Comer Comer

Nós na hora do jantar

 
Um dos grandes atrativos do Splendour Of The Seas é culinária. A comida servida no navio é deliciosa e farta. Além das refeições fixas, café da manhã, almoço e jantar, pode-se comer a qualquer hora do dia e da noite. Sempre havia um restaurante aberto servindo um pouco de tudo, comida salgada e deliciosos doces. Fiquei fã dos doces do navio e olha que sou uma pessoa que não curte muito doce. Mas os doces servidos lá eram irresistíveis.



O jantar era sempre às 22 horas no restaurante  The King & I, pois foi este horário que nós escolhemos para jantar. A mesa era sempre a mesma, a número 151. Tivemos sorte de pegarmos uma mesa só para nós dois, pois no navio é comum dividir a mesa com outros passageiros. Só divimos a mesa uma vez no almoço, onde não há lugares marcados, por coincidência ficamos na mesma mesa de um casal aqui de Moema. Mundo pequeno, não? 
O cardápio do jantar era composto por entrada, prato principal e sobremesa, sempre com ao menos 3 opções de escolha para cada etapa.  Muitas vezes eu ficava indecisa, sem saber o que pedir. Na foto duas entradas: risoto com linguiça ( que estava ótimo) e lula frita (que Wally adorou!).


 Algumas vezes chegava na hora da sobremesa e eu já estava pra lá de satisfeita. O prato principal vinha em porções generosas. Mesmo satisfeita, eu não recusava a sobremesa. Sim, eu me rendi ao pecado da gula durante a viagem! Aqui as sobremesas são parfait de manga e cerejas flambadas com sorvete. 




O café da manhã e o almoço eram servidos no Windjammer Café, que fica no deck das piscinas. Restaurante self-service com muitas opções, impossível não gostar de coisa alguma. Era o restaurante que eu mais frequentava, pois sempre passava por lá para tomar lanche no meio da tarde ou à noite. Lá ficava bem lotado no café da manhã e no almoço, então o segredo era chegar cedo para evitar a muvuca.  



Eu gostei muito das amplas janelas do restaurante. Adorava ficar olhando o mar e "trânsito". Sempre passávamos por vários navios. Esta foto foi tirada durante um lanchinho da tarde.




Alguns dias havia almoço especial na piscina.  No penúltimo dia de viagem teve um churrasco na piscina.  E capricharam no churrasco, estava uma delícia.  





 A minha última refeição a bordo foi o café da manhã do dia 30 de janeiro. Neste dia o café da manhã foi servido no restaurante do jantar. Eu pedi panquecas. Estavam uma delícia.  Neste dia eu estava meio tristonha, pois a viagem estava acabando. Eu não queria sair do navio! Não é à toa que ando falando que foi a viagem dos sonhos. :) 


 

Comentários

  1. deu água na boca, que capricho os pratos. beijos, pedrita

    ResponderExcluir
  2. Nossa, que tentação! Haja comida! Simpatizei com a sobremesa de manga, humm!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Pedrita, escrever este post me deu fome!

    Rê, a sobremesa de manga estava deliciosa! Ai, deixei uma grávida com desejo. rs

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Fome, Fome, Fomeeee

    ah que delicia.. essa comida me deu mais vontade de viajar de navio tb.. só para comer.
    Ah eu tenho um amigo que mora em Moema tb.. nossa acredita que eu sempre ouvi falar desse bairro mas nunca fui.
    Bjo

    ResponderExcluir
  5. Hmmm que delícias!
    Adoro risoto, adoro lula, adoro doces com cereja, adoro panquecas - apesar de nunca ter experimentado dessas de café da manhã, o que morro de vontade! Eu também iria me render ao pecado da gula com muuuita facilidade! hahaha
    E fazer uma refeição gostosa com, ainda por cima, essa vista linda pela janela, deve ficar melhor ainda!
    Beijo.

    ResponderExcluir
  6. Gammelo,a vida no navio é muito boa! Ah, Moema é um bairro muito bacana.

    Rê, é impossível não se render à gula. E acho que é mesmo um pecado não aproveitar para comer bem no navio. Navio e dieta não combinam!

    Beijos

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Vamos, comente!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Na Secadora Não!

Meus Furacõezinhos!

Ovono