Vaidade...

Quando eu fiz 29 anos foi acometida por um surto de vaidade. Minha primeira providência foi comprar um potinho do creme Chronos da Natura. Acho que foi a proximidade dos trinta que me causou tal surto. Com medo de ficar com cara de bruxa má e acabada achei que deveria começar a usar creminhos anti-rugas e afins. Comprei o kit completo : sabonete, loção tônica e o creme. O primeiro ano de uso foi um sucesso! Passava todo santo dia. Mas com com o tempo a preguiça foi maior e o uso começou a ficar espaçado. Hoje matenho somente o uso do sabonete para o rosto diariamente, a loção de vez em quando e o creme quase nunca. Quando bate o sentimento de culpa por ter comprado o creme eu uso.
Mesmo assim hoje sou muito mais vaidosa do que era até os 30. Até então a minha vaidade se resumia em manter as unhas sempre bem cuidadas e esmaltadas e os pelinhos dos braços loirinhos. Com o cabelo nunca precisei me preocupar muito. Claro que durante a adolescência mantive batalhas épicas com ele até aprender a lidar com a sua natureza. Desde então convivemos pacificamente e eu o acho lindão. Aliás, no sábado eu cortei um pouco o cabelo. Ficou bom! :)
Uma coisa que mudou radicalmente depois do trinta foi a minha relação com os perfumes. Antes não usava de jeito algum! Toda vez que tinha alguma festa minha mãe vinha me "atacar" com algum vidro de perfume. Ela não se conformava por eu não querer usar e sempre dizia que uma moça tem que estar perfumada. Eu fugia dela e do perfume. Às vezes ela era mais rápida e quando eu percebia já tinha levado umas 3 borrifadas de perfume. Não pensem que eram perfumes ruins! Que nada! Um mais cheiroso que o outro. Mas eu simplesmente não gostava. E hoje eu não saio de casa sem perfume! Tanto que nunca na vida tinha acabado com um vidro de perfume, ele sempre estragava antes de chegar na metade! Hoje me espanto ao ver que já estou terminando o meu segundo vidro do Humor, meu perfume preferido. Me espanto também com o meu encantamento pelas caixas de miniaturas de perfumes no free-shop do Aeroporto de Paris. Nunca pensei que desejaria algo assim. Ganhei duas caixinhas do Wally e fiquei feliz da vida! Os perfumes são uma delícia! :)
Ainda estou longe se ser considerada uma mulher muito vaidosa, mas, com certeza, hoje, aos trinta e poucos, sou muito mais vaidosa do que quando tinha meus vinte e poucos anos.

Comentários

  1. eu já sempre fui apaixonada por perfumes risos.. e confesso q adorava assaltar os seus. Que aliás hj estão no meu banheiro parte deles.. que você ganhou do tio Chacho. Eu tenho fases mas acho que finalmente achei minha essencia... mas não uso todo dia pq não é nacional e vivo num país de taxa de 60% sobre importados. risos

    ResponderExcluir
  2. eu preciso usar protetor solar sempre para não ficar mais vermelha do que já sou no rosto. aí li que é um dos melhores hidratantes o protetor e fico mais nele. recentemente que comecei a comprei da avon os reniew, que são ótimos, e ganho de vez em quando mais um da família. vários diferentes. e como hoje a maioria traz protetor solar, quando não tem muito sol, entre o protetor 60 e o creme, uso o creme. eu tb gosto muito do seu cabelo e detesto esse ditame da moda que é o cabelo liso que é mais bonito. detesto esse preconceito. sempre amei os meus cachos, mas a briga comigo sempre foi com os cabeleireiros. eles insistem em querer fazer escova para alisar e eu fico com cara de crente, perdendo um pouco do jeito rebelde que tanto gosto. eu gosto muito de perfumes e recentemente consegui comprar alguns importados, sonho de consumo, mas não uso muito, porque vou a muitos lugares com pessoas alérgicas, aglomerações, então estudo bem a hora e o lugar para não ficar enjoada com a mistura do meu com os alheios.

    ResponderExcluir
  3. ih, faltou espaço. as unhas eu não fiz por muitos anos. precisava de uma lixação específica para o violão, bastava tocar que esmalte nenhum sobrevivia, me acostumei com elas ao natural. com umas lixadas de vez em quando. gosto de vez em quando de pintá-las, mas não tenho o hábito semanal de fazê-las. amiga, o mantenho faltou o n. bejios, pedrita

    ResponderExcluir
  4. Eu tive acne aos 26 anos, um mico, resultado de problema scom ovários policísticos. Adotei filtro solar por causa dos ácidos e hoje me sinto nua se saio desprotegida mesmo no inverno.

    Por falar em nuca, minha vaidade vai mesmo é para roupa e sapato. Quem trabalha em escola pública e mexe com giz e alcóol não tem o direito de mante runhas cuidadas e o cabelo...welll

    ah, dieta sempre!!!!

