O Papa É Pop




O mundo parece encantado com o Papa Francisco.  Eu também estou encantada por ele. Eu confesso que não aguentava mais escutar sobre o tal Conclave, na TV, na Internet, no rádio, só se falava nisso. Parecia que nada mais acontecia no mundo. A eleição do papa parecia a eleição do presidente do mundo.  Não sei como foi a cobertura do Conclave nos outros países, mas aqui foi intensa, cansativa até. Eu estava bem cética com isso tudo, achava que não iam escolher um homem simpático para este posto, depois do sisudo Bento XVI, eu espera alguém igual ou até pior.  Mas a Igreja surpreendeu e apresentou ao mundo um papa com sorriso sincero e que gosta de da próximidade do povo. Um homem que em poucos dias conseguiu atrair a simpatia de todos mundo afora. Ele me conquistou também por sua simplicidade, por querer ter uma vida sem os luxos normais para a vida de um papa.  Está abrindo mão muitas frescuras a  que teria direito como papa, ele assim está humanizando a figura do papa,  se aproximando assim dos católicos, o que não acontecia desde o falecimento do Papa João Paulo II. 

Eu  sou católica não-praticante, não vou a missas, não me confesso, enfim, não frequento igrejas. Mas como fui criada dentro da doutrina católica, estutando em colégio de freiras, ainda restou um vínculo com esta religião, mesmo que hoje em dia eu  discorde de muita coisa. Por isso, fico contente com a eleição de um papa mais humano e que tem um histórico de ajuda aos pobres, um homem que prega e pratica a bondade e o amor ao próximo. É isso que o mundo precisa hoje em dia, de mais bondade, mais amor, mais ajuda ao próximo. Espero que o Papa Francisco consiga preservar sua essência e que espalhe bons sentimentos para todos, católicos ou não. 

Comentários

  1. Eu estou tão, TÃO por fora desse papa novo, só o conheço por fotos e olhe lá. Mas que bom que ele é carismático e parece mais próximo do povo... espero que seja também próximo da realidade da sociedade atual e não perca tempo demonizando coisas como gays e camisinha em vez de resolver os problemas reais que esses assuntos envolvem.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Re, ele parece ser um bom homem. Espero que não seja apenas a primeira impressão. Eu acho que a Igreja Católica erra em querer pregar para o mundo inteiro, tem que pregar para os seus fiéis e só. Nenhuma religião pode querer ditar as regras para todos, é uma intromissão absurda na vida alheia.

      Beijos

      Excluir

Postar um comentário

Vamos, comente!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Na Secadora Não!

Ovono

Meus Furacõezinhos!