To Live Again Tour - Último Show




Esta turnê do Viper me fez sentir mais  viva, fazia muito tempo que eu não me empolgava tanto com uma banda 'nova'. Eu devo ser a fã mais recente do Viper, comecei a escutar o som da banda nos primeiros meses de 2012, quando a turnê " To Live Again" foi anunciada. As músicas do Viper foram a trilha sonora oficial da minha vida  em 2012, fui  conhecendo a discografia da banda e me apaixonando cada vez mais. Ir aos shows fez esta paixão ficar mais intensa, foram shows impactantes. Shows que marcaram a minha vida. 





Ontem foi o último show da turnê " To Live Again", realizado no Via Marquês, mesmo local onde foi realizado o primeiro show da turnê.  Chegamos lá por voltas das 5 da tarde e ficamos na fila como os nossos novos amigos, que conhecemos por causa do Viper.  Além de música boa, o Viper trouxe para minha vida pessoas muito bacanas. 







Foi um show que misturou emoções. Estávamos todos felizes por estarmos ali assistindo novamente  a um show do Viper, ao mesmo tempo havia uma tristeza no ar, pois este  foi o último show da turnê e, talvez, o último show do Viper.  Eu cheguei a ficar com lágrimas nos olhos em alguns momentos, já sentindo saudades deste momentos tão especiais. 


Felipe com a camiseta do site Vipermaniacs!










 O show foi intenso e terminou em clima festivo, com a equipe de produção no palco cantando e tocando com a banda.  



Pit, Guilherme, Felipe, André e Hugo

Depois do show houve o encontro com a banda. Como em todos os shows da turnê, foi vendido um ingresso especial que dava direito a um encontro com a banda. Só comprei este ingresso para o último show e foi perfeito. Foi muito legal reencontrar Pit, Guilherme e Felipe depois de tê-los conhecido no churrasco do sábado. 




O "meet and drink" foi meio bagunçado, era muito gente por ali, mas mesmo assim  consegui falar o Felipe. Ontem eu comprei, na lojinha do show, o livro dele "Olhos Cor de Chuva" e pedi um autógrafo. Na hora de fazer a dedicatória ele perguntou se eu queria que ele escrevesse Patrícia ou Marion, pedi que fosse Marion,  afinal, foi como Marion que ele me conheceu, lá nos comentários do blog dele.  Estou muito curiosa para ler o livro. 


Nós e Guilherme



Nós e Pit


Conseguimos falar todos da banda  e ainda deu para conversar um pouquinho com o Guilherme. 


Eu, Felipe, André, Hugo e Wally

Foi uma noite muito especial.  Eu ainda estou com sorriso no rosto e ainda muito animada com tudo que vivi ontem e sábado. Foi um fim de semana inesquecível.  Melhor do que eu poderia esperar. 

Valeu Viper!!!!  



Nota da blogueira:  Foi complicado escrever o post, a emoção anda embaralhando as  minhas palavras. Pensei que não conseguiria escrevê-lo hoje. Mas saiu e acho que ficou bom.  :)

Nota da blogueira 2: Felipe Machado publicou hoje no blog dele um lindo post sobre o final da turnê. Para ler, clique no link : http://www.palavradehomem.com.br/?p=2059 



Comentários

  1. Legal conseguir se envolver assim a ponto de até conhecer a banda. Fui lá ver o post do Felipe Machado e não sabia que a banda era antiga! Agora a história ficou ainda mais legal! :)
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Re, foi muito especial mesmo. Eu não imaginava que viveria tão intensamente esta minha paixão pelo Viper. O fim de semana foi perfeito. É, menina, são bem antigos e na época que eles começaram eu ainda não curtia heavy metal, então nunca tinha ligado muito paras as músicas. O mundo dá voltas! rs

      Beijos!

      Excluir

Postar um comentário

Vamos, comente!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Na Secadora Não!

Meus Furacõezinhos!

Ovono