Hilda Furacão


Sempre lembrei com muito carinho da minissérie Hilda Furacão (Globo - 1998), foi uma história que me encantou e emocionou muito na época. Tanto que a minha vontade de revê-la acabava se confrontando com um certo receio de que a minha memória poderia ser um tanto condescendente com a minissérie e que, ao revê-la, eu pudesse constatar que o programa que tanto gostei não era tão bom assim. A mémoria pode nos iludir, maquiar a realidade, deixando as coisas do passado muito mais lindas do que realmente foram. Mas no caso da Hilda Furacão a minha memória foi fiel à realidade. Pude comprovar isso na semana passada. O Canal Viva começou a reprisar a minissérie e eu estou revendo a história da Hilda. Estou encantada e emocionada novamente. A história é envolvente, os cenários caprichados e os atores estão primorosos em seus papéis.  Uma produção impecável e apaixonante. 

 

Ana Paula Arósio é a protagonista e Rodrigo Santoro faz o seu par. Ele é o Frei Malthus, o menino criado para ser santo e que sai apaixona pela prostituta mais famosa de Belo Horizonte.  Os dois formam um casal belíssimo. Além de belos, transmitem com intensidade toda a alegria e dor provocados pelo amor que sentem. No capítulo de ontem, Malthus e Hilda se viram pela primeira vez. Ainda não surgiu o tal amor, o encontro foi na verdade um embate, entre a prostituta e o frei que ali estava para livrá-la do demônio. Cena dramática, com direito à chuva. Hilda não se curva e enfrenta Malthus e todas as beatas que ali estavam. Ele, muito menino ainda, treme diante de tanta beleza. Ele ainda nem suspeita o que está por vir. Ela também não.  Mas eu sei e estou ansiosa para ver o desenrolar deste lindo e sofrido amor. Estou adorando poder viver estas emoções novamente e cantarolar a música "Túnel do Amor" que faz parte da trilha.







Nota da blogueira: Quando digo que vi a cena no capítulo de ontem, na verdade foi no capítulo de segunda-feira. A minissérie passa muito tarde, como sei que vou acabar dormindo na frente da TV, gravo os capítulos e vejo no dia seguinte. 

 

Comentários

  1. eu sempre quis ver mas nunca consegui. minha mãe tem o dvd e adora. beijos, pedrita

    ResponderExcluir
  2. Pedrita, assista! Tenho certeza que você vai amar! Beijos

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Vamos, comente!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Na Secadora Não!

Ovono

Papel e caneta