Disney's Hollywood Studios - Parte 2




Em nosso último dia de passeios em Orlando, o parque escolhido para ser visitado pela segunda vez foi o Disney's Hollywood Studios. Foi uma ótima escolha, pois passamos um dia incrível por lá. Aproveitamos muito e eu fui em dois brinquedos eu eu jurava que nunca iria na minha vida :  The Twilight Zone Tower Of Terror (elevador que despenca do alto da torre) e Rock 'n' Roller Coaster ( montanha-russa com looping). Foi um dia marcante, cheio de emoção. 



Chegamos cedo ao parque  e aproveitamos  para ir duas vezes seguidas no Star Tours, a atração do Star Wars, que a gente tinha adorado  em nosso primeiro dia no parque. Na foto eu estou prestes a entrar no brinquedo, já com os  óculos 3D. Cada porta corresponde a uma fileira de cadeiras do simulador de nave espacial. Em todos os brinquedos há sempre a preocupação de manter os grupos juntos. Os funcionários sempre perguntam  com quantas pessoas a gente está e, baseado nesta informação,  vão separando as pessoas nas filas na entrada os brinquedos. 




No Star Tours, além do simulador, há uma atração muito bacana, a academia de Jedis. Podem participar crianças de 4 a 12 anos, que vão receber treinamento para tornarem-se Jedis e lutar contra o lado negro da força.  Ficamos lá assistindo, já que não tínhamos (infelizmente!)  mais idade para participar do treinamento. O mestre Jedi é muito carismático e me encantou. Ele realmente sabe como lidar com a criançada.   O treinamento é rápido, depois de algumas noções  sobre como usar o sabre de luz, os novos Jedis têm que enfrentrar uma prova de fogo!  Lutar contra o Darth Vader! Um por um vão enfrentando o grande vilão. Foi muito divertido ver a molecada enfrentando o Darth Vader e levando à sério o desafio de virar um   Jedi. 






Fiquei encantada com a apresentação da Bela e A Fera. É um lindo musical, claro que é uma versão  bem mais simplicada do espetáculo da Broadway que vi na montagem apresentada aqui em São Paulo há  alguns anos. O espetáculo dura 30 minutos, para conseguir assistí-lo é preciso chegar com uma antecedência de uns 20/30 minutos. Os lugares lotam rapidamente.  Vale a pena assistir. 





Wally adorou a atração  Lights, Motors, Action! - Extreme Stunt Show. É um show com dublês especializados em  cenas de ação com carros e motos.  É impressionante o que os caras fazem. Foi fantástico ver ao vivo cenas que a gente sempre vê em filmes.  Os caras fazem coisas bem radicais, é  muita freada forte, carros correndo em marcha ré, explosões e fogo. Cenas de tirar o fôlego. A parte fofa do show é quando o astro do filme Carros aparece. Nunca pensei que veria o Lightning McQueen em "carne e osso". Adorei ver o carrinho de perto e fazendo estripulias.



 


Neste vídeo tem uma pequena amostra do show que vimos.  O vídeo vale a pena a partir do minuto 1:27. Infelizmente o primeiro vídeo que fizemos não saiu, deu uma pane na câmera e não gravou nadinha.  Este mostra bem pouco, mas dá para ter uma idéia de como é o espetáculo. 


As lojas deste parque são incríveis. Umas das mais bacanas é a loja do Planet Hollywood, cheia de itens de filmes.   Fiz questão de registrar o momento ao lado do Gremlin e do Terminator. 





A fotógrafa do parque, uma senhora muito simpática, pediu para a gente fazer umas poses,  a gente topou e saíram estas fotos ótimas. Eu achei tudo muito divertido.  Ao fundo está a torre do terror, onde tem o brinquedo do elevador que despenca.  Eu sempre morri de medo desta torre, pois eu achava que o elevador despencava de vez, do alto até o chão. Wally foi sozinho e saiu todo feliz do brinquedo. Ele jurou que eu aguentaria o tranco e que iria gostar. Acreditei nele e resolvi encarar a brincadeira assustadora. 



A torre do terror é um hotel abandonado. Mesmo abandonado, o hotel é lindo. A fila do brinquedo passa pelo hall do hotel.   Antes de entrarmos no elevador, passamos por uma sala onde assistimos um vídeo, que remete à série Twilight Zone, falando de fatos estranhos. Eu lembro que eu adorava esta série, apesar de ter um certo medinho. Eu adorei esta fila, mesmo estando com um frio na barriga ultra-mega-uber- forte. Sim, eu estava morrendo de medo de entrar no bendito elevador. Mas  enfrentei o medo e segui em frente. 



