Grandes emoções


Comecinho de paixão é aquele turbilhão de emoções. Coração bate mais forte, uma felicidade imensa invade a gente, a gente sorri por qualquer bobagem e fica com uma vontade louca de estar junto a todo instante da pessoa que fisgou nosso coração. É uma fase linda, que deixa a pessoa quase que flutuando, mas é um momento perigoso também, pois estas emoções fortes afetam o raciocínio, assim, se o alvo da nossa paixão tiver alguma característica nada desejável, a gente simplesmente não nota. Só percebe o que há de bom, a pessoa parece ser alguém perfeito, tipo príncipe encantado. Por isso é importante neste estágio segurar a onda e não desligar a razão, afinal o nosso lado racional pode nos impedir de entrar em uma bela roubada. Não, a blogueira aqui não se transformou em um ser cético que não acredita no amor, continuo acreditando e ficando entusiasmada quando alguém me conta que está apaixonado, mas acho que um pouco de cautela é fundamental para que a gente sofra além do esperado. O sofrimento é inerente ao relacionamento amoroso, se você ama você vai sofrer em algum momento, não há como fugir disso. Talvez o sofrimento seja o preço de amar. Mas a cautela no começo pode evitar que a pessoa se envolva com alguém que não a merece, que está curtindo apenas o momento e que não quer nada além disso, um momento e não tem sentimentos tão fortes. Há que frear um pouco a vontade de se declarar logo no começo, antes é preciso tentar perceber se o sentimento é mútuo. Ver se a vontade de ser ver é igual para os dois. Claro que tudo é uma aposta, a gente nunca vai saber onde a história vai dar, mas sendo cauteloso pode-se evitar uma grande decepção desnecessária. Tem que equilibrar a serenidade com a paixão desenfreada, algo um tanto difícil, pois a paixão nos cega muitas vezes, mas dá sim para olhar tudo calma, basta respirar fundo e pensar em tudo. Um amigo está nesta fase, está encantado com alguém, coisa forte. Vez outra vem pedir conselhos, ao mesmo tempo que dou força, afinal fiquei muito contente com a novidade, digo também para ter calma. Que ele tem que viver o momento mas sem perder a razão. Claro que estou na torcida que tudo dê muito certo e que ele esteja diante do amor da sua vida, pois ele merece ser feliz e muito. Mas ainda é cedo para saber, tem tudo para dar certo, mas é algo muito recente, coisa de uma semana. E é uma história que estou adorando acompanhar. Que esta história tenha muitos capítulos felizes! :)


Comentários

  1. Oi, Patry. Eu acho que com o tempo tenho me tornado cada vez mais racional nesse sentido. Trato de seguir meu coraçao, mas um pouco de amor próprio e noçao do que é melhor pra nós tb é bom, ne?
    Beijocas.

    ResponderExcluir
  2. é bom amar, mas é bom saber que não é tudo mágico como nos filmes. tem gente q a menor instabilidade acha q não ama. ou vê o outro como gostaria q o outro fosse, e aí as coisas com o tempo desandam. é bom mesmo não perder o pé no chão. se deixar levar, se encantar, mas não achar q tudo é mágico. beijos, pedrita

    ResponderExcluir
  3. Oi Marion, obrigada pela visita.

    Quando estamos amando é a melhor fase da nossa vida, mas como vc escreveu: é uma fase perigosa também, dificil de ser definida e enxergada como deve ser. Mas acho que no final para pessoas com boa cabeca sempre se enxerga o que se precisa enxergar.

    Um abraco

    ResponderExcluir
  4. Mari, amor-próprio é fundamental para que as coisas dêem certo!

    Pedrita, concordo com você.

    Georgia, também acho , quem tem cabeça boa sempre consegue ter uma boa noção de realidade nestes momentos.


    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Antes que amemos alguém, temos que nos amar, e este amor próprio nos faz racionais em alguns momentos.
    Mas sabe tem horas que eu me jogo de cabeça, se sofrer ok, o que vale é a sensação de que por algum momento aquilo valeu a pena!
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. prima, mande ao Fe, acho que tem muito com o momento, já tentei muita coisa mas nao consegui, e a leitura faz refletir...

    ResponderExcluir
  7. Prima, depois eu mando o link para ele. Mas tem hora que nada ajuda mesmo. Uma pena. Beijos

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Vamos, comente!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Na Secadora Não!

Ovono

Papel e caneta