Animada!


A sexta-feira foi um pouco mais tranquila no trabalho e tive uma ótima noite de sono. Estou animada e muito bem disposta para aproveitar o fim de semana, que terá sushi e o show do VideoGames LIVE. :)
Hoje comecei o dia fazendo o meu cadastro no Amigo secreto da VGCCE. Calma, eu explico o que são todas estas letrinhas juntas e aparentemente sem sentido. VGCCE = Velha Guarda das Casadas Com Estrangeiro. É uma comunidade do Orkut derivada da CCE, formada pelas meninas e um menino que participam da CCE desde o comecinho da comunidade. Uma vez postei sobre a CCE lá no outro blog, clique aqui para ler.
A comunidade é formada por pessoas que são casadas, namoradas ou têm algum rolo com estrangeiros. A maioria são brasileiras que moram no exterior, na terra de seus gringos. Há algumas meninas que ainda namoram à distância e mais algumas como eu, que vivem com seus gringos aqui no Brasil. É um lugar onde conheci muita gente legal e fiz amizades reais, que já ultrapassaram a fronteira da internet.
E lá conversamos sobre as alegrias e probleminhas de dividir a vida com um estrangeiro. Os encantos de um amor com sotaque e os probleminhas de comunicação enfrentados por conta do mesmo sotaque que tanto nos encanta! Olha, tem hora que dá um ruído na comunicação e que o único jeito é parar e pensar em uma maneira diferente de se expressar e corrigir o mal entendido. Comigo já aconteceu algumas vezes, mesmo eu falando a língua do Wally e ele a minha. Fico imaginando como deve ser mais complicado para as garotas que vivem com gringos além mar e com culturas e idiomas muito diferentes! É, um casamento com estrangeiro pode ser muito mais desafiador do que se possa imaginar e está longe de ser o conto de fadas que muitas "maria-passaporte" pensam que é!
Mas existindo amor sincero e cumplicidade todos os obstáculos são ultrapassados e o casal consegue ser feliz! :)

Comentários

  1. Uiaaaaaa que bacana isso !!! Quem sabe um dia eu não vire uma VGCCE.
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Xô, baixo astral mesmo, né? Delícia de post. Eu também quero meu gringo. Uénnn! Bjs

    ResponderExcluir
  3. Dany, você já pode fazer parte da CCE !!! Entra lá!

    Déia, você devia pensar seriamente em "importar" um marido... não vai se arrepender ...ehehe
    Na internet tá cheio de gringos casadoiros... ehehe

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. vc realmente sempre fala dessa comunidade e a cris foi de lá né? que bom que está animada. eu estou animada pra ficar em casa, mas não vai dar, meu pé detonou no evento ontem e sapato hoje está difícil. vou levar dois no porta-malas, inclusive uma havaiannas porque tá difícil. e hoje vou sair com um estrangeiro, iremos em dois levar um estrangeiro pra passear e nenhum dos dois fala o idioma do estrangeiro, quero só ver. espero que a gente não ande muito porque não tá dando não. e realmente em relacionamento tentar resolver questões difíceis não deve ser fácil. explicar sentimentos quando um não entende direito as palavras pode magoar, não deve ser fácil. amiga, estou de saída. ótimo sábado e ótimos programas pra vcs. beijos, pedrita

    ResponderExcluir
  5. Vou indicar a CCE para minha amiga Cássia, que vive com o marido na Suíça. Outro dia mesmo estávamos papeando no msn e ela me contou de uma briga que teve por conta dos problemas lingüisticos. Eles vivem na região do país que fala alemão e ela tem aulas, mas está aprendendo o alemão da Alemanha mesmo. O da Suíça tem umas diferenças. Com o marido ela se entende bem, pois ele domina os dois tipos de alemão. Mas a família dele não. Já rolaram autos arranca-rabos com a sogre (sempre elas!) e eles acabam brigando entre eles tembém. Complicado!

    ResponderExcluir
  6. Pedrita, conheci a Cris lá sim, e conheci a Lú, que foi minah guia turística em Munique, na CCE tb. Depois em conta como foi o passeio com o estrangeiro! Eu adoro conhecer gente de outros lugares!

    Fê, conviver com a família do marido/esposa é sempre complicado, ainda mais estando em um país estrangeiro e sem falar a língua! Acho que sua amiga vai gostar da CCE! E as diferenças culturais pesam muito também. Tem que ter muito jogo de cintura!

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. a mi me encantaria tener un novio extranjero..debe ser muy curioso.. todo diferente..y a veces la peleas por lo malos entendidos.. pero q al final acaba siendo una anecdota mas..supongo claro.. besos!

    ResponderExcluir
  8. votz!

    eu mal consigo DR com um brasileiro..vou ser maluca de conquistar gringo?

    inveja (branca) desse povo que consegue!rs

    ResponderExcluir
  9. ma, agora fiquei curiosa, como foi q vc casou com um estrangeiro?

    conta conta conta

    ResponderExcluir
  10. Old, você pode seguir a tradição familiar e casar com um brasileiro! Para continuar a mistura entre os paraguayos e brasileiros! Eu acho muito legal esta mistura de culturas em um casal, adoro minha família multicultural!

    Ril, eu conheci o Wally em uma sala de bate-papo do UOL em 2001. Ele já vivia aqui em SP. Conversamos por uma semana e fomos nos ver ao vivo. Ao vivo que pintou um clima de paquera e estamos juntos desde então! :) E viva a Internet!!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. la vd que nunca vi una familia..en donde haya tanta mezcla de nacionalidades..impresionante! haha..besos!

    ResponderExcluir
  12. faço minahs as palabras de Old! nossa familia é quase uma ONU risos. Mercosul já é com certeza!!

    ResponderExcluir
  13. Verdade meninas! Nossa família é uma bela mistura!!!

    ResponderExcluir
  14. Que legal essa comunidade :) Bem, eu já deixei de lado a chance de fazer parte dela, hehe... minha familia toda é bem brasileira! :)
    Beijos!

    ResponderExcluir
  15. Rê, você já tem seu amor brasileiro e acho que não trocaria ele por gringo nenhum né? :) Aliás você formam um lindo casal!
    Beijos

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Vamos, comente!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Na Secadora Não!

Meus Furacõezinhos!

Ovono