Incertezas


A semana que vem pode ser a minha última semana de trabalho. Entrei nesta empresa em janeiro deste ano, para um trabalho temporário de 3 meses. Foi tudo muito rápido, fiz uma entrevista e na hora já soube que estaria contratada. Foi assim no susto. Fui na entrevista numa segunda e na quarta já estava começando no emprego novo. Semanas antes do final do contrato temporário fui informada que este seria prorrogado por mais 3 meses. Agora este último prazo está chegando ao final, termina exatamente na sexta-feira da próxima semana e até o momento eu não sei o que acontecerá. Foi levantada a hipótese de efetivação, pois o contrato temporário, por lei, não pode ser mais renovado, mas nada de certezas. E esta situação é complicada para mim, pois eu não sei lidar com incertezas e sou péssima em controlar a minha ansiedade. Assim esta situação toda está servindo para eu aprender a lidar com tudo isso. Estou controlando na marra a ansiedade, trabalhando normalmente e sem ficar encucada com isso. Pois se eu encuco não vou fazer o meu trabalho direito e isso só vai me prejudicar. Em relação à incerteza, resolvi que vou focar na única certeza que tenho: que trabalho na empresa até a semana que vem. Em geral tenho conseguido me manter nos eixos e a tranquilidade tem imperado, apesar de algumas turbulências esparsas nesta minha alma inquieta. Isso tudo tem me ajudado a controlar as emoções e idéias, estou aprendendo a lidar com as incertezas e vendo que não é tão impossível conviver com elas como eu sempre achei que fosse.

A questão da minha efetivação na empresa envolve o setor gerencial, quem tem que aprovar nem me conhece e nunca me viu, como em toda grande empresa. Se dependesse da minha chefia direta, eu já estaria efetivada, pois eles sabem que trabalho bem. Não quero me gabar, mas sou boa no que faço. Para meu espanto, consegui dominar os skills para a minha função bem rápido. No começo achei que não daria conta, fiquei assustada mesmo por conta da quantidade de informação e pelo volume enorme de trabalho. Mas passados 6 meses, estou bem segura e conseguindo realizar um bom trabalho. E não é apenas impressão minha, os números dizem isso. Sim, onde eu trabalho tudo é checado e auditado, desde a quantidade de atendimentos, o tempo médio gasto por ligação e os erros cometidos. E as minhas estatisticas são bem positivas. Uma coisa eu sei, se eu não ficar lá não será por falta de competência. Se eu ficar de "férias" na semana que vem será porque simplesmente não tinha que ser e que a minha missão por lá já foi cumprida. Agora é esperar calmamente pela resposta da empresa. Nada de inquietações excessivas ou preocupações. Apenas uma expectitativa curiosa.

É, eu estou aprendendo controlar a minha ansiedade. :)

Bom fim de semana!

Comentários

  1. Eu entendo completamente o que vc está passando, pq aqui na minha área estamos passando por uma reestruturaçao e eu estava insegura se realmente ia ficar e em que cargo iam me colocar. Minhas suspeitas se confirmaram e me colocaram num cargo que eu não queria. Como se diz aqui: Es lo que hay!
    Espero que vc fique no teu emprego e, se nao for, certamente aparecerá algo muito melhor! Confio no teu potencial!

    ResponderExcluir
  2. Oi Patry,
    Parece que estamos todos no mesmo barco, eu sou efetivada, mas trabalho em projetos, quando projetos acabam, há a chance de não renovar e o clima de demissão paira, estamos assim hoje, mas se sabemos que somos bons profissionais, sabemos que sempre teremos uma porta aberta no mercado de trabalho!
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Mari, nestes tempo de crise temos que aprender a nos adaptar à realidade. Semana que vem eu descubro como será minha realidade daqui pra frente,

    Sheila, este clima de insegurança é complicado mesmo. Mas você tem razão, a gente sempre acaba encontrando uma chance!

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. o difícil em uma questão dessa pra mim é manter a motivação. acho que pra mim e muitas pessoas. eu imagino q vc trabalhe bem e sei o qt é difícil achar pessoas capacitadas, ainda mais q vc disse q o trabalho é estressante e difícil. qd uma empresa acha alguém capacitado o melhor é manter. mas eles tb devem ter os critérios e verbas deles. não deve ser fácil decidir. mas acho q o pior é pra quem pode ganhar ou perder um trablaho. é verdd, se com vc as estatísticas dizem q vc será efetivada, se não for, é pq eles têm outros cálculos q vão além da competência. desde q conversamos estou torcendo por vc. beijos, pedrita

    ResponderExcluir
  5. Pedrita, extamente, os cálculos falam mais altos, ainda mais em tempos de crises como agora. E eu entendo isso. Beijo e obrigada pela força!

    ResponderExcluir
  6. Oi Marion!

    Então, embora seja um tanto estranho eu falar dessa frase, desse jeito, eu achei muito bonito o que você falou sobre a sua missão estar findada. É uma maneira, no meu ponto de vista, muito real de se entender uma situação. Todos temos missões, de diversos tipos. Termina uma de seis meses, chega outra de um ano. Melhor, maior e mais produtivo.
    Acredite que as mudanças podem trazer algo de bom, e elas trarão. Você já começou a controlar sua ansiedade. O que mais você acha que pode aprimorar?
    beijos

    ResponderExcluir
  7. Oi Arthur,

    Eu sempre acho que as mudanças nos trazem coisas positivas, mesmo que no primeiro momento a mudança não pareça uma boa coisa.

    Ah, preciso melhorar em muitas coisas, como todos precisamos. Difícil listar.

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Estou passando para conhecer seu blog um pouco melhor e para desejar um começo de semana abençoado!Imagino o quanto você está ansiosa! Eu sou também, às vezes ao ponto da gastrite e das lágrimas...Mas por experiência sei que ansiedade não é boa...
    Beijos e fique com Deus.

    ResponderExcluir
  9. Espero que logo eles te dêem uma resposta! Ficar desempregado é sempre ruim, em época de crise é pior ainda, mas ficar na expectativa acho que é ainda pior!
    Boa sorte por lá!!!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Elaine, espero que tenha gostado daqui. Realmente ansiedade não é nada bom de sentir.

    Rê, esta semana não tem jeito, a resposta sai! Obrigada! :)

    Beijos

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Vamos, comente!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Na Secadora Não!

Ovono

Papel e caneta