Tudo errado


Só se fala nisso em todo lugar. A tal da lei que instituiu a tolerância zero para o consumo de bebidas alcoólicas para os motoristas. É motorista multado porque bebeu um copo de cerveja ou mesmo usou o listerine. Até se a pessoa comer bombons com licor pode se dar mal no teste do bafômetro. Um absurdo.

Eu acho esta lei muito equivocada, pois quem bebe um copo de cerveja não pode ser considerada uma pessoa em estado de embriaguez. Eu mesma, que sou fraca para bebidas, bebo um copo de cerveja na boa e não me sinto alterada. A alteração sensorial e de humor começa aparecer para mim após o terceiro copo de cerveja. Ou seja, a pessoa que consumiu uma cervejinha no happy-hour está apta a dirigir e se for um motorista que respeita as leis de trânsito não vai provocar acidentes.


O trânsito em nosso país mata muito, mas a combinação bebida e direção não é a causa principal ao meu ver. O que provoca tantos acidentes assim é a falta de educação do motorista brasileiro. Educação tanto no sentido de não respeitar as leis de trânsito vigentes, como no sentido de falta de civilidade, de não ter respeito ao próximo. O que vejo diariamente nas ruas da minha cidade é motorista fazendo conversões proíbidas, andando em velocidade acima da permitida, passando no sinal vermelho, fazendo ultrapassagens proíbidas, resumindo bem, dirigindo como loucos! E se colocarem esta turma no bafômetro a maioria terá um resultado negativo. Temos uma epidemia de maus motoristas, que no fundo são maus cidadãos porque não respeitam as leis e muito menos se preocupam com a segurança das outras pessoas.


Concordo que algo tem que ser feito, mas não uma lei como esta que, na verdade, vai prejudicar somente o cara certinho que toma uma cerveja no final do expediente ou mesmo que leva a namorada para um jantar romântico. Este cara não vai poder fazer mais isso! Pois ao sair do restaurante ou do bar vai se deparar com uma blitze com políciais ávidos para mostrar serviço. O cara pode ser multado e perder a habilitação, mesmo que estivesse dirigindo corretamente, sem oferecer perigo à ninguém. O cara que sempre exagera na bebida e não respeita nada, vai continuar com seu comportamento e assim os acidentes provocados pela bebida vão continuar. Não precisávamos desta lei, bastava apenas endurecer as punições para as infrações de trânsito, deixando o nível para o consumo de álcool como estava.


O pior de tudo é o moralismo que vem junto com esta nova lei. Agora quem bebe é irresponsável, não importando se bebe com moderação, parece que a mídia resolveu levantar a bandeira contra a bebida, como se quem bebe estivesse cometendo um crime. Oras, a pessoa bebe porque é legal (no amplo sentido da palavra), quer relaxar, quer ficar alegrinho. Qual o problema? Parece que estamos numa cruzada contra as pessoas que curtem um vinho, uma cervejinha ou caipirinha. Agora o jeito é beber só em casa mesmo. Muito chato tudo isso.


Fica aqui o meu protesto. Abaixo à lei seca!

Comentários

  1. eu sou a favor da lei seca em estradas. MAs acho uma bela incoerencia da midia, principalmente a globo que boa parte do seu patrocinio em varios programas prevem justamente do consumo de cerveja por exemplo. Acho justo a campanha para q se beba com moderação. MAs um absurdo eu que normalmente quando saio sou a que dirijo da turma, com medo e pavor de levar a tal super multa nao vou mais beber nem um gole de cerveja principalmente por nao saber como meu organismo reage hoje em dia ao alcool depois da minah gastro. Engraçado q é bem o fogo de palha de qqr lei... daqui ha um dos meses vai virar Brasil tudo isso. E como diminuir numero de acidentes se as pessoas vivem num burn out diário??? sim tem dias q chego em casa e falo cheguei por milagre inteira, nao se da setas, preferenciais em rotatorias, pedestres em faixas ficam horas p; tentar atravessar... Mas p; quem tem um presidente que tem como se vai reclamar de educação?!

    ResponderExcluir
  2. amiga, a tv globo fez o teste com voluntários e quem usou antiséptico bucal não mostrou que tinha ingerido bebida alcóolica. mostrou uma quantidade ínfima, mas que não entra na lei como forma de punição. quanto a cerveja no texto mostrou que depende da pessoa. um que bebeu 3 copos só assim seria altuado. quando ele bebeu 1 não incorreu na infração. mas o jornalista avisou que depende do porte físico de quem faz o teste. eu acho que o que resolve mesmo é educação no trânsito. cada vez mais vejo pessoas dirigindo como animais, não querendo ficar pra trás. executivos principalmente estimulados pela competitividade. acho que o que precisa é algo mais efeitivo. me lembro na época que se falava em direito do consumidor e muitos riam. falavam q nunca ia dar certo e hoje muitos se preocupam com essas leis. principalmente os fabricantes. acho que é muito masi uma mudança de mentalidade do que leis exageradas punitivas. beijos, pedrita

