Sem stress




Terça-feira foi um dia que tudo deu errado. Já comecei o dia passando uns 40 minutos no ponto de ônibus. Esta espera já me deixou nervosa, afinal era um grande indício que eu me atrasaria para o trabalho. Sou muito cri-cri com horários e, mesmo sabendo que o atraso não é minha culpa, eu fico nervosa e com raiva. Ônibus passou, trânsito estava bem ruim e tive que andar bem rápido do ponto até o trabalho. Bati o cartão exatos 2 minutos antes do meu horário. Assim, comecei a trabalhar na correria, toda atrapalhada e isso deixou meu dia de trabalho péssimo. Resultado, estressei feio feio. Um horror. Odeio quando isso me acontece, odeio me deixar levar pelo stress.  Por isso  ontem acordei com o firme propósito de não me estressar, não importasse o que acontecesse. E deu certo. Tive um dia leve, apesar de ter trabalhado muito. O fato de estar já decidida para ter um dia bom e manter o astral positivo ajuda muito. Eu acredito que quando a gente está nervosa e cheia de pensamentos ruins acaba atraindo coisas ruins e/ou fazendo que o que acontece pareça pior do que é. Com isso perder o controle é facinho. Com pensamentos positivos tudo parece que mais fácil. Ontem atendi  um monte de ligação ( umas 80!), atendi um monte de gente chata, lidei com um monte de problemas e mesmo assim o meu dia pareceu mais leve. Claro que me cansei, claro que não via a hora de ir embora para casa, mas não tinha em mim o peso do stress. Isso fez toda a diferença. 
Em geral eu tendo fazer a linha mais positiva, mas tem hora que perco o rumo mesmo. Junta o cansaço, o trabalho que já é estressante por si só, o ônibus ruim, o trânsito, o clima maluco de São Paulo, os rumos  desanimadores que vejo que meu país vai tomar, os gatos fazendo reinações, TPM, coisinhas que dão erradas no dia a dia e etc e tal e pronto, o stress me ataca e tudo que parecia ruim fica pior. Por isso tento mesmo me livrar disso, manter uma postura positiva para enfrentar a rotina. Muitas vezes consigo, outras não. Mas acho normal, afinal não sou robô e as emoções não são lá muito controláveis. Quando eu consigo melhorar 100% o astral de um dia para o outro já fico feliz.  Sinal que consigo determinar a hora que o ataque de estress tem que parar.  E estou determinada que ele não me pegue mais este semana.  :)

 

Comentários

  1. O primeiro passo é reconhecer o stress, pra daí poder controlá-lo. Tem gente que estressa e sai transmitindo o mau humor sem admitir que o problema é com ele mesmo.
    Que bom que a crise durou um dia só!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Rê, eu tenho não perder o controle do stress. Acho péssimo ficar assim , pois sempre acabo descantando em que está perto e não tem nada a ver com o meu stress. E espero que não tenha outra crise tão cedo!

    Beijos

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Vamos, comente!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Na Secadora Não!

Ovono

Papel e caneta