Almoçando



Esta semana está atípica. Vou  contabilizar dois almoços nos dias úteis. Na minha rotina habitual não há tempo para almoço, em 20 minutos não consigo comer, por isso virei adepta dos lanchinhos rápidos durante o expediente. O que tem dado bem certo, sacia minha fome e consigo comer sem afobação. Mas esta semana fui convocada para fazer hora extra na empresa, tendo assim direito à hora de almoço. Perto no meu trabalho praticamente não há opções para refeições. Aliás, não há nada de nada por ali. Somente uma  loja  de conveniência de posto de gasolina e um restaurante mais ou menos. Assim sou obrigada a comer no restaurante mais ou menos, para tentar almoçar da maneira mais próxima do ideal. A comida até que não é ruim, mas está longe de ser algo delicioso. Mas o que mais me incomoda é o tal do PF. É bem prática e barata esta idéia de pedir um prato pronto, mas não é nada fácil  comer um PF. Pelo menos para mim não é. O prato vem literalmento lotado, não há um espacinho de louça à vista. O prato do meu almoço de ontem era do mesmo estilo do da foto, bem farto. É tanta comida empilhada que nunca sei por onde começar e sempre acabo fazendo um pouco de bagunça, impossível não espalhar o arroz pela mesa. Um horror. Bem que podiam servir estes PFs em pratos maiores, mas isso é inviável, afinal tudo é feito para ser barato. Claro que no restaurante tem outras opções de pratos, onde vem tudo separadinho e bem servido. Mas nem escolho esta opção, pois vem muita comida e seria um baita desperdício de alimentos. Eu não comeria nem a metade. Assim, prefiro encarar um PF básico e tento comer de maneira fina e elegante na medida do possível. O almoço de ontem até que foi bom. Vamos ver o que me espera hoje!



Nota da blogueira: Não tenho direito a hora de almoço pois trabalho em turnos de 6 horas. Tenho direito a 40 minutos de pausa durante o horário de trabalho. Minutos estes dividos em 2 pausas de 10 e uma de 20.

Comentários

  1. afe, q pratão hehe. ah, vc tb surta com um pratão, eu acho q levaria metade pra comer depois hehe. eu acho q esses pratões são vantagem pra quem come muito. sai barato pra todo mundo. mas eu q gosto de variações de verduras, acho q sofreria comer parecido todos os dias. há variações, mas eu não curto muito algumas delas. é muito comum linguiça e outras carnes q raramente como, eu sofro um pouco com pf tb. pra mulher eu acho o quilo bem melhor, nós variamos mais e comemos menos. pro restaurante não sei pq sempre pagamos menos. beijos, pedrita

    ResponderExcluir
  2. Ô meu Deus! Que fome me deu esse post!!! Assim não vale, vou virar uma baleia e a culpa será sua, viu Marion?

    Beijoca!

    ResponderExcluir
  3. Pedrita, eu também prefiro um por quilo. Saudades da época que eu trabalhava no Itaim. Lá tem tanta opção bacana!

    Tânia, opa! Que perigo! Da próxima vez escolho uma foto menos apetitosa! ehehe

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Deu água na boca esse post de hoje, principalmente pra quem ainda não jantou hehehe...

    Bjosss

    ResponderExcluir
  5. Espero que tenha um ótimo jantar!!! Não quero provocar "sofrimento" aos meus leitores! hehe

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Posso dar uma dica para vc utilizar no PF? Peça paea o garçom te trazer um prato vazio à parte. Vc vai se servindo da comida do prato cheio e colocando no vazio e pode comer tranquilamente. beijinhos.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Vamos, comente!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Na Secadora Não!

Meus Furacõezinhos!

Ovono