    ResponderExcluir
  3. Sugar, lei seca nas estrads em nem discuto, acho essencial. Mas o que colocaram agora realmente está abusivo, interfere na vida das pessoas. E acho mesmo vai acabar tudo no esquecimento como vc disse. Falando em atravessar na faixa, hoje mesmo quase fui atropelada por um idiota que não respeitou o sinal vermelho. Não dá para atravessar a rua tranquilamente aqui, mesmo a gente atravessando na faixa e com o sinal fechado para os carros. Um horror!

    Pedrita, Eu acho que precisa investir na educação das pessoas como um todo. O povo daqui precisa aprender a respeitar as leis e os direitos dos outros. Estamos na era onde as pessoas só pensam em si. Como vc disse, a era da competitividade.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Bastava serem rigorosos com a fiscalização utilizando os índices antigos. Funcionaria perfeitamente.

    Parece que tem uns lances (oh, será? não creio...) envolvendo a empresa homologada para fornecer bafômetros. Ao custo de R$10.000 cada. Quando normalmente não custaria R$1000.

    Mas isso muda logo, chéri, vc vai ver. Como fica o mercado? Os bares, restaurantes e, claro, a indústria de bebidas como um todo? Isso é pressão pra nego abrir o bolso. Estamos apenas sendo usados, como sempre.

    E nem tomar minha Rita eu posso, humpft!

    bju!

    ResponderExcluir
  5. Esse é só mais um exemplo da maneira como o governo brasileiro mascara seus problemas. Qualquer macaco mal treinado sabe que a falta de educação mata muito mais do que a bebida, mas é mais fácil proibir a bebida (e ganhar uma grana nas multas de quebra) do que educar milhões de pessoas. Mais uma vez, nosso problema é estrutural e, mais uma vez, será ignorado. Essa lei, ainda por cima, é só mais uma que daqui a pouco vai ser esquecida. Lei contra um certo nivel de alcool no sangue já existia e mta gente nao respeitava, nada me faz pensar que irão respeitar agora. Depois que passar a euforia, qdo o governo relaxar a fiscalização (q ótimo uso da nossa força policial!) o problema vai continuar existindo como sempre existiu.

    Eu não me espanto mais com a incompetência de quem toma conta desse pais...

    ResponderExcluir
  6. Eu ouvi falar nesse assunto, mas admito que nao havia entendido bem o que estava acontecendo. Li algo sobre "lei seca" e logo pensei..."serão eleições no Brasil e eu nao sei?"... hahaha.

    Bjs,

    Maru

    ResponderExcluir
  7. Helen, uma associação de donos de bares já entrou com pedido na justiça para derrubar a lei. E há muitos juristas indicando que a lei a inconstituicional. Esperemos!

    Rê, concordo com vc em tudo! :)

    Mari, acabou-se o jantar romântico com vinho no restaurante. Agora temos que escolher entre beber em casa ou ir de táxi.

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oi Marion.

    Acho que o grande problema é a irresponsabilidade dos motoristas brasileiros.

    Já nas estradas, acho que a "Lei Seca" é essencial.

    Bjs.
    Elvira

    ResponderExcluir
  9. Concordo! Acho que deveria ter um limite para o cara ser considerado bêbado. Mas acho que com o tempo eles vão ajustar a lei...tomara né! Beijos

    ResponderExcluir
  10. marion, você está certíssima e falou muito bem: essa lei tem todo um moralismo apoiando. é ridícula!

    e o edmundo, o jogador de futebol que saiu dirigindo bêbado, matou uma família, foi condenado por homicídio, recorreu sei lá quantas vezes - umas 9! - e perdeu todas, e NUNCA cumpriu a pena, nem nunca vai cumprir...
    adianta muito fazer essa lei absurda e tão rígida se as que já tavam aí já eram boas e não eram aplicadas! a única coisa é que vai aumentar a grana que os policiais ganham com propina, essa lei ridícula...

    ResponderExcluir
  11. Elvi, concordo com você!

    Lilica, acho também que alguns ajustes virão com o tempo.

    Lu, lembrou bem, há tantos outros casos assim, a pessoa mata no trânsito e nada acontece. Se a lei não pune as pessoas não ficam responsáveis, sabem que nada vai acontecer e assim continuam fazendo loucuras no trânsito.

    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Na verdade endurecem a lei para transferir a responsabilidade pro cidadão, visto que seria mais lógico endurecer a fiscalização, nos índices anteriores. BJOS.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Vamos, comente!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Na Secadora Não!

Ovono

Papel e caneta