Ótimo Aliado




O cartão de crédito é visto por muitas  pessoas como uma ameaça às finanças pessoais. Muita gente  diz que deixa o cartão em casa para não cair em tentação e sair comprando tudo por aí.  Não me conformo com isso. Para mim o cartão é um baita aliado, é quem me  socorre em situações de emergências, como a que ocorreu na semana passada. Precisei comprar duas passagens aéreas (para mim e para a Sugarbaby)  para Asunción às pressas. Foi inesperado, eu estava fora de casa, no interior e tive que ir correndo para o aeroporto comprar as passagens. Se eu estivesse sem o cartão comigo, estaria ferrada. Perderia um tempo absurdo para ir até em casa buscá-lo e este tempo poderia custar a minha viagem, pois comprei as duas últimas passagens para o vôo de segunda-feira.  O cartão me proporcionou a quantia que eu precisava naquela hora e ainda consegui parcelar o gasto. Ou seja, me salvou em um momento de apuro. 

Nunca saí comprando apenas porque tinha limite no meu cartão.  Em geral ele fica bem quietinho na minha carteira, sendo usado para eventuais compras na internet, ingressos de cinema e shows ou para pagar gastos com viagens de férias.  Não me deslumbro com o limite do cartão, sei que aquilo é dinheiro virtual. Dinheiro real é o que eu tenho na minha conta corrente e é este valor serve de parâmetro gerenciar os meus gastos. E  só levo em consideração o saldo que eu tenho de fato, nada de contar com o valor do cheque especial, que é um dinheiro tão irreal quanto o limite do cartão de crédito.  

Além disso tenho apenas um cartão de crédito. Sempre nego as ofertas de ter outro cartão. De tempos em tempos o banco vem oferecer um novo cartão. Eu nem termino de ouvir a oferta e já digo não.  Não preciso de mais um cartão. Um novo cartão só vai representar um gasto a mais, mais uma anuidade para pagar. O meu cartão já tem limite até demais, não preciso de outro. Ter mais de um cartão, no meu caso, seria um despropósito. Por isso fico com um só, meu fiel aliado.

Usado com bom senso, o cartão de crédito nada mais é do que mais uma opção para gerenciarmos os nossos gastos. Por isso, torne seu cartão um aliado e não um inimigo. 




Nota da blogueira: Fui comprar a passagem no aeroporto porque não consegui comprar nem via internet e nem por telefone. Muito ruim os call centers da TAM e GOL, nunca atendem e quando atendem, informam que a opção escolhida é a errada e te colocam na fila de espera de novo. Os sites de ambas companhias também não estavam colaborando. Realmente, comprar uma passagem aérea de última hora não é fácil e sai muito caro. 

Comentários

  1. eu uso o cartão de crédito como vc. olhei esses dias a fatura e vi q duas lojas colocaram crédito qd era débito e já vou ter q ficar atenta. compro em geral pelo débito. o cartão é apra assinatura de jornais e revistas, para pagar o provedor e claro, compras pela internet. no restante, restaurantes, supermercado, é tudo débito. assim as contas ficam mais tranquilas. tranquilas realmente faz tempo que não andam. pra mim tb é um grande aliado qd atrasam pagamentos e eu preciso colocar combustível, pagar algo de emergência. aí recorro. mas é sempre como emergência. beijos, pedrita

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pedrita, eu também uso mais o cartão de débito. De crédito somente para compras maiores ou comprinhas via internet.


      Beijos

      Excluir
  2. Eu uso o credito mesmo quando ja chega no fim do mes e o saldo esta ficando apertado, mesmo assim eu estipulei um limite e não ultrapsso disso... ja ultrapassei e foram meses corridos para acertar a situação;; Bjo

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Vamos, comente!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Na Secadora Não!

Ovono

Papel e caneta