Disco riscado



Reparei que ando usando umas expressões um tanto datadas. Com termos que revelam que nasci e vivi boa parte da minha vida em um mundo completamente diferente dos dias de hoje. Eu ainda falo que alguém parece um "disco riscado" quando fica falando a mesma ladainha. Muita gente hoje mal sabe o que é um disco de vinil e muito menos que ele pode riscar e que quando isso acontece a agulha não sai do mesmo trecho. Constatar isso às vezes me assombra. Pois fico com a impressão que o tempo está passando e que logo serei velha. Na verdade, já sou velha aos olhos de alguns, muitos recrutadores de RH por exemplo, que só querem gente até 25 anos para as vagas que anunciam. Ao mesmo tempo percebo que, felizmente, eu acompanhei bem as mudanças do nosso mundo e hoje sou perfeitamente integrada às tecnologias mais recentes e ao jeito das pessoas se comunicarem. Mas me choco ao ver que gente da mesma faixa etária que eu ainda mal sabe o que é internet ou um arquivo em mp3. Fiquei estarrecida com uma reportagem da revista Claudia que falava sobre os pais que se não sabiam lidar com a vida virtual dos filhos. Mostraram na reportagem mães totalmente ignorantes em termos de internet e afins, que mal sabiam o que era um MSN. E elas não eram mães velhas não! Tinham no máximo 40 anos! Ou seja, são da minha época e pararam no tempo! Na reportagem havia até "tradução" de emoticons e abreviações básicas que todo mundo que acessa internet conhece, não só os adolescentes. Fiquei com impressão que aquelas mães não sabem nem ao menos mandar um e-mail ou um sms. Como podem ser tão novas e tão alienadas tecnologicamente? Fiquei intrigada com isso. É estranho notar gente da mesma geração parecendo tão velha, tão distante da realidade atual. Eu não me sinto assim, me sinto integrada e muitas vezes até me espanto ao perceber a minha idade. Realmente não me sinto com 30 e tantos, muitas vezes acho que ainda estou nos vinte e poucos. Mas ao mesmo tempo noto que até entre os mais jovens há os ignorantes tecnológicos.No fundo eu acho que o que acontece comigo é que tenho facilidade para assimilar coisas novas, assim consigo acompanhar todas estas novidades que aparecem neste nosso mundo a cada instante. Mas o que é fundamental mesmo é ter uma cabeça aberta e estar disposto a vivenciar tudo de bom que o mundo moderno nos proporciona.






Nota da blogueira: Este é um post "requentado", ele foi escrito mês passado e era para ter sido postado no dia que escrevi sobre o assalto. Aí ficou esquecido aqui no meu computador. Encontrei o arquivo por acaso, li, gostei e achei que ele merecia ser postado.




Comentários

  1. Eu tenho vários amigos (em sua maioria amigas) que nunca me respondem emails porque "não sabem mexer direito nesse negócio". Talvez com tecnologia também existam as pessoas com mais e menos facilidade, assim como eu não sou capaz de entender como funcionam impostos e burocracias do tipo, rs. Tem gente bem mais velha que assimila as coisas super rápido, e outros novinhos que não se interessam. Eu andei perdendo mto o interesse por tecnologia, sou péssima com celulares, mas consigo fazer bastante coisa no computador, por exemplo. Acho que vai do interesse e facilidade das pessoas mesmo!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Xiii. E quando dizemos que a ficha não caiu, ou que a gente discava telefone de disco? E um sobrinho meu nunca tinha ouvido o verbo rebobinar.. heheh!! Beijo!

    ResponderExcluir
  3. Eu sou uma negaçao para o tema tecnologia e o pior de tudo é que trabalho na área. Tento estar minimamente actualizada.

    Vc realmente é muito muderrrna. jejeje.. Bjs,

    ResponderExcluir
  4. eu ainda falo "cair a ficha". faz mil anos que não existe mais orelhão de ficha... rs
    beijo!

    ResponderExcluir
  5. Rê, tem muita coisa que eu não sei fazer. Por exemplo , eu não sei passar fax! Ah, vc é muito boa no computador... faz coisas que eu nem sonho em fazer!


    Tak, realmente a gente cresceu em outro mundo. É espantoso como tudo evoluiu tão rápido!


    Mari,acho que com a sua experência vc deve estar craque agora!

    Lu, eu tb uso muito caiu a ficha!Coisa prá-histórica mesmo! risos

    Beijos

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Vamos, comente!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Na Secadora Não!

Ovono

Papel e caneta