Na Secadora Não!




Quando eu comprei a minha máquina de lavar  com secadora embutida, achei que não teria mais que colocar nadinha no varal para secar. Que seria apenas colocar na máquina e depois só levar para o cesto de passar roupa, pulando por completo a chatíssima etapa de tirar as roupas da máquina e pendurar no varal.  Na maior parte do tempo é isso que acontece, economizando muito tempo e paciência. Mas infelizmente tem muita roupa que não posso deixar para secar na máquina. 

Depois que comecei a usar a secadora, me dei conta da quantidade de roupas vendidas por aqui que apresentam o símbolo de proibido secar em tambor na etiqueta.  Não pensem que falo de roupas mais delicadas, como roupas para festas. Roupas do dia a dia, como simples camisetas, vêm com este  frustrante símbolo estampado em suas etiquetas. É um absurdo nos dias de hoje ainda se fabricam roupas que não aguentam uma secagem de máquina. Com certeza há tecnologia para fazer tecidos que aguentam o tranco, mas por alguma razão, as roupas brasileiras não são feitas assim. 

Eu fico bem chateada quando me deparo com uma roupa que não posso secar na máquina. É um saco ter que parar o ciclo da máquina para tirar uma peça de roupa que não pode com o ar quente da secadora. Já perdi algumas roupas assim, encolheram tanto que me  senti uma gigante! 

Sempre tempo respeitar a orientação da etiqueta na hora de lavar/secar, mas vez ou outra acontece de uma roupa ficar no ciclo de secagem por engano, aí pronto, estraga. Antes eu ficava bem brava quando isso acontecia, hoje já me conformei. 

As roupas daqui deviam ser como as roupas vendidas nos Estados Unidos, todas aguentam as secadoras.  As camisetas que comprei na Disney são um ótimo exemplo. Mesmo as que tem estampas brilhantes aguentam a secadora sem problemas. Se as roupas vendidas por aqui fossem assim, a vida da dona de casa brasileira seria muito mais fácil.  



Comentários

  1. Eu uso pouco a secadora. Só pra roupas de baixo, roupas mais velhas ou algumas roupas das crianças que eu sei que não estragam. O que acho ruim, além de algumas encolherem e estragarem, é que elas geralmente saem tão amassadas que chego a ter que lavar de novo porque não consigo alisar com o ferro de jeito nenhum. Então a secadora acaba servindo só pra quebrar um galho quando tenho muita roupa acumulada ou quando chove muito. Mas eu já esperava isso quando comprei rs. Mas vc tem razão, temos algumas roupas importadas que aguentam o tranco tranquilamente, algumas tem um tecido tão gostosinho e nem precisa passar depois de lavar e secar. Mais um atraso do Brasilzão, fazer o que né? :)
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rê, para que as roupas amassem menos tem que tirá-las da máquina logo que o ciclo termina, senão a roupa ( principalmente camisas sociais e calças) ficam 'impassáveis'! Já me aconteceu também de ter que colocar pra lavar de novo uma roupa impossível de passar.

      As roupas de fora são mais práticas! Quem dera aqui fosse assim.

      Beijos

      Excluir
  2. eu aprendi mal sobre roupas q não podem ir para secadoras. em viagens longas precisei deixar roupas para lavar e qd voltaram eram de bebê. beijos, pedrita

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pedrita, é um horror, né? Hj em dia é um absurdo as roupas encolherem, temos tecnologia para que isso não ocorra mais, mas pelo jeito não interessa aos fabricantes.


      Beijos

      Excluir
  3. Comprei um casaco para meu filho e queria lavá-lo. Para esse tipo de roupa temos o costume de mandar para a lavandeira, mas optei em tentar em casa, verifiquei a etiqueta, e lá está: não use tambor! Optamos por não comprar máquina de lavar e secadora juntas, pois elas comportam poucas roupas. Minha secadora, Brastemp Ative, tem a opção de secar roupas delicadas, que durante a secagem gera pouquíssimo calor, o que não encolhe nenhuma roupa. Quanto a questão de criar bolinhas, isso se dá na lavadora, mas ao colocar na secadora não sobra nenhuma!

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. As roupas fabricadas no Brasil encolhem porque contém mais algodão e menos poliester, são mais "naturais", não são tão práticas como as estrangeiras mas são mais amigavéis ao nosso corpo. As roupas de material sintético não permitem a refregeração da pele.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Vamos, comente!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Ovono

Papel e caneta