Tirando o pó







Tirando um pouco do pó do meu bloguinho querido.  Infelizmente ele anda bastante abandonado.  Não sei ao certo se perdi a inspiração para escrever ou se é o meu momento de introspecção, que começou em julho, que me afasta daqui.  É uma pena mesmo, pois me entristece ver este blog sem novas publicações. Mas também não vou ficar blogando tonterías só para mantê-lo atualizado. Aí seria pior.  

O mundo anda estranho. O universo brasileiro mais ainda.  Políticos condenados judicialmente , dentro da lei, ficam se achando injustiçados e se considerando presos políticos. O mais absurdo é se considerar preso político quando  é o próprio partido que governa o país.  Não faz sentido algum.  

Outra coisa que não faz sentido para mim é ir numa loja C&A e me deparar com roupas custando 300, 400 reais!  Será que virou uma loja de departamento de luxo e ninguém me avisou?  Me desculpe, mas numa loja de departamento eu espero encontrar roupa barata e não roupa  cara só porque um estilista famoso colocou sua assinatura ali na etiqueta. As pessoas perderam a noção mesmo. 


Ultimamente estou vivenciando todos os dias uma  situação de incoerência absurda. A CET vive alardeando por aí que pedestre tem prioridade,  mas na prática coloca os pedestres em situação de perigo constante.  Na região do meu trabalho há uma obra em uma avenida, para a obra ser realizada, a CET desviou o trânsito para a rua do meu trabalho, que sempre foi uma rua tranquila, com pouco movimento.  Agora está uma rua com trânsito intenso e sem nenhuma sinalização que ajude os pedestres a atravessarem a via com segurança.  Eu preciso atravessar a rua para ir trabalhar e para isso me arrisco todos os dias. Realmente estou com medo de ser atropelada. É um completo descaso da CET com os pedestres. Os carros passam a toda e nem ligam pra gente.  Um ou outro é gentil e para, mas para isso acontecer sempre fico longos minutos parada na calçada esperando para conseguir atravessar.  Esta semana uma pessoa já foi atropelada lá.  Quantos mais terão que ser atropelados para a CET se mancar da burrada que fez? 


Ando brigando com a balança novamente. Por falta total de determinação, parei com a ginástica do Kinect.  Um vergonha. Aí os quilinhos a mais já voltaram. Mas ainda há uma esperança, além de continuar maneirando na alimentação e ter cortado o refrigerante aqui em casa, voltei a fazer abdominais e DDR.   Fazia anos que não fazia DDR, jogo de dança do XBox, aquele com o tapete.  Para meu espanto eu ainda lembro das coreografias!  E fazer o DDR me deu muita alegria, ao contrário da ginástica do Kinect que me deixava brava, eu sempre xingava o instrutor do jogo.  Vamos ver até onde isso vai, espero que eu não desista.  

Acho que por enquanto é só.   Prometo que volto. Espero não demorar muito. 



Comentários

  1. adorei a ilustração, parece do filme da cinderela. q os políticos se sintam injustiçados até entendo. uma piada ilustra bem isso. o dirceu chegando na prisão e os de lá dizendo q agora eles estão no lugar certo pq lá todo mundo é inocente. mas as pessoas indo lá aplaudir qd eles são presos é de doer. pedestres nunca tem vez. atualmente a campanha é para que respeitem as bicicletas, mas os pedestres nunca tem campanha. nem as regras das faixas são claras para pedestres, as faixas para motos e bicicletas são bem claras e todo mundo respeita. melhoras. beijos, pedrita

    ResponderExcluir
  2. Não pare com o seu blog!
    E boa sorte na determinação pelas atividades físicas, não é fácil, mas se nos mantivermos motivamos e praticar todos os dias ao menos um pouco, em pouco tempo teremos resultados positivos.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  3. Esse fim de ano parece que está meio pesado, sei lá. Cansativo, quero dizer. Logo o gás para o blog volta. Já em relação às incoerências do Brasil, não tenho a menor esperança que se resolvam...
    Beijos!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Vamos, comente!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Na Secadora Não!

Meus Furacõezinhos!

Ovono