Camarada Bistrô




Eu não gosto de comida 'desconhecida' e isso me faz ficar com receio de me aventurar em experiência gastronômicas.  Quando Wally me disse que no sábado  iríamos  almoçar em um restaurante russo, eu fiquei apreensiva. Afinal, não tinha a menor idéia de como era a culinária russa, se haveria pratos que se enquadrariam no meu paladar. Perguntei o nome do restaurante e fui no site pesquisar o cardápio. Para minha surpresa, eu gostei muito do que encontrei no cardápio e isso me animou.  Meu almoço de sábado foi muito bom, adorei o restaurante e a comida. Fiquei fã do Camarada Bistrô





Fui ao restaurante com Joana, Ricardo, Wally e Dani.  O restaurante era novidade para todos nós, foi uma aventura gastronômica para todos nós.  Começamos o almoço com uma entrada de salmão defumado, sobre uma massa que lembra massa de panqueca. Realmente não lembro o nome. Estava delicioso!  Para acompanhar a refeição, pedimos a cerveja Baltika. Joana, a motorista da vez, pediu a limonada russo e adorou! 



O restaurante fica em um sobradinho todo decorado com itens que nos remetem à Rússia.  Tudo bem colorido, como os pratos. Cada prato com cores e decoração diferente, nada de pratos combinando. Eu adorei, fez a nossa mesa ficar bem colorida. 


Escolhemos os pedidos depois de examinar bem o cardápio e fazer algumas perguntas ao garçom, que foi bem gentil e nos explicou tudo. Adoramos nossos pedidos e experimentamos um pouquinho de cada.  Eu pedi o Plov, um tipo de risoto com um arroz bem miudinho, com carne, cenoura e alguns pimentões.  Os pimentões não estavam nos meus planos e nem no cardápio. Se eu soubesse, não teria pedido, pois odeio pimentão. Mas já que aconteceu, resolvi encarar com boa vontade o meu prato e, para minha sorte, a quantidade de pimentão era realmente pequena e com isso o sabor dele não dominou o sabor dos outros ingredientes do prato. Gostei mesmo, apesar do pimentão.  Ricardo e Wally pediram o mesmo prato, o Vareniki, uma massa de batata acompanhada de creme azedo. Muito bom, é como um nhoque diferentão. Joana escolheu o Estrogonofe Russo, que é o prato mais conhecido do local.  Muito gostoso! Acho que da próxima vez que for lá , pedirei este.  Dani pediu Medalhões ao Naxarap, carne bovina ao molho de romã. Este prato eu não experimentei, mas Dani adorou. Disse que o molho é agridoce. 




Ficamos no andar de baixo do restaurante, mas fomos dar uma voltinha no andar de cima, onde há outro salão. Lá há vários objetos antigos que remetem à cultura russa. Eu fiquei encantada com a decoração.   No hall de entrada do restaurante fica este lindo patchwork com a matrioska. 



Claro que quisemos experimentar as sobremesas.  Eu e Joana dividmos  o Gogol Mogol, que uma especie de gemada com vodka. Muito bom!  Wally pediu a torta de maçã, uma delícia!  Ricardo pediu o Dueto, que fico devendo a foto aqui, dois potinhos com brigadeiro com vodka. Bem gostoso também. 

Adorei a minha aventura gastronômica do sábado. Nunca tinha pensando em experimentar comida russa, sequer imaginava como seria.  Recomendo o restaurante, lugar agradável, com bom atendimento e ótima comida. Vale a pena! 


Comentários

  1. eu gosto de arriscar cardápios, mas não sou exagerada em experimentações. tenho os meus limites. deve ser bacana mesmo. e as fotos do lugar são muito simpáticas. anotado. beijos, pedrita

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pedrita, este restaurante vale a pena conhecer! Beijos

      Excluir
  2. Eu odeio pimentão... definitivamente nao entra no neu carrinho de compras... contamina tudo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leti, eu também odeio. Desde sempre, pois o sabor dele domina a comida toda. Desta vez, tinha bem pouquinho, aí não interferiu tanto no sabor do prato.

      Beijos

      Excluir

Postar um comentário

Vamos, comente!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Na Secadora Não!

Meus Furacõezinhos!

Ovono