Acesso complicado



De tempos em tempos aparece alguma história nos jornais de alguém que deu piti porque ficou preso na porta-giratória dos bancos. E eu compreendo bem estas pessoas que perdem a paciência e surtam na porta de um banco, pois eu tenho a conviccção que o sensor de metais destas portas não são automáticos como dizem e que na verdade são acionados pelos guardas responsáveis pela segurança do local. Já passei por situações que me fazem acreditar nisso. Uma vez fui entrar no banco com minha mãe e eu não tinha nada, nem bolsa e nem chaves ou moedas nos bolsos. Mesmo assim a porta travou quando tentei passar. Em outra ocasião a porta travou e eu esvaziei a bolsa na caixinha da porta. E nada da porta destravar e me deixar passar. Neste dia eu surtei, eu precisava entrar na porcaria do banco para sacar dinheiro e não tinha nenhum caixa eletrônico por perto, só dentro da agência. Abri até a minha necessaire para o guarda, tirei o cartão do banco da bolsa e ainda gritei para o gerente. Aí claro, que passei, afinal, de escândalos eles não gostam. Um fato que reforça esta minha idéia que o sensor é controlado pelos guardas é que a minha mãe nunca é barrada, entra na agência com a bolsa com chaves, moedas e seja lá o que for de metal que a porta não trava. Um tempo atrás eu ia entrar num banco com ela e não estava a fim de ficar enroscada na porta, simplesmente coloquei tudo que eu tinha de metal na bolsa dela e pronto! Eu passei tranquilamente pela porta e ela também! Está claro que o guarda leva em consideração a aparência das pessoas na hora de travar ou não a porta. Eles devem olhar para minha mãe e pensar que, por conta da idade, ela não vai oferecer perigo e a deixam passar. E isso vale também para um ladrão bem arrumado e com pinta de gente direita, o guarda se deixa levar pela aparência e aí vai-se embora o tal apreço pela segurança que os bancos tanto falam que têm para insistirem no uso destas portas-giratórias. Ou seja, esta tal porta acaba servindo somente para tirar a paciência das pessoas que não têm como evitar e precisam entrar em uma agência bancária, pois se o sensor é acionado manualmente, como parece, a porta mostra-se um método de segurança falho. Eu evito entrar em bancos, só vou quando é inevitável mesmo. Faço tudo pela internet e saco dinheiro nos caixas eletrônicos dos shopping centers. E quando tenho que entrar numa agência conto até dez para passar na porta-giratória e assim tento não me estressar. Mas é quase impossível.


Comentários

  1. é complicado mesmo acho q que é tudo subjetivo essa verificação . Pq se fosse tão sensivel como dizem eu nunca mais entraria num banco. Meus grampinhos no estomago apitariam sempre risos. Uma vez cheguei a tirar absolutamente tudo a minha bolsa ja que o segurança insistia em me barrar. Quando viu que tinha mta coisa na bolsa disse pode passar eu disse nao, agora espera ja que vcs acham q eu devo estar com alguma arma entao to mostrando que nao... Por esses e outras evito ir a agencias bancarias. E no final os bandidos mudaram o alvo agora esperam as pessoas sairem com dinheiro para poderem assalta-las.

    ResponderExcluir
  2. Tbm acho que os guardas escolhem mto bem a bolsa de quem querem olhar. Minha mãe, por exemplo, que vai ao banco 3x por semana, pode entrar com uma bazuca no banco que ninguém bloqueia. Comigo nunca aconteceu, mas acho que se usei umas 5 vezes na vida essa porta giratória foi muito. Onde eu vou geralmente os caixas eletrônicos ficam na frente e a porta no fundo, só pra acesso ao banco mesmo... Falta uma auditoria ou fiscalização pública pra descobrir como essas portas funcinoam. O guarda devia ter só o poder de liberar caso ela trave à toa, mas não de travar só pela cara do cidadão.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. chaves quádruplas travam a porta e eu sempre tenho elas comigo. às vezes eu vou dizer e eles já destravam. às vezes tiro tudo e continua e a chave não está mais comigo. aí eles abrem pq eu começo a ameaçar fazer barraco. e aí eles vêm com aquela ladainha q isso, q aquilo. um inferno. o unibanco não tem. tiraram. vamos ver se assim continuam. eles criaram sistemas de portas, uma do eletrônico, outra do banco, e assim eles podem ver de longe, se é que resolve. beijos, pedrita

    ResponderExcluir
  4. Que coincidência, hj de manhã tinha uma senhora na Ana Maria Braga falando do constrangimento que passou por causa da porta do banco. A coitada tirou a roupa e ainda assim não a deixaram entrar. Que absurdo!
    Acho que deveriam repensar esse sistema de segurança ou o banco que expõe o cidadão ao ridículo deveria pagar uma idenização.

    ResponderExcluir
  5. Eu já passei uma situação parecida, na minha frente uma loura de cabelos compridos com pasta e bolsa, e a porta não travou...comigo, estava só de calça jeans, com o celular no bolso e o cartão do banco, a porta travou, voltei, deixei o celular na caixinha, dei um passo pra trás, quando fui entrar a porta travou de novo, daí vieram as perguntas: "te pinos no corpo?"...eu disse que não, "marcapasso?" eu pacientemente disse que não...
    Daí disse, só tem o ferrinho do soutien, mas tudo bem, sem problemas...tirei o soutien por cima da blusinha, meu ex-namorado não acredtava na cena, e coloquei ali o meu soutien na caixinha, a porta liberou, o banco inteiro me olhou...sorte que era um soutien básico, mas bonitinho..rs! Beijos,

    ResponderExcluir
  6. Sugar, é verdade, nunca mais vc poderia entrar num banco se estas portas funcionassem como devem! E acho que elas só servem para atormentar a gente mesmo.

    Rê, eu odeio estas portas e só vou mesmo a uma agência se não como evitar. É um absurdo o constragimento que os seguranças fazem as pessoas passarem.

    Pedrita, eu sempre estou cheia de tranquira na bolsa, por isso sempre a maldita porta trava e fica travando até o guarda cansar de me ver esvaziar a bolsa.

    Miss Oak, a entrevistada da Ana Maria deve ser a mulher que foi para da porta de um banco de Jundiaí, eu vi o vídeo, Foi terrível, coitada.

    Sheila, nunca precisei a chegar a tanto para entrar no banco. Risos, o guarda deve ter arregalado o olho quando vc tirou o sutien! risos

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Nem vou falar muito sobre bancos e portas de bancos,eu odeiooooo de morte mesmo bancos no Brasil,ano passado quase infartei por causa do banco do Brasil e as portas eram um dos motivos,credo.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Vamos, comente!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Na Secadora Não!

Ovono

Papel e caneta