A Polêmica






A polêmica em torno da suspeita de estupro no BBB12 serviu para mostrar que o machismo impera em nosso país. Não demorou muito para que a moça virasse a vilã da história, afinal, dizem os machistas de plantão, ela provocou o pobre rapaz, deixou o cara em ponto de bala, ele não tinha como segurar o tesão coitado, tinha que ir até o fim, mesmo que a moça estivesse desmaiada de tanta bebida que tomou naquele dia.   

Ouvir coisas assim me deixou chocada. É inadimissível que nos dias de hoje alguém possa pensar que uma mulher foi estuprada ou molestada porque provocou o cara. Um homem por acaso é um bicho selvagem  refém de seus instintos? Claro que não. Um homem de verdade sabe respeitar uma mulher, sabe parar quando ela diz que não.  Não importa o momento  em que este "não" é dito, o cara tem que parar. Se não parar está cometendo uma grande violência. Não há nada que possa atenuar um ato tão repulsivo como este, nem a roupa curta, algumas doses a mais de bebida, uma dança mais provocante ou atitudes extrovertidas demais. Nenhuma atitude justifica um homem atacar uma mulher para obter satisfação sexual. O entrosamento sexual tem que ser de comum acordo e se, durante os amassos, a mulher muda de idéia, não importa o motivo, o cara tem que respeitar e manter distância. 

Fica aqui resgistrada a minha indignação com este pensamento machista que ainda persiste em nosso país.  Inaceitável. 





Nota da blogueira: Eu vi o polêmico vídeo do BBB. Não dá para atestar que o houve penetração. Mas é claro que o cara se aproveitou do estado da garota para se encostar nela e assim satisfazer seus instintos de macho.  Foi nojento.  Foi errado. E ele é o culpado. E a Globo errou em demorar tanto para tomar uma atitude e só tomou a decisão da expulsão do participante depois da pressão do público e da polícia.



Comentários

  1. Acompanhei tudo meio por cima. Mas tava na cara que a mulher não era nenhuma santa e por isso a história ia virar contra ela. Ridículo mesmo, concordo com tudo o que você falou, tem mulheres que não se dão ao respeito mas isso não é justificativa pro homem se achar no direito de usar o corpo dela sem consentimento. Patético mesmo, inclusive a atitude da Globo, pelo que você falou era capaz de eles não fazerem nada se ninguém notasse o que aconteceu.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. depois eu fiquei pensando e lembrei que ela é do rio grande do sul, estado mais machista ainda. mesmo q ele estivesse bêbado e tenha errado, nada justifica. e não gostei nada da globo demorar para sanar algo tão grave, começo a ficar preocupada com as outras mulheres da casa e a sua vulnerabilidade. tanto o brasil é machista q raramente mulheres ganharam. beijos, pedrita

    ResponderExcluir
  3. Já comentei pelo messenger o que eu acho, mas, enfim, acho que os dois estavam errados. A conduta dele foi péssima, claro, mas a dela não o fez acreditar nela e fazer dela uma pessoa confiável. Agir de uma forma e, depois falar um "não", dá margem para a confusão. Depois do que eu a ouvi falar para o Boninho, tive essa certeza. Não sou machista, mas acho que ambos os gêneros têm que se fazer respeitar e não tem outro jeito, é a conduta que marca isso.
    Bjs,

    Mari

    ResponderExcluir
  4. Nao tem nada de machista. Eu mesmo vi varias mulheres falando mal dela. E a maioria falando que os dois sao culpados. O problema eh que soh tiraram o negao. E ela ficou como santinha. Na verdade nao da nem p. Saber o que aconteceu de verdade. Nao da p. Ver. Eu acho que nao devia tirar ninguem. Nem um dos dois. E isto ta cheirando é falcatrua da rede globo.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Vamos, comente!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Na Secadora Não!

Meus Furacõezinhos!

Ovono