Miação


Levar os gatos para vacinar é sempre tenso. Eles não estão acostumados a sair do apartamento, só saem para ir à consulta com a veterinária, o que ocorre uma vez ao ano, salvo emergências, que felizmente são raras. Assim, quando têm que sair é uma complicação. Os problemas já começam em casa, na hora de colocá-los nas caixinhas de transporte. Raramente os dois entram espontaneamente nas caixas e quando o fazem, entram na caixa errada, como o Sam fez no último sábado, entrando na caixa menor. Frodo relutou muito em entrar na caixa, foi difícil, mas depois de algumas tentativas consegui colocá-lo. Dentro da caixinha começa a miação. Eles berram taaaaanto! Me dá um aperto no coração de vê-los tão nervosos, mas não há o que fazer. Eles não têm como saber onde estão indo. Quando chegam no consultório até se acalmam um pouco, pois reconhecem o lugar e sabem que logo voltarão para casa. Mesmo assim a consulta do último sábado foi difícil. A consulta atrasou, assim eles ficaram na caixinha por uns 40 minutos, foram ficando bem incomodados e isso refletiu na hora da consulta. Sam estava especialmente selvagem, irritado demais. Foi uma luta para Wally segurá-lo na hora da vacina. Sam é forte e quando está nervoso fica bem indomável. No final deu tudo certo, mas foi bem tenso. Eu fiquei bem agoniada com tudo, com medo dos gatos morderem/arranharem o Wally e a veterinária e medo que os gatos se machucassem também. Enfim, é um momento bem delicado, mas não há como fugir dele, pois estas consultas rotineiras e a vacinação são fundamentais para o bem-estar dos gatos. Ainda bem que toda esta aventura só vai se repetir ano que vem. E o melhor de tudo é que os dois estão bem e como sempre Sam levou bronca porque engordou de novo. Assim, vai entrar no regime de novo, pobre do Frodo que vai ter que comer ração light por tabela. Não tem jeito, não dá para separar a comida deles, pois gato come em prestações, de pouquinho em pouquinho ao logo do dia, assim tenho que deixar a ração à disposição deles, a mesma comida para os dois. Mas o Frodo pode ficar tranquilo, vou dar petiscos escondidos para ele, afinal Frodinho não precisa emagrecer, pois já é um gato esbelto e elegante!


Comentários

  1. a minha dificuldade é pegar a sarah pra por na caixa, se ela percebe, ela se enfia em lugares q eu não consigo pegar. já perdi consulta pq ela "sumiu". mas ela só mia até chegar ao veterinário. ela adora ele. ele pica ela, ela fica nervosa, um segundo ela já vira e pede carinho dele, é hilário e fofo. aí ela não mia mais até chegar em casa. nossa, acho q ficar dentro da caixinha estressa mesmo eles. a sarah emagreceu bastante desde q adotei. e qd troquei de ração. e ela corre muito. em breve será a vez da minha ir. beijos, pedrita

    ResponderExcluir
  2. Fico pensando... Se comem a mesma coisa, de pouquinho em pouquinho, porque o Sam é mais gordinho? Caso de ciencia esse, eh!

    ResponderExcluir
  3. Que lindo ele dentro da caixa!!
    Os meus não sossegam nem quando chegam ao vet. Só saem da caixa na marra, e depois da vacina entram de novo rapidinho hehehe...
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Pedrita, eu nunca perdi consulta por conta de sumiço deles. A gente sempre encontra! Mas é bem complicado mesmo o dia do vet!

    Mari,o pior de tudo, o Sam come bem menos que o Frodo! Deve ser tendência para engordar mesmo. Sam Nasceu para ser gordinho!

    Rê, seus são mais estressados então! Coitada de você!

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Hahaha... Cuidar de animais e tão bom, né!? Me divirto só de ler como você cuida deles.

    ResponderExcluir
  6. Rê, ainda bem que os momentos bons superam os momentos tensos... ufa!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Vamos, comente!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Na Secadora Não!

Meus Furacõezinhos!

Ovono