Apimentada






Sempre me disseram que o melhor para se manter acordado em dias de muito sono  era tomar café ou coca-cola. Ou tudo junto se for um momento de desespero. Mas a vida me provou que o que funciona mesmo é pimenta. Desde que seja uma pimenta das bravas. Daquelas que levantam até defunto. 

Descobri  na última sexta que pimenta funciona para manter a gente acordado. Eu estava literalmente dormindo em pé. Estava difícil manter os olhos abertos, mas mesmo assim fui ao Rhino Pub, afinal era a festinha de aniversário da Sugarbaby, não podia deixar de ir na festa da minha irmãzinha. Tudo começou na noite anterior, que eu mal dormi por conta de uma tosse persistente durante toda a noite. É sempre assim quando a gripe está  indo embora,ela se despede de mim com um intenso acesso de tosse. Resultado: não dormi praticamente nada e acordei péssima na sexta.  Eu estava literalmente funcionando no piloto automático. Fui trabalhar assim e passei o dia em estado semi-acordada. Fiquei contando os minutos para estar em casa e poder dormir um pouquinho. Como tudo que está ruim pode piorar, eu demorei mais tempo do que o normal para chegar em casa.  O ônibus que eu estava bateu, coisa bem leve, mas teve que interromper a viagem, claro. Assim tive que andar um montão até encontrar um outro ponto de ônibus. Parecia que a vida estava tirando sarro da minha cara. Enfim, cheguei em casa uns 40 minutos depois do normal e dormi por umas 2 horinhas. O suficiente para me manter acordada para ir à festa, mas insuficiente para melhorar a minha cara de zumbi de festa de Halloween.  Mas como o pub é bem escuro, ninguém notou minha cara amassada. Mas todo mundo notou que eu estava em câmera lenta. E fiquei assim até a hora de comer a tal pimenta.  Pedimos uma porção de franguinho apimentado e outra porção de batatas. Sim, no cardápio informava que o molho tinha pimenta, mas não pensei que era uma pimenta  extra-mega- super-ultra-forte. Hoje em dia meu paladar já está acostumado com sabores apimentados, mas nada de radical. Quando eu mordi o frango quase peguei fogo! Foi algo impressionante. Se, naquele momento, eu estivesse em um desenho animado, estaria saindo fogo pela minha boca e minhas orelhas. Muito muito muito muito ardido!  Naquele momento toda a sonolência sumiu, fiquei acordadaça. Nem parecia que minutos antes eu estava quase dormindo ali. O efeito despertador da pimenta durou por uma hora, eu acho. Eu comi apenas dois pedaços do frango, não tive coragem de comer mais. Era algo forte de mais para mim.  Com certeza eu não sirvo para comer pimentas tão fortes. Mas se um dia precisar ficar acordada na marra, vou recorrer a uma comida bem apimentada sem pestanejar. 




Nota da blogueira: A pimenta era tão forte que até o Marcelo reclamou, justo ele que é fã de pimentas. Nem meu primo conseguiu comer muito. É, não é exagero da blogueira não. 




Comentários

  1. hahahaha que post más simpático!!! a mi también me encanta la pimienta!

    ResponderExcluir
  2. Old, será que que você ia gostar desta pimenta? Foi radical demais! rs


    Beijos

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Vamos, comente!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Na Secadora Não!

Meus Furacõezinhos!

Ovono