Fugindo do stress


Semana está brava. Muito trabalho e, claro, muito stress por lá.  Impressionante o nível de cansaço que meu trabalho provoca, cansaço mental, volto de lá com a mente  praticamente paralisada. Na terça-feira eu já estava derrotada, querendo que a semana acabasse ali. Mas não acabou e ainda tenho 2 dias de trabalho pela frente. O jeito é não esmorecer e encarar esta rotina pesada com ânimo. Prometi à mim mesma que não deixaria o stress me pegar esta semana novamente. Ontem eu consegui esta proeza. Tive milhares de motivos para me estressar no trabalho, mas não me abalei. Abstraí tudo e cheguei em casa leve. Cansada, é verdade, mas sem estar tensa ou chateada. Tentarei fazer o mesmo hoje. Vou para o trabalho já com esta disposição de não me estressar e vou deixar os problemas passar, resolver o que cabe a mim resolver e depois abtraio tudo. Não vou ficar remoendo os problemas. Não adianta. Não os faz sumir, não os resolve. E no dia seguinte muitos estarão ali de novo. Então para quê estressar? Assim vou levando a semana até o fim, tentando sobreviver da melhor maneira possível à rotina lotada de trabalho. 

 

Comentários

  1. Nem me fale em stress... basta eu decidir respirar fundo e encarar, que acontece algum absurdo pra me levar a pensar, de novo, se não é hora de tomar alguma atitude mais drástica...
    Tô num momento @$%¨$¨%¨#$@ aqui agora, desculpe :)
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. oi Marion
    eu sei como é, ainda mais qd trabalhamos com pessoas, cada um do seu jeito e ninguem dando o braço a torçer, e vc é obrigado a aguentar... tem horas que eu deixo a raiva fluir, é melhor pra acalmar, mais na maioria das vezes quando eu começo a ficar nervoso eu respiro fundo, abstraio os pensamentos e canto, so para mim, fico la quito lembrando de musicas que me façam sentir bem
    espero que isso possa te ajudar tb
    Bjao

    ResponderExcluir
  3. eu digo o mesmo dessa semana. beijos, pedrita

    ResponderExcluir
  4. Rê, eu te entendo. Já tive estes momentos $#$@ risos. Espero que as coisas melhorem por aí!

    Gammelo, você faz bem de abstrair. Há dias que não consigo me livrar do stress.

    Pedrita, boa sorte por aí então! Pelo menos a semana está terminando.

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá
    Curioso como a gente consegue driblar até o stress quando resolve né?! tenho pensando muito nisso ultimamente.Nas coisas que dependem mais de decisão do que sentimentos, ou milagres de Deus ou do acaso.
    Grande Abraço!

    ResponderExcluir
  6. Olá Robson, concordo com você nossa atitude é mais determinante do que qualquer variável que a vida possa ter.

    abraços!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Vamos, comente!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Na Secadora Não!

Ovono

Papel e caneta