Rotina


A rotina está presente na vida de todos nós e geralmente é alvo de criticas por todos os lados. Dizem que a rotina é chata e pode até matar um amor. E tudo isso é verdade. Mas, apesar disso, eu sou uma apreciadora da rotina. Gosto de saber o que vai acontecer no meu dia, ao menos saber o que está planejado para acontecer. Saber quais os próximos passos é algo que me deixa segura e zera a minha ansiedade, que sempre está pronta para ficar ativada. Gosto de viver sem muitos sobressaltos. Prefiro uma vida rotineira a uma vida de aventuras. Claro que viver experiências diferentes e inesperadas pode ser bom, mas definitivamente prefiro que isso seja exceção e não uma regra em minha vida. Mesmo no campo amoroso eu acho que a rotina é necessária. A constância da demonstração de afeto faz que o amor se solidifique, que a gente acredite que o sentimento do outro por nós é real. Uma relação onde não há regras para contatos ou encontros fica frágil, o amor acaba virando uma coisa quase imaginária. Pois ele acaba não existindo na vida real, fica relegado ao campo das suposições. Assim não há como se fortalecer, pois o vínculo entre os amantes (aqui no sentido puro da palavra, ou seja, aqueles que amam) nunca vira algo concreto. E viver sem saber o que esperar do ser amado deve ser uma tortura e tanto. Acho que um amor rotineiro que proporcione pequenas doses de carinho e doçura todos os dias é muito mais valioso do que um amor que traga emoções fortes, porém em doses esparsas. A rotina tem suas qualidades, temos apenas que aprender a enaltecer os pontos bons de uma vida rotineira e saber driblar os momentos chatos que são inerentes a qualquer situação recorrente em nossas vidas.


Nota da blogueira: Tudo isso veio à minha cabeça pois a minha rotina de trabalho vai mudar durante um mês. Vou trabalhar no turno da tarde neste período e estou perdida, sem saber como me organizar para cumprir direito o meu horário. Mas o que mais me perturba é pensar na volta para casa de noite. Infelizmente a região onde eu trabalho é um tanto sinistra, mesmo de dia. Só em pensar em andar de noite por lá me preocupa. Mas amanhã eu descubro como será a minha nova rotina. E acho que vai ser bom fazer as coisas diferentes por um tempo. O melhor é que tem prazo para eu voltar para a minha rotina de sempre. :)

Comentários

  1. eu gosto de rotina, mas minha vida segue bastante sem rotina. mas há algumas questões que não gosto de mudar. gosto de almoçar, não gosto de comer lanches no almoço. e não gosto muito de mudar esse horário. adoro a rotina de ver novela das seis. eu acabo precisando algo de rotina já q todo o resto muda muito. mas não gostaria de viver sem uma certa rotina no amor. algo como: eu nunca sei quando meu namorado vai aparecer. ele some por meses. ou com minha gata. dela ficar em casas diferentes. não sei, acho que a rotina faz sim muito bem a uma relação. é um porto seguro. beijos, pedrita

    ResponderExcluir
  2. Eu tengo às vezes fazer um caminho diferente até o trabalho, vou em diferentes dias à academia, e sao essas coisas que faço para mudar minha rotina. Por outro lado, algumas coisas faço smepre igual de propósito, geralmente para nao me esquecer de algo. Guardo sempre as chaves no mesmo lugar etc. A rotina existe e sempre estará, até para um instrutor de Bung Jump, mas temos, sim, que ver se ela está adequada a nossa vida.
    Beijocas e boa sorte no novo horario.

    ResponderExcluir
  3. Eu gosto de rotina, gosto de saber o que vai ser da minha vida no dia seguinte. Na verdade acho que meu gosto nem é pela rotina (que acaba enjoando), e sim pela programação. Imprevistos geralmente me dão raiva, não gosto de ter algo programado (nem que seja uma noite de descanso) e ter que mudar todos os planos de última hora...
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Oi Marion.

    Eu gosto de rotinas. Acho que essa vida cheia de aventuras todos os dias só é boa nos filmes.

    Bjs.
    Elvira

    ResponderExcluir
  5. Oi Marion, tudo bem?

    Então, eu não sou o mais favorável a rotina. Eu gosto de surpresas, imprevistos. assim posso aprender melhor como me dar em situações difíceis (em amplo sentido) com rapidez e aguçar o raciocínio. Claro não saio por aí pulando de prédios, parando trens ou mesmo dirigindo em alta velocidade. Mais legal assistir isso em filmes, como já comentado antes. A rotina por outro lado representa um certo aconchego, o que é bom. Mas fazer algo inesperado é tão bom, quando é bom para todos, claro.

    beijos.

    ResponderExcluir
  6. Pedrita, perdi a minha rotina de ver a novela das 6. Pelo menos neste mês. Eu acho essencial uma certa rotina no amor.


    Mari, as vezes eu gosto de variar caminhos como você. Faço isso aqui no bairro, gosto de mudar de paisagem.

    Rê, imprevistos também me tiram do sério, mais do que eu gostaria.

    Elvi, concordo com você.

    Arthur, a mudança na rotina favorece sim nosso raciocíonio, pois o cérebro se acomoda com a rotina. Acho que deve ser ter um equílibrio. Uma vida cheia de surpresas deve ser meo perturbadora!

    Beijos

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Vamos, comente!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Na Secadora Não!

Meus Furacõezinhos!

Ovono