Em Buenos Aires



A chegada do navio à cidade de Buenos Aires foi linda. Fiquei até emocionada, pois foi uma visão inédita da cidade para mim. Chegamos lá no início da noite do dia 25 de janeiro. O navio atraca em um porto próximo ao Puerto Madero. 

 

Ficamos olhando a chegada ao porto no deck 4. A chegada foi bem tranquila, suave eu diria. Antes de chegar  enfrentamos uma tempestade forte quando já estávamos navegando no Rio de La Plata. Felizmente não fiquei com medo, mas o navio jogava a gente de um lado para outro. Mas o que eu achei forte, pelo jeito foi uma tempestadezinha à toa, pois os cruzeiristas mais experientes me disseram que já enfrentaram tempestades  bem mais fortes e que aquilo não foi nada.






Aqui o vídeo que fizemos quando estávamos chegando em Buenos Aires. 


Como o deck 4 foi ficando lotado de gente, resolvemos acompanhar a chegada da varanda da nossa cabine. Por sorte, nossa cabine estava virada para o lado do porto.  Deu para ver tudo bem de perto. 


 

O porto em que paramos é dedicado a navios cargueiros. Neste vídeo dá para ver um navio cargueiro bem de perto. Eu achei tudo muito lindo. Eu parecia  uma criança, encantada com tudo e muito curiosa sobre o navio que estava ali atracado.



O porto é cheio de guindastes e containers. Eu adorei os containers, cada um de uma cor. Fica lindo o porto todo colorido.  Nós descemos do navio pela rampa que aparece no lado esquerdo da foto e depois subimos nos ônibus vermelhos, que nos levou até o terminal de passageiros. 
Na noite que chegamos, jantamos no navio e saímos para dar umas voltas em Puerto Madero. Na verdade, a gente queria mesmo era saber como era o trâmite de desembarque, estávamos bem curiosos com isso. Foi bem tranquilo. O cartão do navio serve como documento para o embarque e desmbarque. O policial aduaneiro passa o cartão numa máquina e pronto. Na volta é o mesmo trâmite acrescido de passagem pela máquina de raio x, como nos aeroportos. Tudo isso dentro do navio.  O trâmite de entrada no país é simplicado quando se viaja de navio.  Nossos  passaportes ficaram com a equipe do navio na hora em que fizemos o check in em Santos e assim estes foram entregues para as autoridades da Argentina que entraram no navio para  verificá-los e carimbá-los. Com isso nos livramos da demorada fila da polícia aduaneira, como acontece nas viagens de avião.
Quando se sai do navio, a única preocupação que se tem  é com o horário que se deve estar de volta, pois o navio não espera. Nesta parada o navio ficou a noite na cidade e a partida estava marcada para umas 5 da tarde do dia seguinte. Assim, os passageiros que quisessem, podiam sair e voltar só no dia seguinte. 



 

Em Buenos Aires encontramos com a família do Wally.  Aproveitamos que o navio parava na cidade e combinamos um almoço com todos. Almoçamos em um restaurante no centro e depois ficamos passeando pelas ruas ali perto.   Foi uma ótima tarde.  Além do encontro familiar, aproveitamos para fazer comprinhas de coisas que não achamos aqui, como chimarrão ( o chimarrão argentino é bem diferente do chimarrão gaúcho e Wally só toma o argentino), CDs ( dentre os que eu comprei destaco o da Shakira e do Vicentico) e claro, bolachas e doces de lá. :) 



Passeamos em Buenos Aires no dia 26 de janeiro, dia em que celebramos 9 anos de casamento. Como a data seria no meio da viagem, eu pensei em um presente fácil de levar na mala. Sugarbaby que me deu a idéia de fazer este retrato da gente em estilo mangá. Ficou lindo! Prometo que depois eu coloco o desenho aqui, pois merece um post só dele. :)

Este dia em Buenos Aires foi ótimo. Adorei a primeira parada do navio, apesar do calor sufocante que fazia na cidade. 



Nota da blogueira: Quero agradecer ao Daniel por me enviar as fotos do nosso passeio em Buenos Aires. As fotos foram tiradas com a câmera dele. Gracias, Dani! :)




Comentários

  1. To adorando os posts.. Esse de Bue... ai que saudades nao vejo a hora de ir pra la de novo =)

    ResponderExcluir
  2. Me encanto el post!!.. muchas gracias a ustedes por venir, espero verlos pronto :) besos!!

    ResponderExcluir
  3. O mais legal é vcs poderem aproveitar a viagem pra rever a família e não simplesmente fazer turismo :)
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. eu fico imaginando como devia ser passar por tempestades em alto mar qd os barcos eram menores. se já balança com tanta estrutura, imagina um navio mais antigo. igualmente nos portos tudo era bege, cinza e preto, hj deve ser bem mais bonito um porto. embora sempre tive fascínio por portos e seus habitantes. adorei as fotos. beijos, pedrita

    ResponderExcluir
  5. Sugar, Buenos Aires tá linda. Sabia que lá eu fiquei morrendo de saudades da Mari? Faltou ela por lá!

    Dani, tambíen espero verte pronto! :) Gracias de nuevo por las fotos!

    Rê,isso foi ótimo, poder concialiar tudo. Foi a viagem perfeita.

    Pedrita, então, a tempestade aconteceu no Rio da Prata. Aliás a viagem pelo rio foi bem mais agitada do que a viagem pelo mar. Em todos os portos em que paramos os containers eram coloridos. Eu adorei, achei muito bonito.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Muito lega esta série de posts. fiquei com vontade de fazer um cruzeiro

    ResponderExcluir
  7. Gammelo, tudo na viagem foi lindo. :)

    Adelaida, faça um cruzeiro com o maridón, vocês vão amar! Que bom que está gostando dos posts. Ainda tem mais alguns. Tanta coisa pra contar da viagem!

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oi!
    Quantas coisas há pra fazer na cidade!
    Eu aluguei apartamentos mobiliados Buenos Aires para ir com minha familia por duas semanas, o que é o que mais recomenda fazer com crianças?
    Obrigada

    ResponderExcluir
  9. Olá Mariana, eu realmente não sei te dizer as opções para sair com crianças, mas recomendo o Jardim Zoológico de lá. É um lugar lindo, as crianças vão adorar.

    Beijos

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Vamos, comente!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Na Secadora Não!

Ovono

Papel e caneta