Lado A Lado




Coração ainda  batendo forte. As cenas do capítulo de hoje da novela "Lado A Lado"  foram cheias de emoção e tensão. Cenas primorosas, cenas de tirar o fôlego. Isabel (Camila Pitanga) descobriu que seu filho Elias está vivo e foi tirar satisfações com a Baronesa (Patrícia Pillar). A Baronesa foi traída pelo amor pelo seu neto e sua preocupação pelo menino tornou-se sua confissão, confissão de uma maldade travestida de amor. Ela tirou o filho de Isabel logo depois do nascimento, Isabel foi induzida a acreditar que seu filho morreu. A Baronesa tirou o menino da mãe para esconder de todos que tinha um neto mulato, mas ao mesmo tempo morreu de amores pelo neto e decidiu mantê-lo por perto, para garantir uma boa vida para o menino. Na cabeça da Baronesa não houve nada de errado nisso, ela estava protegendo sua família de um escândalo e ainda garantindo uma vida boa para o menino.  Mas tudo saiu errado e Elias foi parar na casa de uma 'mãe' cruel e  só conheceu desprezo  em sua infância. Nada de amor. Um sofrimento sem fim para ele e para Isabel,  que pensava que seu filho estava morto.  As cenas da revelação do grande segredo da novela foram magníficas, texto impecável e interpretações  fantásticas. Um capítulo primoroso!

Esta novela vem  me emocionando desde seu príncípio, o roteiro é  muito bem estruturado e bem escrito, envolve o telespectador, faz a gente acreditar na história, faz a gente sentir na pele as emoções aque passam na telinha.  Uma novela perfeita. 

A história se passa no começo do século 20, acompanhamos a história de duas amigas, Isabel e Laura (Marjorie Estiano), que lutam para poder serem felizes em um mundo onde as mulheres nada podiam, onde tinham que viver à sombra dos homens e presas às regras da sociedade. Mesmo com histórias de vidas muito diferentes, Isabel é negra, filha de escravos; Laura é fiha de fazendeiros, as duas viram amigas e juntas vão enfrentando as batalhas da vida para serem felizes.  Até a amizade delas é vista com estranheza por todos, afinal,  para todos que as cercavam, a menina rica de sociedade  nunca poderia ser amiga da moça negra. Ao redor delas, outras histórias  envolventes se desenrolam, histórias de amor, ganância, ódio e bondade. Todos os lados da vida, todos mostrados com  intensidade. 

Uma das partes da história que mais gosto é o romance de Laura e Edgar (Thiago Fragoso), amor que começo aos poucos e foi tornando-se um amor forte e lindo. Eles formam um casal apaixonante. Edgar é encantador, quando sorri derrete o coração da Laura e de todas as telespectadoras. Ele sorri e eu derreto. E quem consegue resistir à aquele sorriso? Nem a Laura quando está brava com ele consegue resistir.  A história do dois  é cheia de percalços, como toda boa história romântica, mas não é só sofrimento, há muitos momentos lindos, cheios de ternura e paixão.  Casal perfeito. 

A novela já está se aproximando do final, logo terei que me despedir dos meus personagens tão queridos que têm me feito sorrir e chorar nos últimos meses.  Esta novela já entrou para a lista das minhas novelas preferidas de sempre.  É uma alegria ter uma obra de ficção de tanta qualidade da tv aberta, pena que passe em um horário de pouca audiência, é exibida pela TV Globo às 6 da tarde. "Lado A Lado" é novela digna de horário nobre. Novela primorosa. 




Nota da blogueira: A reconstituição de época da novela é espantosa, tanto nos figurinos e cenários, como na parte histórica.  Fatos históricos permeiam as histórias, a novela é praticamente uma aula de história. Uma aula envolvente e fiel aos fatos. 


Comentários

  1. Marion.

    Eu adoro essa novela mas só consigo assistir as sextas-feiras e aos sábados.
    Tudo nela é perfeito e eu adoro a abertura com o samba da Imperatriz Leopoldinense.
    Que pena que eu perdi um capítulo tão importante.
    Vou procurar na internet.

    Bjs.
    Elvira
    http://evipensieri.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  2. realmente o capítulo foi incrível. q atuações, edição e principalmente, q texto. e ver o elias perdido na cidade foi de doer o coração. eu gosto muito da história da duas lado a lado. elas sempre passando por problemas quase espelho, mesmo sendo diferentes, tendo tido oportunidades diferentes. eu não consigo lembrar a frase de hj da tia jurema. a isabel disse: " q amor é esse tia" e a tia fala que é o amor, mas não lembro se usou essa palavra, entre o patrão e a escrava. foi muito impactante. uma espécie de gratidão da servidão, mas algo de cima pra baixo. tb vou sentir muitas saudades. amo essa novela. beijos, pedrita

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Vamos, comente!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Na Secadora Não!

Meus Furacõezinhos!

Ovono