Sexo Só No Carnaval?




Carnaval está chegando, e com ele a campanha de conscientização do uso da camisinha. Isso é uma coisa que me incomoda muito, pois dá a impressão que o governo acha que as pessoas só transam durante o carnaval.  Durante o resto do ano  raramente se vê alguma campanha incentivando o uso da camisinha.  O que adianta esta ênfase toda durante o carnaval, se durante os outros meses ninguém se preocupa em fazer uma campanha consistente?  

Eu acho esta postura do governo muito irresponsável.  Tem que deixar de lado está mentalidade que é só durante o carnaval que as pessoas fazem sexo casual.  Hoje em dia é cada vez mais frequente sexo entre pessoas que não têm um relacionamento sério. O verbo 'ficar' tem uma conotação muito mais ampla nos dias de hoje, não é mais apenas trocar uns beijos com alguém, geralmente inclui muito mais.  

Outro equívoco é achar que somente os solteiros têm que se proteger, quem está em um relacionamento sério tem que usar camisinha também e só descartar o uso se tiver certeza que o parceiro não tem o vírus da Aids.  Tanta gente tem o vírus  e nem suspeita. 

É preocupante ver o comportamento irresponsável das pessoas fazendo sexo sem proteção, sem pensar nas consequências, sem pensar nas diversas doenças que podem pegar e sem pensar que aqueles momentos de prazer podem gerar uma vida.   Só o falso moralismo pode explicar que, no mundo de hoje, as pessoas ainda  não se protejam na hora de fazer sexo. Os pais fingem que não sabem que os filhos transam e se omitem, deixando de orientá-los a como ter uma vida sexual segura.  E o governo vai pelo mesmo caminho, só lembrando da camisinha na época do carnaval. Com isso as DSTs continuam de disseminando e muitas crianças acabam largadas por aí, pois foram fruto  de sexo feito de maneira irresponsável. Uma triste realidade. 

Será que algum dia este panorama mudará? 



Comentários

  1. Eu ainda acho mais: a campanha maciça sobre a camisinha no carnaval ajuda a consolidar a idéia de que carnaval é sinônimo de putaria. Entendo a preocupação do governo porque na verdade é mesmo, infelizmente, mas como você disse, fica parecendo que esses dias do ano são dedicados ao sexo casual e desenfreado e no resto do tempo não existe isso. Ou talvez seja meu lado "odeio carnaval" falando =)
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Re, eu concordo com você. Eu sou fã do carnaval, da festa, das músicas antigas, dos desfiles das escolas de samba e me entristece saber que hoje em dia carnaval é apenas sinônimo de putaria. Eu deixei de ir em bailes de carnaval por isso, as pessoas vão pular carnaval para arranjar alguém pra transar e não para dançar. Péssimo. Sou praticamente uma carnavalesca aposentada, pois gosto do lado inocente da festa, gosto dos carnavais de antigamente.

      Beijos

      Excluir
  2. o brasil faz pouca campanha de prevenção. e gasta muito cuidando de doentes. não só na questão da camisinha. eu detestei a campanha grosseira desse ano. e quase ignoram a terceira idade nas campanhas e é onde está mais se disseminando o hiv por vários fatores. e por ser tabu de falar de sexo nessa idade. ignoram os riscos e as campanhas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pedrita, verdade, para o governo os idosos não fazem sexo. Aliás, acho que é um pensamento generalizado da sociedade. E isso só aumenta o risco destas pessoas se contaminarem por falta de informação.

      Beijos

      Excluir
  3. Não concordo com tanta campanha de sensibilização, hoje em dia toda a gente sabe o que são doenças sexualmente transmissíveis , muito mais que a aids,e estamos no século 21 toda a gente sabe como se fazem bebés, as campanhas de sensibilização têm que ser feitas nas escolas e não na rua para todo o mundo, que os preservativos sejam dados concordo, mas não têm que andar a pô-los na cara das pessoas!Cada um é responsável de si próprio e sabe se quer arriscar-se a apanhar uma doença ou não, só temos que nos preocupar em alertar a geração que ficará sexualmente activa nos próximos anos, para que a taxa de doenças sexualmente transmissíveis baixe!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Bly!

      Infelizmente aqui no Brasil não vemos que o assunto seja tratado com a seriedade necessária. Por conta disso as pessoas não são tão bem informadas como deveriam e ainda se deixam levar por preconceitos e com isso se colocam em situações de risco. Se não tivesse tanto tabu envolvido, acho que se falaria mais abertamente sobre o assunto e com isso as pessoas ficariam realmente bem informadas e o contágio com DSts diminuíria.

      Excluir

Postar um comentário

Vamos, comente!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Na Secadora Não!

Meus Furacõezinhos!

Ovono