Sessões de cinema


Ingresso de cinema aqui em São Paulo anda caro, em média 16 reais, e pode chegar a mais de 20 em algumas salas. Wally e eu pagamos o valor integral, pois não somos mais estudantes e não achamos certo fazer uma carteirinha de estudante falsificada, como a grande maioria faz. Mas este mês tivemos a chance de ir ao cinema e pagar meia-entrada, graças à promoção dos dias dos Namorados do CInemark. Compramos o Gift Card que dá direito à 6 ingressos com o valor de R$ 8,50, uma pechincha! O cartão custa R$ 55,00 e tem validade até o final de agosto. Sim, a conta não bate, pois tem uma taxinha de 4 reais. Já usamos todo o nosso cartão, fomos 3 vezes no cinema.

O primeiro filme que fomos ver foi Crônicas de Nárnia - O Prince Caspian (UK/USA - 2008), eu assisti o primeiro filme e na época fiquei encantada pela beleza das terras de Nárnia. Era um mundo de sonhos. Novamente os irmãos Pensivie são levados para Nárnia, mas desta vez se deparam apenas com as ruínas do mundo maravilhoso que conheceram. Eles tem a missão de ajudar o Prince Caspian a retomar o seu trono e assim restabelecer a paz entre o reino do príncipe e Nárnia. O filme é sombrio, é como se fosse um filme sobre a perda da inocência. Gostei, apesar do tom melancólico da história. Como sempre Aslan está deslumbrante, mas o príncipe Caspian também rouba a cena por sua beleza.


O segundo filme que vimos foi The Happening (USA - 2008) do diretor M. Night Shyamalan. Eu me interessei pelo filme por causa do trailer que me deixou um tanto tensa. Pena que o filme não seja tudo o que o trailer anuncia, a trama perde a força por conta do draminha conjugal do casal protagonista. Mas o começo do filme chega a assustar e é muito bom. Sem explicações moradores da cidade de New York começam a entrar em surto e se matam. O surto começa a se espalhar por outras cidades e ninguém tem explicações. O pânico toma conta da população que começa a fugir da ameaça invisível. Acompanhamos a fuga de Eliot (Mark Wahlberg, ótimo no filme), sua esposa e de um amigo dele e a filha deste. Eliot é professor de ciências e tenta entender o que acontece, tenta encontrar uma maneira eficiente para escapar da morte. Ele tem momentos realmente tensos no filme.

Momento Spoiler, se não quiser saber detalhes do filme pare de ler agora.


Não gostei de algumas cenas de suícidio das vítimas que foram feitas com a intenção de chocar a audiência, exageraram no sangue em algumas delas. Não precisava, a velhinha ( que dá abrigo à Eliot e sua turma) do filme conseguiu assustar muito mais e sem precisar de sangue. Aliás, a morte da velhinha é a melhor, no sentido de ser a mais assustadora. Mas o que realmente me irritou no filme foi a crise do casal que acaba tendo um destaque que não condiz com a história que o filme pretende contar. A esposa em questão faz um drama absurdo, se acha a esposa infiel apenas porque foi comer um doce com um colega de trabalho (não aconteceu nada entre eles) e precisou de uma catástofre para perceber que isso era uma tremenda bobagem. Pena, era para ter sido um filmão. Ficou só na promessa.


O terceiro filme merece um post só para ele. Aguardem o post de amanhã. :)


Comentários

  1. o gift card é bacana. eu não gostei do primeiro nárnia. não me animei de ver o segundo. eu acho que já no primeiro eles tinham perdido totalmetne a inocência qd pegaram em armas. e eu não gosto do diretor do segundo. não penso em ver. beijos, pedrita

    ResponderExcluir
  2. Eu ia assistir o Fim dos Tempos mas devido a varias críticas, achei melhor esperar sair em DVD. Tô louca pra assistir Jogo de amor em Las Vegas! Me pareceu bem engraçado no trailler. Amo cinema! Beijos e boa semana

    ResponderExcluir
  3. Nao ouvi falar bem do Fim dos Tempos. Além disso, estou no meu momento "filmes de comportamento". haha.
    Beijinhos,

    Mari

    ResponderExcluir
  4. Pedrita, no caso de Nárinia a persongem Lucy exemplifica bem este sentimento de perda da inocência, de perceber que o mundo é cruel e injusto.

    Lilica, espere para ver em DVD mesmo, não vale a pena o ingresso. O amor em Las vegas eu não vi ainda.

    Mari, eu também adoro filmes de "comportamento" .

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. a lola, do escreva lola escreva, criticou esse segundo filme pelo mesmo motivo que vc, da briga idiota do casal!
    :*

    ResponderExcluir
  6. Cinema tá caríssimo mesmo, vergonhoso. Ainda ouvi falar q o governo quer que tds os filmes sejam dublados pra facilitar a inclusão social... mas com esse preço, quem vai ser incluído além de quem já tem dinheiro sobrando?
    Ouvi falar mal de Fim dos Tempos, não me animei pra ver... e qual foi o terceiro filme?
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Lu, a briga do casal acabou com o clima do filme.

    Rê, se todos os filmes forem dublados nunca mais irei ao cinema. ODEIO filme dublado. Afe!

    Ah, daqui a pouco vc descobre qual o terceiro filme... o post já tá no "forno"...

    Beijos

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Vamos, comente!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Na Secadora Não!

Ovono

Papel e caneta