360°






Inesquecível. A noite de sábado foi marcante. O U2 fez um show grandioso e emocionante. Soube utilizar  muito bem toda a parafernália de iluminação e da estrutura do enorme palco, tudo bem integrado com as músicas. Facilmente, uma estrutura monstro de palco como esta, poderia tirar o foco  do espetáculo, transformando o show de iluminação + telão mais importante que a música. Mas a estrutura serviu para amplificar a emoção transmitida pelas músicas do U2. Foi um espetáculo emocionante e impactante. 




Como íamos em 6 pessoas para o show, resolvemos alugar uma van para nos levar e buscar no estádio. Wally foi o chefe de excursão, ele que cuidou de tudo com a locadora da van, combinou os trajetos, enfim,  fez tudo sair certo. No final, a van lotou e nosso grupo ficou com 14 pessoas. Dos 8 que foram a mais, eu só conhecia 2. É, foi bem assim, amigo, do amigo, amigo que soube da nossa van e como tinha lugar vago, acabamos indo todos juntos. O que foi ótimo, pois o valor do aluguel da van saiu bem em conta, R$ 25,00 por pessoa. Na ida foi tudo perfeito. Na volta demoramos um pouco para localizar a van, andamos muito mesmo. O motorista da van estava meio perdido e nos deu a localização errada de onde estava nos esperando, mas no final ele nos achou e todo mundo voltou direitinho para suas casas e bem feliz por conta do show que havíamos visto. 



Fiquei impressionada com o tamanho do palco. Já tinha visto fotos dos outros shows e mesmo do palco sendo montado no Estádio do Morumbi, mas ao vivo parece muito maior. 








Wally e eu fomos vestidos com camisetas das outras duas turnês do U2 que passaram pelo Brasil. Ele com a camiseta da Pop Mart Tour de 98 e eu com a camiseta do Vertigo de 2006.  Uma curiosidade: a camiseta da Pop Mart eu comprei quando fui ao show, só tinha tamanho grandão e eu comprei mesmo assim, por ficar enorme em mim, eu nem usei a camiseta e aguardei como recordação do show. Quando conheci o Wally  dei a camiseta para ele e ficou perfeita nele.  No show do Vertigo fomos juntos. 





Eis nossa turma no show: Sugarbaby, Claudio, Mari e Claudia. Comprei ingresso para todos nós na pré-venda do fã-clube do U2. Se não fosse esta pré-venda acho que a gente não tinha conseguido ingresso, porque a venda foi bem atrapalhada. Estávamos todos bem animados. Para a Mari foi bem especial, pois ela fez aniversário na sexta  e o show do U2 foi sua festinha de aniversário. E por uma incrível coinciência, Bono cantou "Happy Birthday", claro que não foi para a Mari, e sim para o Julian Lennon, mas o que importa que ela ganhou um parabéns à você bem especial! Foi muito bacana! 






Muse fez o show de abertura. Eu cheguei ao estádio achando que conhecia somente uma música do grupo e acabei descobrindo que conhecia (e gostava!) de várias. O caras são muito bons. Fizeram um show vigoroso.  Durante o show deles tomamos um pouco de chuva, mas isso não tirou nossa animação. Dançamos muito ao som do Muse.  E foi a primeira vez que vi que uma banda de abertura pôde usar a estrutura do show principal, como a iluminação e o telão.




O show do U2 já começou emocionante para mim, pois a primeira música foi a que mais queria ouvir naquela noite: "Even Better Than The Real Thing". Esta música é uma das minhas favoritas e eles não tocavam ao vivo há séculos. Fiquei feliz da vida e muito emocionada mesmo. 





Vi o show da pista. Fiquei bem no final da pista, bem de frente ao palco. Um lugar ótimo. O palco era bem alto e assim consegui ver o show sem problemas. Fazia tempo que não via um show com o palco tão alto. Todos deveriam ser assim, pois com palcos mais baixos quem fica na pista, e está longe do palco, fica com muita dificuldade para ver tudo. Além de uma visão ótima, fiquei sem apertos, pude dançar à vontade. Pois a maioria do público estava espremido tentando ficar o mais perto do palco possível.






Bono, como sempre, estava muito simpático e falou bastante com o público. Pela primeira vez vi um show com legenda. Ficou bem legal a legenda simultânea no telão traduzindo tudo que ele falava. Outro fato inusitado foi ter tocado "Trem das Onze" antes do show começar. Foi surreal, mas animou o público, que mesmo sem entender nada, cantou a música com empolgação.  Foi um show de grandes sucessos. Sucessos que marcaram a minha vida e com certeza a vida de todos que ali estavam. Hoje passei o dia relembrando o show, cada hora vinha um momento  diferente do show à minha mente. Lembranças em modo random! Acho que ficarei assim por um bom tempo, foi realmente uma noite especial. Noite de celebração e de alegria. Noite de cantar com o Bono as músicas que tanto gosto. Valeu !!! 




Comentários

  1. OI Marion
    Com certeza foi um show incrivel, pena que as turnes internacionais raramente abrangem a região norte do pais.
    Bjos

    ResponderExcluir
  2. Delaidinha, a noite foi inesquecível!

    Gammelo, este ano o Iron Maiden tocou em Belém!

    Beijos

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Vamos, comente!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Na Secadora Não!

Ovono

Papel e caneta