Ah, O Calor...







Ventiladores de teto me assustam. Sempre penso que eles podem se desprender e me atingir. É uma pensamento que me acompanha desde criança. Não, nunca vi nenhuma tragédia deste tipo, nem nunca ouvi falar uma coisa dessas. Mesmo assim, este temor me acompanha, mas aflição que o calor me provoca é maior que o meu temor por um ataque do ventilador de teto, tanto que tenho três aqui no meu apartamento.  O  clima esquenta e eu já ligo o ventilador e fica ligado o tempo que for necessário, até o tempo refrescar.  Dane-se a conta de luz. Dane-se o uso racional da energia elétrica.  Mas calor eu não passo, pelo menos  quando estou na minha casa, já chega o desespero que passo quando estou no ônibus ou mesmo andando na rua sob o sol escaldante desta primavera que mais parece um verão tórrido.  São Paulo está registrando temperaturas muito altas nos últimos tempos, casa ano que passa, mais quente fica a minha cidade.  Temo pelo pelo que vem por aí, pois sei que euzinha aqui não tenho resistência alguma ao calor.

O calor anda tão forte que, no mês passado, fiz uma aquisição que nunca imaginei que faria enquanto vivesse em São Paulo : Um aparelho de ar-condicionado!  Foi a melhor coisa que eu fiz. Meu apartamento fica uma delícia, fresquinho, fico a salvo do calor torturante e consigo dormir nas noites mais quentes, o que era impossível antes. Mesmo com o ventilador de teto ligado,  o quarto ficava abafado e eu não dormia. Verão passado foi assim, passei noites e noites sem dormir. 

Meu novo melhor amigo, o ar condicionado, é um trambolho, tem o adjetivo de 'portátil', apenas porque pode ser levado de um canto para outro com a ajuda de suas providenciais rodinhas.  Mas é muito prático, se adaptou bem ao meu apê que não pode receber um aparelho de ar-condicionado convencional por não ter as saídas de ar necessárias para instalar o aparelho.  Meu aparelho de ar condicionado fica  mudando de ambiente conforme a necessidade, passando da sala para o quarto e vice-versa.  E com isso a minha vida tem ficado menos penosa neste calorzão dos infernos. 

Pelo menos em casa eu não sofro mais com o calor, agora, quando estou na rua, principalmente na hora de voltar do trabalho, é um horror. O ônibus virar uma panela fervente, com uma temperatura de derreter o cérebro. Até hoje não me conformo que os ônibus de São Paulo não têm ar-condicionado. É um item de primeira necessidade, digo mais, instalar aparelhos de ar-condicionado  seria um ato de compaixão aos cidadãos paulistanos.  Mas sei que isso não vai acontecer tão cedo, o jeito é aguentar.

Muitos reclamam que eu reclamo muito do calor. Eu sei, eu fico insuportável. Mas é muito difícil não reclamar, eu me sinto muito mal com o tempo quente. É uma sensação monumental  de desconforto, tem horas que fico até desesperada, com vontade de chorar de tanto calor.  Nestas horas sinto uma inveja enorme destas pessoas que dizem  que amam o calor, que se sentem bem no calor. Sinceramente eu não acredito nisso, pois para mim calor  e bem-estar são duas coisas que não podem coexistir. Mesmo não acreditando, eu queria me tornar uma pessoa assim, que fica linda, feliz e saltitante em pleno verão. Ah, minha vida seria tão mais fácil! 

Prometo que vou tentar reclamar menos e o ar condicionado será o meu grande aliado nisso.  




Comentários

  1. Patry, eu sempre penso isso dos ventiladores de teto...fico pensando ele me triturando no meio da noite, coisa de louco! mas nunca aconteceu e eu o uso há anos, amo! eu estou fazendo o Havra gostar, aos poucos... de vez em quando ele reclama de um barulhinho (mínimo).... ainda não me encorajei de comprar o ar.... vou pensar mais um pouco......
    sobre o calor em São Paulo, uma pergunta: vc prende os cabelos quando está na rua? pois nunca te vejo de cabelo preso nas fotinhos.... eu vivo de cabelos presos e acho que ajuda muito! beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Joana, eu achava que eu era a única que tinha medo do ventilador de teto! rs Que estranho ele se incomodar com o barulho, se está assim,com o ar condicionado ele vai se incomodar mais ainda. O barulho é bem maior.

      Então, eu sempre estou com um elástico na bolsa, quando estou na rua eu prendo o cabelo. E em casa, nestes dias de calor, passo a maior parte do tempo com o cabelo preso.

      Beijos!

      Excluir
  2. Oi Marion.

    Eu não gosto muito de ventilador mas realmente, o calor em São Paulo está insuportável.
    Olha, eu não acho boa a idéia de ar condicionado no ônibus. Imagine só, aqueles ônibus lotados e com a janelas todas fechadas por causa do ar condicionado. Imagine só o cheirinho...
    Lá na paulista passam uns ônibus que são assim, com todas as janelas fechadas. Na primeira vez que eu entrei e percebi que as janelas não abriam, desci na hora.

    Bjs.
    Elvira
    http://evipensieri.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Elvi!

      É, vc tem razão, o ar condicionado no bus pode ser complicado. rs

      Beijos

      Excluir
  3. eu cansei de ver ventiladores de teto balangando, mal presos, tenho horror tb. eu já ouvi falar de uns 3 q caíram. acho q o melhor é sempre verificar se os parafusos continuam bem presos, com essa precaução não deve ter problema. eu tenho um umidificador, ventila e refresca. tb foi uma aquisição e tanto. ajuda bem nesse calor, mas não resolve qd tenho q sair e aí começam os estragos na pele. protetor, muito creme hidratante, mas eu acabo tendo sequelas. beijos, pedrita

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pedrita, eu também saio de casa com protetor solar. Não dá para andar sem. Um horror mesmo!

      Beijos

      Excluir
  4. Acho que todo mundo já imaginou um ventilador de teto caindo na cabeça né? rs! Mas aqui em casa só temos no teto, porque nào temos mais espaço pra ventilador de chão. O ar condicionado é tentador, mas o portátil aqui tbm seria trambolho demais, e o condomínio ainda está estudando a liberação de ar condicionado de parede... Pra esse verão acho que ainda não vai rolar, vamos aguentar o calor mesmo.
    Beijos!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Vamos, comente!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Na Secadora Não!

Ovono

Meus Furacõezinhos!