir embora. Sexo se encontra em todo lugar e se o casamento dele tá morno imagina o sexo !!!
    Se fosse pra dar conselho eu continuo no antes só do que mal acompanhado ou morno...rs

    Tô doida pra saber o post de amanhã !!!

    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Vcs tem que dar workshop de fofura. (Invejinha branca...)

    ResponderExcluir
  9. Acho que hoje em dia o que acontece são dois extremos: ou os casais se acomodam, ou jogam tudo pro alto na primeira dificuldade. São poucos que ainda pensam como você, e que realmente se esforçam pelo bom futuro do casamento. Não só casamentos como todo o resto hoje parece muito descartável, infelizmente :(

    ResponderExcluir
  10. Dani, o que incomoda mais é que o casal se acomoda e nem pede a separação e nem tenta salvar o casamento! Logo o post de amanhã estará no ar...aguarde!

    Déia, You´re so sweet ! ;) Fofo é o seu comentário! ;)

    Rê, concordo com vc... as pessoas acham tudo descartável mesmo, até os relacionamentos.

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. marion, sua postura parece a mais sensata possível. mas se se é feliz com um casamento morninho, ou até friozinho, tá ótemo! cada um com o seu cada um, como dizia uma amiga minha hehehehe
    os casamentos não precisam preencher o requisito "sexo quente" nem nenhum outro, acredito, pra dar certo.
    beijo!

    ResponderExcluir
  12. Lu, você tem razão. As pessoas podem até ser felizes num casamento morno, mas a blogueira aqui é uma romântica incurável e por isso um cenário assim para mim soa como infeliz.

    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Concordo em gênero, número e grau. Às vezes as pessoas encaram isso como uma "regra", que as pessoas invariavelmente vão perdendo o tesão e o amor com o tempo. Achei que a sua definição de que paixão tem data de validade e o amor é pra sempre, perfeita. Parabéns por compartilhar palavras tão pertinentes conosco!

    Cheers!

    ResponderExcluir
  14. Rodrigo, sempre é mais fácil de acomodar do que lutar para uma coisa dar certo! :) Que bom que gostou do post!

    beijos

    ResponderExcluir
  15. viuge, faz tanto tempo q fui casada q nem lembro mais o q s�o problemas conjugais!rs

    ResponderExcluir
  16. Que pensamento estranho! Se as coisas não são mais as mesmas, é melhor se separar.

    ResponderExcluir
  17. Ril, a vida conjugal não tem só problemas ehehe.. tem muita coisa boa também! :)

    Camila, também acho bem estranho ficar junto por ficar.

    Beijos

    ResponderExcluir
  18. É por essas e outras que se dá abertura pra amantes dentro do casamento, né. É mais fácil começar de novo.

    ps: no post acima, sou do tipo vá ao cirque du soleil mas não me chame, mas me deu vontade de assistir o espetáculo depois do seu post, sabia? E super concordo que a Ana é mil vezes melhor que a Angélica no Estrelas, assim como a Fernanda Lima dava de dez na Angélica naquele programa do vídeo show...

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Vamos, comente!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Na Secadora Não!

Meus Furacõezinhos!

Ovono