Vida Real na Internet?



As fotos registram o mesmo momento: Eu ensaiando as músicas para o próximo show. A do lado esquerdo mostra a vida como ela é, eu cantando e nem aí pro meu look. A segunda mostra como a vida aparece no Instagram, com filtro de vida perfeita! A primeira foi postada somente no zap zap da banda, a segunda eu publiquei no Facebook e Instagram. 

Não sou de ficar inventando uma realidade paralela na Internet sobre a minha vida, mas claro que prefiro destacar os melhores momentos e as melhores fotos.  Não gosto de ficar chorando as pitangas nas redes, afinal, timeline não é muro de lamentações. Mas quem me segue pode mesmo pensar que quase não tenho problemas, pois prefiro postar coisas mais positivas sobre minha vida. Não acho errado, porque não minto, apenas omito os problemas que acho que devem ficar no âmbito pessoal. Vez ou outra posso reclamar do calor, do bus que nunca passa ou do stress do trabalho. Coisas bem corriqueiras. Mas também quando algo grave acontece, acabo falando, mais por necessidade de desabafar mesmo e para avisar a todos do ocorrido. Mas minhas postagens são bem sinceras, não faço tipo, apenas tento aparecer com a minha melhor cara. 

Estas fotos do ensaio me fizeram pensar sobre a veracidade das postagens pessoais que vemos por aí. Ok, não tem problema escolher a melhor foto, caprichar no filtro do Insta. O problema é quando as pessoas realmente fingem uma realidade que não existe, quando forjam uma vida de glamour quando estão vivendo à base fastfood!  Aí é bem triste, pois são pessoas que com espírito fraco, que acham que precisam recriar a sua realidade para serem queridas. 

Por isso temos que ficar alertas, não podemos acreditar que tudo que é postado é verdadeiro. Nem notícias, nem registro da vida privada das pessoas.  Hoje é muito fácil moldarmos a realidade para parecer quem não somos. Não podemos cair nesta armadilha. Isso só leva à frustração. Melhor mesmo é ter foto bacana de momentos realmente bacanas e reais!



Comentários

  1. eu uso a rede mais profissionalmente. falo pouquíssimo da minha vida pessoal. nem sempre compartilho algum perrengue de alguém, só quando se faz realmente necessário dentro do meu critério. critérios nem sempre são adequados, pq definem a escolha individual de cada um, mas tento ter critério para colocar. são engraçadas mesmo essas fotos mágicas, onde tudo parece lindo e maravilhoso. mas tb é muito chato ver fotos feias. eu li umas matérias no fim do ano sobre pessoas q se deprimem vendo as fotos felizes dos outros nas festas. mas não podemos esquecer desse post. nas fotos das festas ninguém briga, ninguém fala mal do outro, todas as comidas estão deliciosas. todo mundo se dá bem. e na vida real nem sempre é assim. é bom mesmo tentar relativizar para não achar demasiadamente que a grama do vizinho é sempre mais verdinha. beijos, pedrita

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Vamos, comente!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Na Secadora Não!

Ovono

Meus Furacõezinhos!