Expomusic




Sou amante de música, mas não sei tocar instrumento algum, assim, uma feira como a Expomusic passaria despercebida por mim. Mas agora que estou casada com um baterista, estou conhecendo um mundo novo. Nunca pensei que uma bateria poderia ter tantas configurações, tantas sonoridades diferentes. E por causa dos estudos de bateria do Wally q fui parar na Expomusic no sábado. Adorei. Primeiro porque a feira foi realizada num espaço com uma infra-estrutura muito boa. O Expo Center Norte foi reformado e ficou moderno e muito bonito. Fazia séculos que eu não ia em um evento lá, e as minhas lembranças anteriores não eram lá muito boas. Foi uma ótima surpresa. O evento em si também estava bem organizado, fiquei espantada com a praça de alimentação. Em geral, em feiras assim, a área destinada à alimentação é improvisada e só com opções de comida de qualidade duvidosa. Neste caso tinha até comida de verdade! A feira em si foi muito boa e bem abrangente. Além dos óbvios stands de instrumentos musicais, havia expositores para todo o tipo de item que cerca o mundo musical como mesas de som, microfones, telões, iluminação e cenário para palcos e caixas de som. Achei a feira muito completa e fiquei impressionada com a qualidade dos stands. Os instrumentos eram um espetáculo a parte. Lindos, apaixonantes. Fiquei encantada com os pianos modernos que têm até displays, mas que ainda conservam a beleza clássica do instrumento. Claro que meus olhos brilharam quando me deparei com as mesas de som e as pick ups. Saudades da época que elas faziam parte da minha vida. Notei que hoje sou uma completa ignorante no assunto. Tudo muito diferente da época que eu trabalhava em rádio. Uma evolução e tanto! 
Como toda feira tinha vários brindes, mas também filas enormes para pegá-los. Não entramos em nenhuma. Mas peguei um brinde muito bom : 2 edições da Rolling Stone brasileira! Já estou devorando as revistas. 
Foi um belo passeio, Wally curtiu muito, viu tudo quanto era tipo de bateria, pegou vários catálogos também. Para ele foi bem proveitoso.  Depois de nossas andanças pelo mundo musical, fomos almoçar na Costelaria Bem Brasil ou Costelão, como eu costumo chamar o lugar. A costela que eles servem lá uma delícia. Encerramos nosso passeio de sábado com um ótimo e farto almoço. 


Comentários

  1. me disseram q a expomusic está acontecendo. deve ter sido um programa bacana. beijos, pedrita

    ResponderExcluir
  2. Pedrita, ontem foi o último dia da feira. Foi bem bacana.

    Beijos

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Vamos, comente!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Na Secadora Não!

Ovono

Papel e caneta