No elevador nós ficamos sentados.  São várias quedas, umas 6 eu acho. O elevador cai e  sobe de novo. Fica neste vai e vem por minutos que parecem intermináveis.  É forte! Eu aguentei e adorei. Mas dá o maior medo quando a janela do prédio abre e a gente vê o parque. Que alto que é!!!   
Esta foto é da segunda vez que e eu fui e a terceira do Wally!  Sim, eu gostei tanto que entrei na fila  de novo logo depois de sair do brinquedo.  Wally disse que eu tinha que levantar os braços na segunda descida. Não consegui levantar muito os braços, mas fiz todas as quedas sem me segurar no banco. Um feito!  

Na fila para a segunda volta na motanha-russa



Com a Rock 'n' Roller Coaster foi a mesma coisa. Wally foi sozinho, pois eu não queria ir de jeito nenhum, pois descobri que era uma montanha-russa com looping.  Mas ao mesmo tempo tinha muita curiosidade, pois é a montanha-russa do Aerosmith.  Wally adorou o brinquedo, mas me disse que era forte.  Ele queria ir de novo, então tiramos o Fastpass e, por insistência dele, tirei um fastpass para mim também. Passei o dia inteiro pensando se ia ou não no brinquedo. Foi uma batalha interna entre o medo e a curiosidade. Venceu a curiosidade. 


Foto da segunda vez que eu fui



Na hora de entrar no carrinho eu estava morrendo de medo. Entrei tremendo no carrinho.   Mas depois de alguns segundos eu já estava gritando que aquilo era bom demais.  Esta montanha-russa é incrível, toda no escuro e tocando as músicas do Aerosmith em volume bem alto. Quando tocou Love In An Elevator eu fiquei emocionada, pois é a minha música favorita da banda. Foi emocionante em todos os sentidos.  Os loopings? Uma delícia!  

A montanha-russa tem uma história bem legal. Na fila a gente entra em um estúdio de gravação onde está o Aerosmith (uma montagem de vídeo muito bacana) e eles têm que sair correndo dali para um show. Então eles dizem para a empresária  que não podem deixar seus fãs ali e pedem um carro bem rápido para levar todo mundo. Então saímos do estúdio e vamos para o carrinho. É realmente uma montanha-russa bem rápida, mas é muito suave, não tem trancos como as outras que eu fui. 

Eu gostei tanto que quis ir de novo, para desespero do Wally que já tinha ido 2 vezes!  Como a fila estava enorme, entramos na fila de single riders, ou seja, fila única, onde não há a prioridade de manter os grupos de visitantes juntos.  Esta fila é bem mais rápida que a normal. Na hora de entrar no carrinho pedimos para um menino trocar de lugar com a gente e assim conseguimos ir juntos.  Foi muito legal e eu tava tão tranquila desta vez que até fiz pose para a foto! 


E assim foi nosso último dia de passeio em Orlando. Dia emocionante e inesquecível. 



Comentários

  1. Ainda nao tenho coragem de ir nessas montanhas russas nao!!! MAs adorei ver vc vencendo seus medos!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sugar, o dia que a gente viajar juntas para lá vc vai e vai gostar! :) E é muito bom superar os medos!

      Beijos

      Excluir
  2. Muuuuito bem! Eu amo essa montanha russa! <3

    ResponderExcluir
  3. Nossa!!! Muito legal!! Essa montanha russa do Aerosmith deve ser muito massa, ficar ouvindo as músicas da banda em volume alto com certeza aumenta a adrenalina!
    Adorei sua camiseta!! :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Juli, foi uma experiência incrível. Eu saí da primeira volta da montanha-russa pulando de tanto entusiasmo! rs Esta camiseta tinha em duas opções: Wizard e Muggle. Resolvi comprar a que tinha mais a ver com a minha realidade...rs infelizmente não sou uma bruxinha.

      Beijos!

      Excluir
    2. É.. infelizmente não somos bruxinhas... Iria comprar a de Muggle também! ;)

      Excluir
  4. vixe, perdi o trem da viagem. vamos lá!!! adorei as fotos da bela e a fera. estou rindo com as poses de vcs, fotos bem mais animadas. parece lindo o hotel abandonado. beijos, pedrita

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pedrita, estava sentindo a sua falta, viu? O espetáculo da Bela e a Fera foi muito fofo. O hotel é lindo mesmo, as fotos não fazem jus à beleza do hotel.

      Vc ia adorar este parque, pois é todo inspirado em filmes . :)

      Beijos

      Excluir
  5. Disculpa perguntar, mais essas camisetas custam muito caro??
    ameeei o post ;*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Helen!

      As camisetas custaram em média 20 dólares, não achei caro.

      Que bom que gostou do post!

      Beijos

      Excluir

Postar um comentário

Vamos, comente!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Na Secadora Não!

Ovono

Papel e caneta