A obrigação de ser feliz







Hoje não podemos ficar tristes ou desanimados. Reclamar então, nem pensar!  Parece que temos que a obrigação de estarmos felizes e satisfeitos com nossas vidas 100% do tempo.   A tristeza tem que ser escondida, tristeza hoje é confundida com fraqueza. Insatisfação é confundidada com ingratidão, pois como reclamarei da minha vida se tem tanta gente em situação pior?  Temos que ser feliz a todo custo. Ser feliz não, demonstrar felicidade, temos que mostrar a todos a nossa volta que estamos bem, que somos realizados e satisfeitos com nossas vidas.  Experimenta reclamar de alguma coisa, experimenta.  Vai receber recriminação. A recriminação é sempre no mesmo tom : "olhe para as coisas boas; aproveite o que tem de bom; não perca tempo reclamando." Claro que eu já falei estas coisas para os outros, não sou imune à ditadura da felicidade. Também acho que quem fica reclamando de tudo o tempo todo está com um grande problema de auto-estima ou gosta de fazer mimimi para chamar a atenção dos outros. Quem reclama o tempo todo vira mesmo um chato. E isso eu não aguento. 

Mas não podemos fingir que não temos momentos ruins. Todos temos, até aquelas pessoas que achamamos que têm a vida perfeita, as celebridades lindas, ricas e de bem com a vida. Acho que não podemos nos furtar de vivenciar a tristeza.  Há momentos que ela é inevitável. É como pedir a alguém que perdeu o pai para parar de chorar! Tem que chorar sim e chorar muito.  Tem que colocar a tristeza para fora. Tem que olhar de frente para aquela tristeza sem fim, tem que aprender a lidar com ela. E lidando com  esta tristeza, aprende-se que é possível ter momentos felizes mesmo tendo uma tristeza imensa na alma. 

A vida é assim, uma sequência de momentos, uns melhores, outros que parecem coisa  de cinema de tão perfeitos que são, outros bem trágicos, outros nem tão ruins,  outros sem sal e por aí vai.  Temos que ter a sabedoria de lidar com todas estas emoções, saber que cada uma tem sua importância. Cada um destes momentos constrói nossa história, molda nossa personalidade. Cada momento precisa  ser vivido plenamente.  Temos que conseguir ser feliz de verdade nos momentos felizes. Nestas horas, guardamos as tristezas e conseguimos sorrir com sinceridade e intensidade.  

Os momentos tristes também acho que precisam ser vividos, não podemos maquiar a tristeza. Fingir que a tristeza não existe, corrói a alma. Chorar faz bem. E ninguém pode nos dizer que sofremos por bobagem, só a gente sabe o que nos faz sofrer de verdade. Ninguém , além de nós mesmos, sabe o que dói em nossa alma. 

Por isso, se você gosta de alguém de verdade, respeite os momentos de tristeza dela. Saiba apoiar sem fazer críticas desnecessárias.  O mesmo vale para a alegria, não menospreze o que faz o teu amigo feliz. Para você pode ter sido uma bobagem, mas esta bobagem fez alguém que você gosta sorrir e é isto que importa. Pare de ser chato e vá lá sorrir junto com o seu amigo.

Ser amigo é isso, saber respeitar os momentos de quem gostamos, sejam momentos felizes ou não. 

Comentários

  1. lembrando do seu post anterior agora vc chegou no tema que me irrita, a brincadeira do contente. aquela alegria forçada, risada forçada, quase histérica dos falsos contentes. acho que temos momentos felizes e devemos dar valor a eles. mas camuflar a tristeza real, não o melodrama, acho patético. e não acho saudável.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pedrita, parece que hoje não é mais permitido estar triste. Mundo estranho este nossom, né? Beijos

      Excluir
  2. Odeio quando as pessoas colocam fotos de gente numa situação miserável no facebook com a mensagem de que os problemas de qualquer um de nós, na verdade, não são nada. Ninguém pode julgar o que nos faz felizes ou tristes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mari, também odeio isso !!! Como se a gente só sofresse por bobagens. Todo mundo tem problemas e somente quem os têm sabe o peso deles. Beijos

      Excluir
  3. Me identifiquei muito com o texto,muito bem colocado.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Vamos, comente!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Na Secadora Não!

Meus Furacõezinhos!

Ovono