Dias de Voluntária no Sambódromo! #RIO2016

Adorei o Vinicius arqueiro! 



Hoje era para eu estar de folga, mas, antes dos Jogos começarem, recebi uma informação que estavam precisando de mais gente neste dia e me coloquei à disposição da gerência de Relações Internacionais e Protocolo lá da venue do Sambódromo. Então fui convocada para trabalhar hoje cedo, turno que começa às 7 da manhã.  Com a obrigação cumprida, agora só quero sossego, preciso descansar as pernas! A rotina de voluntária olímpica é cansativa! Precisamos ser um pouco forte como os atletas para aguentar o tranco!




Estou muito perto do Sambódromo, são apenas 2 pontos de ônibus, em menos de 10 minutos estou lá. Os meus turnos normais  começam ao meio-dia e vão até às 20 horas oficialmente. Mas nos dois dias que fiz este horário fui liberada  cerca de meia hora mais cedo. 

No Sambódromo estão acontecendo as competições de Tiro com Arco, o samba deu lugar aos alvos, flechas e arcos maravilhosos! Estou encantada com os arcos dos atletas, parecem saídos de um video-game. Depois de três dias diretos por lá, eu já sei as regras e fiquei fã do esporte. É muito legal acompanhar tudo de perto! 

Claro que não dá para acompanhar tudo, pois quase sempre a gente está longe do field of play, local de competição em 'olímpiquês'. Eu atuo com a equipe que cuida com setor reservado à Família Olímpica, autoridades olímpicas, chefes de estado e convidados. É basicamente controle de acesso ao lounge e aos assentos reservados, além de informações em geral e toda e qualquer ação para que tudo corra bem e que os membros da Família Olímpica possam assistir à competição sem problemas. 

Alguns momentos são tensos  e outros entediantes. Pois tem horas que a venue está vazia, como no intervalo das competições e há momentos que lota tudo e que muitas pessoas querem  entrar onde não podem. As tarefas são dividas em turnos, então todos fazem um pouco de tudo. Claro que o mais legal é ficar no controle de assentos, onde temos uma visão privilegiada da competição. 




Nossa turma é sempre animada e bem disposta. Clima de trabalho na nossa venue sempre é bem legal. O cansaço sempre aparece, mas o sorriso nunca some!  Nesta foto estávamos saindo do nosso turno de ontem, estávamos na passarela do samba, na parte que não está sendo usada para o Tiro com Arco. É o nosso caminho para o metrô. 


Lá no Sambódromo há como experimentarmos como é ser um arqueiro. Ontem eu fui lá brincar de arqueira. Minha falta de jeito é total, mas a sorte estava ao meu lado e marquei 9 pontos no meu primeiro tiro!  Realmente teria que treinar muito para ficar com porte de arqueira e praticar direito este esporte tão legal. 

Estou curtindo muito estes dias de contato intenso com o Tiro com Arco. Virei fã!


Comentários

  1. eu vi uma entrevista de uma arqueira brasileira. ela estava bem nervosa, mas disse q qd soube q era no sambódromo ficou mais tranquila, já que ela desfila na escola todo ano. tb vi entrevista de outra, uma cadeirante, q era atleta e sofreu muito. só depois q descobriu q pode ser arqueira, e hj compete nas olimpíadas. bem bacana e a turma parece bem alegre mesmo. bom trabalho. beijos, pedrita

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Vamos, comente!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Na Secadora Não!

Ovono

Meus Furacõezinhos!