Uma noite de Tango

Eu sempre quis ir a um show de tango, destes bem para turistas mesmo, com casais dançando. Aqui em São Paulo eu fui em um show de tango do grupo Fernandez Fierro, mas era somente música. Aliás, foi um lindo espetáculo e me fez encantar de vez pelo tango. No post que escrevi na época tem até uma música deles.
Em Buenos Aires descobrimos que havia um show de tango onde os espectadores podiam aprender a dança antes do espetáculo. Lógico que eu me entusiasmei com a idéia, afinal nunca havia dançado tango antes e sempre quis dançar com Wally. Por isso escolhemos o show do Sabor a Tango, que fomos na noite de 4 de junio. Foi uma noite inesquecível.

A aula foi ministrada por um casal que faz parte do elenco do show : Hugo e Andrea. Ele é muito simpático, gostei muito dele. Ela mal falou mas se mostrou bem simpática com todos. Nossa aula foi bilíngue, Inglês e Espanhol, pois havia uma turma de estudantes americanos. Como sempre havia muito mais mulheres que homens, e com isso tive que "emprestar" o marido para dançar com as outras moças. Foi uma aula como qualquer aula de dança de salão, primeiramente aprendemos os passos em separado e depois os casais se juntavam para praticar. Eu já desconfiava que o tango era uma dança difícil de aprender, mas não pensei que até os passos básicos eram complicados. A maior dificuldade é que a dança não tem compassos fixos, cada passo vai em um compasso diferente. Aprendemos 3 passos, sendo um com 5 compassos, outro com 7 compassos e por fim, o mais complicadinho, com 9 compassos.








No vídeo acima estamos aprendendo, tentando aprender melhor dizendo, o passo mais complexo, tentando fazer "el ocho". Eu pensei que não conseguiria fazer este passo. Mas no final até que saiu direitinho.






No final até recebemos um diplominha. Sabemos agora dançar tango! Claro que é o básico, pois para dançar como as bailarinas só depois de anos e anos de ensaios e muita dedicação.



O show de tango foi um programa completo. Depois da aula o jantar foi oferecido. O menu contava com entrada, prato principal e sobremesa. Cada item com três opções de escolha. Além de bebidas à vontade, incluindo vinho. Estava tudo muito gostoso e o atendimento da casa foi muito bom. O salão onde jantamos é também o local onde fica o palco. É um lugar lindo. É um prédio bem antigo onde antigamente era a sede da Sociedade Italiana, uma espécie de clube para a colônia italiana da cidade. O prédio está muito bem conservado, eu fiquei encantada com o lugar.


O show começou logo após o jantar. Contou com um grupo formado por 6 músicos, alguns casais de bailarinos, cantores e um grupo folclórico. Foi um lindo espetáculo. Me encantei com as danças e principalmente com uma das cantoras. A menina, digo menina porque ela me pareceu muito jovem, canta e dança divinamente. Gostei muito quando ela cantou " No Llores Por mi Argentina" na sacada da foto acima. Ela se emocionou e eu também. Sim, eu sou fã da Evita Perón. Desde sempre.
Creio que foram quase duas horas de show, com músicas fortes e muito bem executadas. E preciso dizer que no show tem dois moços lindos: o pianista e o menino do show folclórico.

Nesta noite tiramos fotos com os bailarinos e até em cima do palco, mas também queriam nos cobrar 15 doláres por duas fotos. Não compramos e infelizmente não deu para "roubá-las".

Foi uma linda noite, eu fiquei emocionada com o show e voltei encantada para o hotel.

Comentários

  1. putz, adoro tango. deve ter sido bem legal mesmo o curso e a apresentação.

    ResponderExcluir
  2. ah, eu não curto muito não. mas vcs estão chiques demais, até diploma. beijos, pedrita

    ResponderExcluir
  3. Lu, e você dança tango? Gostei muito de dançar. Deu realmente vontade de aprender a dançar tango pra valer.

    Pedrita, adorei a história do diploma. Agora sou uma dançarina de tango diplomada! Muito chique!

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Eu já fiz uma aula, mas foi boa pra eu descobrir que sou uma negação. Não tenho concentração para coisas com compasso, tenho que dançar livre.
    Entretanto, gosto muito do tango. Acho lindo. Muitas pessoas pensam que quem mora aqui vive em contato constante com a dança, mas não é bem assim. O nosso dia-a-dia aqui é como o de qualquer outra cidade, a não ser que vc frequente casas de tango. É possível viver aqui sem escutar tango por semanas.
    O primeiro show que eu fui foi na minha primeira visita à cidade, em 2002. É um show caro e não dá pra ficar indo toda hora. Mas vale a pena. Beijocas!

    Mari

    ResponderExcluir
  5. Eu assisti o vídeo com o Sam miando...rs

    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Mari, realmente é um programa caro. Mas valeu a pena mesmo. É engraçada esta visão das pessoas que são de fora do país, é como os estrangeiros nos vêem tb, acham que aqui é só samba, amazônia e praia. Quando vêem uma cidade como SP levam até susto!

    Dani, o Sam sempre dá opinião sobre tudo ! E ele tá perguntando quando vc vem fazer cafuné nele. Ele anda com saudades já!

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Tango não é dos meus favoritos, mas imagino como deve ser difícil. Eu jamais seria capaz de tentar aprender, hehehe. Nem dançando quadrilha eu me saio bem :-)
    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. eu gosto muito de ouvir, mas dançando sou péeeessima...

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Vamos, comente!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Na Secadora Não!

Meus Furacõezinhos!

Ovono