    ResponderExcluir
  5. Sugar, você sempre foi mais vaidosa do que eu e sempe gostou de um perfume! ;)

    Pedrita, eu adoro cachos! Pena que não tenha mais! Meu cabelo era cacheado e de repente foi alisando ...e hoje os cachos são uma lembrança do passado!

    Andrea, Filtro solar é uma coisa que eu preciso aprender a usar com mais frequência, pois com o calor cada vez mais intenso , a nossa pele sofre mais e mais!

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Então somos iguais. Nunca me preocupei com nada até os 29 anos. Comecei a usar maquiagem com essa idade, jamais pensei em passar uma sombra. Rímel me fazia chorar e batom eu achava um saco. Já perfumes eu sempre fui apaixonada. Cada vez que viajava voltava com pelo menos 4 novos. Cremes? Jamais !!! Até que peguei o Chronos de aniversário e tô adorando o cheiro dele. Deixo do lado da torneira da pia pra olhar e já passar. Vamos ver qto tempo dura. Vaidade? Não sei, mas acho que faz a gente se sentir bem :)

    Beijocas

    ResponderExcluir
  7. Dany, você foi a minha inspiração para o post. Quando vi você com o chronos lembrei de mim comprando o creme pela primeira vez! Beijos

    ResponderExcluir
  8. Patry, adorei este post!
    Eu sempre fui uma perua em relação a vaidade, vc sabe...rs Sou viciada em cremes! Tenho quilos deles p/ tudo e o melhor : eles não encalham pq eu realmente uso! P/ mim é uma terapia pelo menos uma vez por semana fazer um tratamento completo.
    Perfumes então, sempre amei. E o que mais combina comigo há alguns anos é o Lua, tb da nossa querida Natura.
    Acho que sou assim pq tive escola, minha mãe sempre foi vaidosa e ao que tudo indica, Manu vai pelo mesmo caminho.
    Acho que se cuidar é um investimento a longo prazo. Minha esperança é não estar com a cara da vovó Mafalda antes de realmente ser uma vovó. Ou pelo menos virar uma bela vovó.
    Ah sei lá...rs Gosto de me cuidar e admiro quem se cuida.
    Siga em frente com seus cuidados básicos que são tudo de bom!
    Bjocas!

    ResponderExcluir
  9. Você tocou em um assunto que adoro. Lendo teu post me considerei precoce, hehe. Me considero bastante vaidosa, sempre passo um creminho aqui ou ali.
    Confesso que de vez enquando me bate uma preguiça e ja dormi maquiada da noite anterior.
    Mas digo que estou antenada no mundo estético. Tento ficar por dentro das novas maquiagens, cremes, enfim cosméticos em geral.
    Sem exageração, obviamente.

    Fico feliz que tenha aderido ao perfume, hehe Nao saio de casa sem ao menos uma borrifada.

    Beijinhos e continua se cuidando.

    ResponderExcluir
  10. Será que daqui alguns anos eu serei vaidosa? hehe. Não sou, nem um pouco. Cabelo, sempre ao natural. Maquiagem, não gosto, fico horrível e tenho costume de lavar o rosto toda hora, então não dá. Unhas eu gosto, mas não tenho paciência (e sempre estrago no primeiro dia). Perfume me deixa enjoada, uso só de vez em quando, mas sempre esqueço :) Talvez o fato de frequentar lugares que não exigem muito embonecamento ajudem a me manter desacostumada, quando tenho alguma festa mais chique pra ir, vou sofrendo... Já tentei pegar o hábito, mas sempre deixo logo, sempre esqueço. Só tento lembrar do protetor, mas mesmo assim só no verão, quando percebo que vou me queimando... :)
    Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Ih, posso falar? Não agüento nenhum perfume da Natura, todos me dão uma puta dor de cabeça. Uma vez quase morri porque passei um pouquinho de Kriska, que eu tinha ganhado. Hoje, sempre que ganho perfume de lá, não penso duas vezes: pego o tel e ligo pra trocar por outra coisa. Mas uso todo dia a colônia "Laranjeira em flor", da Natura mesmo. Amo de paixão!

    ResponderExcluir
  12. Gi e Aline, admiro que é vaidosa por natureza! Acho legal, mas sem exageros, não é legal virar escrava da vaidade!

    Rê,você é como eu, desencanada!:)

    Ana, é, você traumou com os pefumes da Natura! Acontece. Mas confesso que eu também não suporto alguns perfumes de lá! Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Olá! Eu sou hiper vaidosa. Não saio de casa sem protetor solar, perfume e maquiagem. Tenho cremes para todas as partes do corpo, quando vou viajar é um dilema carregar tantos potes. Adoro! E eu me sinto nua sem eles! Beijocas.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Vamos, comente!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Na Secadora Não!

Ovono

Papel e caneta