Futebol Olímpico! #RIO2016




Desde segunda, o meu local de trabalho olímpico é o Estádio do Maracanã. Estou alocada para os jogos de futebol e cerimônia de encerramento dos jogos.  É bem perto para ir, só pegar o metrô, caminhar um pouco  e em uns 30 minutos estou lá. 

O trabalho no Maracanã é basicamente o mesmo que eu fazia no Sambódromo, mas em uma escala muito, mas muito maior! Lá é gigantesco! Demorei um tempo para me localizar lá dentro, me perdia para achar o meu local de trabalho. Mas agora estou craque, não me perco mais! 

Foto tirada ontem, no início da jornada!


Esta semana o calor veio com força, nem parece que estamos no inverno. Claro que eu sei que aqui no Rio raramente faz frio, mas há dias faz mais de 30 graus e o sol anda matador. Difícil aguentar os momentos que o trabalho olímpico exige que fiquemos ao ar livre. O meu boné virou item inseparável, como o filtro solar. 


Brasil e Honduras

Trabalho de voluntário é aquela loteria, tem dias fantásticos e outros caóticos. O dia da semi-final de futebol feminino foi do tipo caótico. Muito calor, muito tempo  no lado externo na venue e nada de futebol. Não vi nadinha. Vi os pênaltis na tevezinha de um dos carros que estavam esperando os convidados saírem da partidas. Estávamos nós voluntários e os motoristas, acompanhando a partida do jeito que dava.  Foi bem inusitado! O que mais me incomodou mesmo foi o perrengue com o calor e não o fato de não  assistir ao jogo. 

Mas hoje foi o oposto. Dia de trabalho perfeito!  Fiquei dentro da venue e no comecinho estava no lugar perfeito para assistir ao jogo. Acho que vi metade do primeiro tempo. Me livrei do sol e vi um pouco da partida.  Fiz um videozinho no Instagram, clica AQUI.





Depois mudei de posição e vi a partida assim, do telão!  É, num mesmo dia de trabalho voluntário tudo muda muito! 




Terminei a minha jornada tirando foto com o meu querido Vinícius.  Mas o melhor da foto é quem a tirou: Wally!




Hoje foi a primeira vez que nos encontramos durante nossas jornadas de trabalho de voluntários olímpicos. Ele atua no Maracanãzinho, que fica no mesmo terreno do Maracanã, e com isso usamos a mesma entrada e refeitório. Como o jogo de hoje terminou no tempo normal, sem prorrogação, saí mais cedo, bem no horário que ele sempre chega por lá. Então aproveitamos a rara oportunidade e nos encontramos no caminho do meio entre nossas venues! Foi um jeito muito legal de terminar a jornada!





Comentários

  1. o calor no rj é forte demais realmente, imagine no verão. e no maracanã não teve ter o vento do praia que piora bem. eu tenho gostado da divisão do seu trabalho. tem horas que está em lugares incríveis, outros nem tanto. acho esse rodízio justo. tem horas que é um sonho e outros difícil. assim todos fazem rodízio. acho justo. deve ser difícil mesmo coordenar os turnos para se encontrarem. que bom que conseguiram. ótimas fotos. beijos, pedrita

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Vamos, comente!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Na Secadora Não!

Ovono

Papel e caneta