Ovono



O nome da bola da foto é Ovono, e na verdade não é uma bola e sim um cérebro artificial. Um ser capaz de assimilar todo o conhecimento do mundo e interagir com as pessoas de forma quase humana. Mesmo sendo muito inteligente, ele não consegue assimilar idéias abstratas como sentimentos, não entender o amor ou a fé.  Este diferente ser é o ponto de partida do espetáculo 'Ovono' que está em cartaz no teatro do Centro Cultural Banco do Brasil em São Paulo. A peça é um história de ficção científica, o que garante o charme inicial do espetáculo, pois é bem estranho pensar um espetáculo teatral com esta temática. Eu nunca tinha ouvido falar de algo assim. Fiquei muito curiosa e Wally mais ainda, afinal, ele ama filmes ficção científica. 

Segunda à noite fomos assistir ao espetáculo e gostamos muito. Além de realmente ser um peça diferente de tudo que eu já havia visto, lida com temas bem complexos. Levanta questionamentos sobre nosso mundo, de como a tecnologia afeta a nossa humanidade. As pessoas estão piores por causa do progresso? Realmente o progresso nos deixou mais insensíveis?  Será que lutamos da maneira certa? Ou será que já ultrapassamos todos os limites? 

Há também reflexões sobre a fé, este sentimento tão imponderável e que está muito presente em nossas vidas, mesmo com todo o conhecimento a que temos acesso hoje. É do tipo de espetáculo que rende muitas conversas! 




Eu gostei muito da cenografia, bem enxuta e muito criativa.  O espétáculo se passa em uma bolha e dentro dela está apenas o Ovono e um telão ao fundo, que vai ajudando a compor o contexto de cada cena.  Os figurinos eu achei lindos!  Os atores estão muito bem, passam muita emoção, eu realmente me envolvi com a história. Mas tenho que admitir que, muitas vezes, o Ovono tornava-se o personagem mais cativante da cena.

Soube da existência da peça através da Vejinha e dias depois a Pedrita publicou sobre o espetáculo no blog dela. Um post muito completo sobre a peça : Clica aqui!  

Foi uma noite de segunda-feira bem diferente, afinal, é raro eu ir ao teatro, mais raro ainda fazer isso numa segunda! E para completar a singularidade do evento, o teatro é no centro da cidade, local que acho lindo e que pouco frequento.  Uma noite singular para uma peça singular! 



Comentários

  1. eba!!!! eba!!!! eba!!!!! é fantástico né? ficção científica no teatro. eu acho fascinante e exaustivo. a cada espetáculo colocar tanta tecnologia tudo de novo. coisa de maluco. concordo plenamente, volte e meia ainda me vejo pensando nos temas da peça e olha q já vi faz um tempinho e vi e li muita coisa depois. ovono é hipnótico. dá vontade de pegar no colo muitas vezes. ah, obrigada por me mencionar. e q bom q se animou com o post. a vejinha tb instiga. eu adoro peça na segunda. virei fã dessa novidade recente. eu adoro ir ao centro. faz tempo q penso em ir no solar da marquesa de santos pq é uma vergonha não ter ido ver. minha tia disse q é um passeio lindo e é ali pertinho. adorei o post. beijos, pedrita

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Vamos, comente!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Na Secadora Não!

Meus Furacõezinhos!