Nostalgia televisiva

Semana passada foi a estréia da nova novela das 8 (na verdade passa às 9 da noite!) da TV Globo, "Viver A Vida" de autoria de Manoel Carlos. Passados os cinco capítulos inciais a sensação que ficou é que ele conseguiu construir o casal de protagonistas mais sem sal da televisão brasileira. Pior que Maya e Bahuan. No caso dos indianos da última novela, ao menos Maya demonstrava algum sentimento, dava para acreditar no amor que ela sentia pelo Bahuan, mesmo o Bahuan sendo uma porta. Um cara que não conseguia expressar nem amor e nem raiva. Mas com Helena e Marcos não tem salvação mesmo, nem um dos dois consegue transmitir sentimentos, as cenas de amor do casal são ensaiadinhas demais, sem emoção alguma. Péssimos. E a culpa é do autor e do diretor, pois os dois atores, Taís Araújo e José Mayer, estavam ótimos em seus papéis em "A Favorita". E uma coisa é certa, José Mayer como o pegador já cansou. Mas o que mais me perturba é saber que o Manoel Carlos é o mesmo autor que construiu a história de amor da Isabel e do Renato em "Páginas da Vida". Um casal que a gente via a paixão no olhar e que tiveram uma história envolvente na novela. Será que o Manoel Carlos esqueceu como se constrói um bom casal apaixonado?




Este vídeo é da cena em que Isabel e Renato se reencontram depois de 5 anos. Cena intensa e que me emocionou muito na época. Eu assistia a novela somente para acompanhar a história deles. Torci por eles e fiquei feliz com o final. Sim, eles ficaram juntos e felizes!




Aqui um clipe com a música tema do casal e com cenas dos dois. Que saudades deste casal! O casal sem sal da nova novela me fez lembrar da Isabel e do Renato e fiquei cheia de saudades. Ainda bem que existe o You Tube que facilita a minha vida nestes momentos de nostalgia televisiva. Sinceramente dúvido que nesta novela nova haja algum casal que me envolva como Isabel e Renato. Assim, melhor mesmo ficar revendo as cenas que tanto me encantaram e desistir da novela nova.


Nota da blogueira: Este post é praticamente uma reedição de dois post publicados em 2006 no blog antigo, quando a novela "Páginas da Vida" estava no ar. Quem tiver curiosidade de ler estes posts clique AQUI e AQUI.


Comentários

  1. Jura? Nossa, eu achava essa história super chata... Aliás, a novela inteira! Os dois se apaixonaram, mas ficaram empatados até a última semana, sem que a história evoluísse... Ela sonhando e ele provocando, sem largar da esposa.
    Detesto o Maneco, rs...
    Ah! E pra piorar, colocaram essa música ridícula da Tânia Mara, foi pra acabar! hahaha...

    ResponderExcluir
  2. De fato, novela boa é artigo que não existe mais. Foi-se o tempo.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Renato, eu adorava, via a novela só por causa deles. A única parte que não gostei foi quando ele ficou paralítico. Foi forçado demais! Ah, eu gosto da música... tenho no MP3player até hoje!

    New, existe sim, é raro mas existe. Hoje em dia a melhor novela no ar é Paraíso. Novela impecável.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Nossa, há um sem fim de casais memoráveis nas novelas brasileiras. Um dos meus preferidos foi a Catarina e o Petruchio, de O Cravo e a Rosa. Eles brigavam, mas ainda assim, dava pra ver que se gostavam. E eu me divertia muito com esses dois loucos.
    Agora, outro casal que nao me convenceu foi a Malu Mader e o Marcos Palmeira em Celebridade. E olha que eu adoro a Malu! Falando nisso, eu adorava o casal Malu Mader e José Mayer em Fera Radical. Aliás, adorei toda a novela!

    Beijocas e Feliz Dia da Primavera!

    ResponderExcluir
  5. eu adorava a isabel e o renato. acho que na verdade o que falta pra taís araújo e pro josé mayer é química. eles não parecem se sentir confortáveis um com o outro e casal assim não funciona. lembro que o antonio fagundes tinha muita química com a flávia alessandra e mesmo a diferença de idade funcionou. eu tb não me identifiquei com o ator que faz o marido da letícia spiller, quem sabe ele melhora, pq ele na verdd não parece gostar de mulheres. parece mais o cabeleireiro dela q o marido. eu gostei da taís com o ator q interpreta o grande namorado da helena. com ele rolou química boa. beijos, pedrita

    ResponderExcluir
  6. Patry, nem me fala, assisti durante a semana, no sábado nem fiz questão, posso estar bem errada, mas se o autor não mudar nada, acho que esta novela não vai emplacar!
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Mari, eu adorava a Catarina e o Petruchio também!!! E amei Fera Radical! Feliz dia da primevera, apesar que aqui o dia está feio!

    Pedrita, talvez falte química mesmo entre o casal, mas a novela toda está num tom muito artificial. Está difícil de ver.

    Sheila, concordo com você. A novela precisa de uma chacoalhada e melhorar!

    Beijos

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Vamos, comente!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Na Secadora Não!

Ovono

Papel e caneta